CES 2020: Samsung promete “humano artificial” com o Projeto NEON

Samsung NEON é um avatar digital com aparência e emoções de humanos
Reunimos alguns dados para desvendar de uma vez por todas todo mistério por trás do NEON, novo projeto da Samsung que será apresentado na CES 2020

A Samsung sempre guarda inúmeras novidades em hardware e software para apresentar na CES 2020, primeira grande feira de tecnologia do ano que acontece entre os dias 7 e 10 de janeiro. Entre os principais assuntos aguardados para o seu Keynote, nesta segunda-feira, é o chamado Projeto NEON, que tem aparecido com mais frequência nas últimas semanas, principalmente em suas redes sociais e de seus desenvolvedores.

Samsung NEON é um avatar digital com aparência e emoções de humanos
Samsung NEON é um avatar digital com aparência e emoções de humanos

Avatar digital com aparência, emoções e jeito de humanos

Mas o que é esse Projeto NEON da Samsung? Ainda não há informações oficiais do que, de fato, possa ser essa nova aposta da empresa, mas, de acordo com o que foi divulgado recentemente pelo líder do projeto e as redes sociais do NEON, não se trata de uma nova assistente virtual, substituindo a Bixby. É muito mais do que isso.

Na verdade, o NEON está mais para um “humano artificial”, um avatar digital criado por computação gráfica que teria a capacidade de interagir com os humanos. O líder do NEON, o pesquisador de interação homem-computador Paranav Mistry, publicou um tweet em sua conta oficial no Twitter com um dos avatares do projeto. Na mensagem, ele diz que uma nova tecnologia da empresa, chamada de “Core R3”, pode “criar autonomamente novas expressões, novos movimentos, nova caixa de diálogo (mesmo em hindi), completamente diferentes dos dados capturados originais”.

Um suposto vídeo apresentando o Projeto NEON foi visto no Reddit na última sexta-feira (03) – que foi apagado logo em seguida. No entanto, um canal no YouTube conseguiu acesso ao conteúdo e disponibilizou em sua pagina; veja abaixo:

De acordo com o que podemos retirar do vídeo, os avatares digitais são extremamente realistas – não dá para saber quem é humano ou “humano artificial”. E isso nos leva a próxima pergunta sobre o Projeto NEON: O quão realistas eles são e o que eles poderão fazer?

Poder de interação realista com humanos em tempo real

A Samsung não divulgou para que fins o Projeto NEON estaria sendo desenvolvido, mas espera-se que os avatares digitais poderão atuar nos setores de entretenimento, como em filmes e séries, ou por empresas para criar recepcionistas digitais, atendimento ao cliente e assim por diante.

O Samsung NEON é um produto do STAR Labs (Samsung Technology & Advanced Research Labs). A empresa NEON vem desenvolvendo esta tecnologia há anos, segundo o CEO da empresa, Pranav Mistry. Diferente da Bixby, que é uma assistente virtual focada na audição, o NEON será algo mais visual e com mais inteligência.

Aaron Mamiit, um jornalista americano, contou ao site Digital Trends que o Projeto NEON é descrito como um “ser de inteligência artificial” que pode se tornar “o melhor amigo do usuário”.

Já o site LetsGoDigital conseguiu um documento da Samsung Research America com quatro pedidos de marcas relacionadas ao USPTO (Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos). O documento diz respeito aos seguintes nomes: NEON; NEON Humano Artificial; NEON.Life e Core R3.

