Samsung estaria desenvolvendo sensor de 600MP para celulares

Imagem das câmeras do galaxy s20 ultra
Slide confidencial vazado traz especificações (e complicações) do novo sensor de 600MP da Samsung, que seria voltado para fotografia em smartphones

O Galaxy S20 Ultra tem uma câmera de 108MP. O número de megapixels impressiona, né? Mas a Samsung aparentemente não quer parar por aí. Um slide confidencial vazado recentemente mostra que a sul-coreana estaria desenvolvendo um sensor de 600MP para smartphones.

Quem vazou o slide foi o usuário Ice Universe, um leaker que parece ter conexões dentro da Samsung e conta uma taxa considerável de acertos nas coisas que consegue vazar. Veja abaixo o que o usuário postou:

Abaixo eu destrincho esse slide para te explicar esse monte de especificações, os avanços e complicações que elas sugerem e levanto uma breve reflexão sobre o que tudo isso representa para o mercado de celulares.

Sensor de 600MP da Samsung

Slide que mostra o sensor de 600mp da samsung
Sensor de 600MP seria enorme

Ok, vamos por partes. A primeira coisa importante de se ressaltar desse slide é que estamos falando de um sensor que superaria a capacidade do olho humano. O executivo da sul-coreana Yongin Park disse, no final de abril deste ano, que se a gente fosse considerar megapixels o olho humano teria 500MP. Foi nessa época que ele comunicou que a empresa queria desenvolver um sensor que superasse essa capacidade.

Esse slide vazado pelo Ice Universe dá uma ideia mais concreta do que o executivo estava falando. O componente é um sensor ISOCELL, que é como a fabricante nomeia seus sensores desde 2017 (aliás, esse também é o nome dessa tecnologia de sensores, introduzida pela Samsung em 2013). Resumidamente, sensores ISOCELL separam cada pixel com uma barreira física. Na prática, isso reduz a mistura de cores, o que resulta em imagens menos esbranquiçadas e com qualidade melhor, de acordo com a Samsung.

Mas o que significa dizer “ISOCELL como uma solução”? Bom, o slide diz que as tendências dos dias atuais de zoom poderoso e gravação de vídeos em 4K e 8K exigem que a resolução do sensor aumente. E o sensor ISOCELL precisaria evoluir para resolver o problema da, digamos, protuberância do módulo da câmera na parte traseira do smartphone.

Para entender essa necessidade, basta olhar para a parte do slide que mostra o celular de lado. Está vendo aquela coisa saltando da parte de trás? Aquilo seria o módulo da câmera com o sensor de 600MP, que ocuparia aproximadamente 12% da traseira do aparelho. Desse jeito, o smartphone teria 22mm de espessura. Para você ter uma ideia de como isso é impraticável hoje em dia, o Galaxy S20 tem 7,9mm de espessura. Sem condições, né?

08 samsung galaxy s20 ultra
Sensor de 108MP do Galaxy S20 Ultra tem 0.1mm

Outra informação importante no slide é o tamanho do sensor, que seria de 1/0,57 polegadas (o que dá 4,5mm). Para ter uma ideia de como isso é enorme — no universo de sensores de câmeras para smartphones, pelo menos — é só olhar para aquele comparativo na parte esquerda do slide. O tamanho do sensor do Galaxy S20 Ultra, que é o maior da Samsung no momento, é de 1/1,3 polegadas (0,1mm). 

Todas essas especificações de tamanho e espessura consideram que o sensor de 600MP da Samsung manteria o tamanho de 0,8 micrômetros para os seus pixels. O desafio da fabricante é, portanto, encolher esse sensor e todos os esses megapixels a um tamanho e espessura que seja praticável (e funcional) num celular.

Se a Samsung conseguir fazer isso, aí estaríamos falando de um sensor que ofereceria uma capacidade absurda de zoom, qualidade e nitidez tanto para fotos quanto para vídeos em 4K e 8K. É um desafio e tanto.

Precisamos de um sensor de 600MP?

Ilustração de um sensor de 600mp
Sensor de 600MP seria incrível, mas será que é necessário?

Desde a época das câmeras digitais compactas, rola essa corrida entre fabricantes para ver qual consegue oferecer o maior número de megapixels nos seus sensores. Afinal, até hoje essa informação enche os olhos de quem está procurando um celular novo para comprar. E atualmente, 48MP e 64MP estão virando a norma para câmeras de smartphones.

No quesito megapixels, o Galaxy S20 Ultra surpreende com sua câmera de 108MP (se você quiser saber como ela funciona, confira o review do Showmetech). E existem rumores de que em breve veremos celulares com câmeras de 256MP. Mas será que a gente precisa de um sensor de 600MP?

Para refletir sobre isso, a gente precisa considerar que número de megapixels não é a única coisa que determina se uma câmera (ou sistema de câmeras) é boa ou não. Em suma, o que eles determinam é quanto zoom você vai conseguir dar na imagem sem perder qualidade. Inclusive, se você quiser explorar isso mais a fundo, dê uma olhada nesta lista das melhores câmeras de celular em 2020. No final dessa lista, eu explico como saber se uma câmera de celular é boa.

Enfim, o ponto que eu quero levantar aqui é: se esse sensor de 600MP realmente sair do papel (ou melhor, do slide), será que vai valer a pena? Isso vai depender do quanto a Samsung vai conseguir explorar todo esse poderio de megapixels para oferecer recursos que realmente farão a diferença na experiência do usuário. E que valerão o investimento, tanto da fabricante quanto dos seus consumidores.

Fontes: GSM Arena, Tech Radar e The Next Web


O que você achou desse (possível) sensor de 600MP da Samsung? Conte para nós aqui nos comentários!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:
Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário