Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar

Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar
Construção da estação lunar faz parte do plano da NASA para a exploração da Lua e da presença humana em Marte.
Estação espacial na lua 720x405 - Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar
Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar

O governo Russo deve anunciar em breve que irá colaborar com a Agência Espacial Americana, a NASA, para a construção de uma estação espacial lunar internacional. A informação foi revelada em um relatório da Popular Mechanics.

Neste relatório, a revista americana dedicada à ciência e tecnologia teve acesso à informações que o chefe da Agência Espacial Federal Russa, conhecida como Roscosmos, Igor Komarov, deverá anunciar o acordo durante a reunião com outras agências espaciais no 68º Congresso Internacional de Astronáutica, que será realizado na próxima semana em Adelaide, Austrália.

A NASA e as agências espaciais já estão realizando estudos para iniciar a construção de uma estação conhecida com a Porta de Entrada para o Espaço Profundo (DSG). Esta estação lunar ficaria em órbita ao redor do satélite natural por volta de 2020.

Esse local irá se tornar o principal destino dos astronautas durante pelo menos uma década e irá estender a presença humana além da órbita terrestre pela primeira vez desde o final do programa Apollo em 1972.

Plano americano para povoar marte 720x548 - Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar

As agências americana e russa já tem se aproximado desde o início da administração de Donald Trump. Agências espaciais europeias, canadenses e japonesas também podem fazer parte do acordo que planeja contar com contribuições próprias para a DSG.

EUA e Rússia juntos pela estação lunar

Apesar do apoio das agências internacionais, a parceria da Roscosmos é importante pois a agência russa foi fundamental para a construção da Estação Espacial Internacional (ISS). A Roscosmos também já vinha planejando a construção de uma estação espacial terrestre em órbita para acompanhar a ISS, para ser mantida em paralelo como um esforço para a exploração lunar ou como estratégia de backup caso a exploração for muito cara.

Por isso, provavelmente a Roscosmos percebeu que seria mais benéfico continuar a cooperar com os seus parceiros da ISS no posto avançado próximo da lua. A NASA também irá disponibilizar a base não só para preparar uma viagem a Marte, mas também para montar expedições para a exploração da própria superfície lunar.

Estação Espacial Internacional - Rússia e EUA firmam acordo para construir primeira estação lunar

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via