Pedido da Samsung Research America ao USPTO relacionadas a quatro marcas (Reprodução: LetsGoDigital)
Pedido da Samsung Research America ao USPTO relacionadas a quatro marcas (Reprodução: LetsGoDigital)

O que chama atenção neste pedido é a descrição das marcas registradas, que fornece algumas informações adicionais em relação ao que exatamente o NEON é. A descrição a seguir está atribuída ao novo projeto da Samsung:

Descrição do Samsung NEON: Serviços de entretenimento, nomeadamente produção de efeitos especiais, incluindo serviços de modelagem, imagens geradas por computador e gráficos gerados por computador para a produção de filmes, vídeos e trailers de filmes; produção de vídeo de realidade aumentada; criação de caracteres gerados por computador; Concepção e desenvolvimento de versões modeladas por computador de seres humanos, utilizando animação por computador para filmes, televisão, Internet e outras aplicações; Concepção e desenvolvimento de software para personagens virtuais; criando para terceiros imagens, animações, simulações e modelos gerados por computador personalizados usados ??para entretenimento.

De acordo com o que pode ser lido na descrição, os usuários podem gerar um avatar digital com feições humanas por meio de um software especial, disponibilizado pelo NEON.Life, um novo nome para o domínio. Em relação ao software que fará com que o NEON funcione, o Core R3, está atribuída a seguinte descrição:

Descrição do Samsung NEON.Life e Core R3: software para download e gravação para criação, visualização, manipulação, edição, mau funcionamento, publicação e exportação de caracteres virtuais; Software descarregável e gravado para o desenvolvimento de caracteres virtuais; Software descarregável e gravado para caracteres gerados por computador para uso em filmes, televisão, Internet e entretenimento; Programas de computador para criar, implantar e distribuir caracteres virtuais de aparência realista por meio de uma plataforma da Internet ; Concepção e desenvolvimento de versões de seres humanos modeladas por computador, utilizando animação por computador.

Humanos digitais não são uma novidade

Mesmo com as descrição do Projeto NEON, a maior dúvida que fica é até onde a Samsung conseguiu evoluir a tecnologia de I.A. e computação gráfica, para criar “humanos digitais” diferentes do que já é possível encontrar hoje em dia. Em 2018, a agência de imprensa estatal chinesa foi a primeira a criar um “âncora de IA” que pode ler manchetes.

A tecnologia usada na criação do “avatar jornalista” não foi esclarecida, mas alguns veículos acreditam que a empresa usou imagens de âncoras humanas como base e, em seguida, animava partes da boca e do rosto parar criar um avatar virtual.

Segundo a Xinhua, empresa por trás da criação, os benefícios de se criar um avatar digital para fazer papel de humano são inúmeros. Por exemplo, cada âncora pode trabalhar 24 horas por dia em seu site oficial e em várias plataformas de mídia, reduzindo os custos de produção e melhorando a eficiência.

Apesar disso, ainda com a grande semelhança com um âncora humano, basta um olhar mais atento para notar suas limitações. Como pode ser visto no gif abaixo, as expressões faciais ainda são muito limitadas e não há nenhum sinal de emoção durante os pronunciamentos. E é aqui que a Samsung pretende revolucionar.

Expressões faciais atualmente ainda são limitadas
Expressões faciais atualmente ainda são limitadas

Em entrevista ao Livemint, o CEO da NEON afirma que os seres digitais serão uma tecnologia importante na década de 2020. Segundo ele, um ser humano digital pode ampliar seu papel para se tornar parte das vidas dos usuários. E graças ao avanço da inteligência artificial, estes seres aprenderão com o usuário e poderão antecipar algumas decisões para ele.

Se o teaser vazado, apresentado acima, for verdade, a Samsung pode ter conseguido dar uma grande salto em computação gráfica e inteligência artificial, podendo criar seres digitais que realmente passam por humanos reais, por isso o hype é muito grande.

Embora nada ainda tenha sido confirmado, a Samsung trouxe o seu Projeto NEON para a CES 2020 e será um dos principais anúncios da maior feira de tecnologia do mundo. O Showmetech estará presente durante toda apresentação e traremos tudo em primeira mão para vocês.

E você? Ansioso para conhecer o misterioso NEON? Acompanhe o “humano artificial” no Twitter, Facebook e Instagram.

Fonte: TheVerge, LetsDoDigital, DigitalTrends;

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter