Conecte-se conosco
iPhone X

Apple

Samsung pode não estar fornecendo os melhores displays OLED para o iPhone X

A Samsung está fornecendo os painéis display OLED do novo iPhone X, mas com uma capacidade de brilho menor. Entenda.

Novo display OLED do iPhone x tem menos brilho que o Samsung Galaxy S8

Novo display OLED do iPhone x tem menos brilho que o Samsung Galaxy S8

A Apple revelou ao mundo esta semana o novo iPhone X. Lançado junto com outros produtos da linha de frente da companhia (confira tudo que foi lançado!), o novo aparelho traz um display OLED de 5.8 polegadas. Com uma alta resolução (2436 x 1125 pixels) e funcionalidades como HDR10 e Dolby Vision, o novo smartphone da Maçã produz imagens com qualidade de dar inveja aos seus antecessores.

Um fato interessante sobre o display OLED é o fato de o mesmo ser fornecido pela Samsung. A concorrente direta é conhecida há tempos por ser uma fornecedora de insumos para a Apple. Mesmo as batalhas em torno de patentes que abalaram a relação anos atrás fez com que a ligação comercial fosse exaurida de todo.

Display OLED do Galaxy S8 x iPhone X

E mais interessante ainda é o fato do display OLED do Samsung Galaxy S8 ser capaz de atingir um máximo de 1000 nits de brilho (Um nit equivale a um Candela por m2. Candela é a unidade de medida básica para a intensidade luminosa). O iPhone X, por sua vez, alcança um pico de brilho de 625 nits. A diferença é considerável, principalmente considerando-se que se trata do mesmo fornecedor.

Pode ser que a diferença seja apenas devido a uma especificação da Apple em relação à característica do display, mas há quem já tenha levantado rumores que a Samsung pode não estar fornecendo seus melhores displays OLED para a rival.

Novo display OLED do iPhone x tem menos brilho que o Samsung Galaxy S8

Novo display OLED do iPhone x tem menos brilho que o Samsung Galaxy S8

É temerário dizer ao certo se a limitação veio do fornecedor ou foi uma especificação do cliente. A princípio, uma capacidade de brilho maior é um aspecto positivo, mesmo que o pico não seja comumente utilizado. Aliás, o brilho máximo das telas de celulares e eletrônicos em geral é quase um canhão de luz. Basta ligar a tela de um smartphone recente em um quarto escuro para ter a dimensão de quanta luz o aparelho dispara em direção os olhos do usuário.

A capacidade de criar boas imagens nos novos aparelhos top de linha das duas gigantes está muito ligado às capacidades HDR10, Dolby Vision e à alta resolução. Talvez a diferença na capacidade de brilho máximo acabe por não ser tão evidente, mas, considerando o histórico de rivalidade e a relação de concorrência entre as duas marcas, é uma diferença digna de nota.

A Apple e seus admiradores tiveram uma semana cheia com os novos lançamentos. Confira a cobertura completa feita pelo Showmetech:

Engenheiro eletro-eletrônico. Apaixonado por eletrônica, programação e ciências em geral. Escritor e redator por paixão à escrita.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir