Segurança no iPhone: confira essas dicas essenciais da Apple

Segurança no iPhone: confira essas dicas essenciais da Apple
Confira algumas dicas essenciais para manter a segurança no iPhone, iPad e outros dispositivos da Apple

O tópico segurança vem se tornando cada vez mais uma preocupação com o avançar da tecnologia, e por isso as empresas estão cada vez mais empenhadas em contribuir o máximo possível para que seus usuários se sintam mais seguros com seus dispositivos. A Apple mostrou durante uma conversa com a imprensa sobre segurança no iPhone e outros dispositivos nesta segunda (28), que está também nesse caminho, apresentando um novo princípio de que “segurança começa com pedir sua permissão, ao invés de acessá-la diretamente.”

 Estivemos presente no encontro, onde a pauta principal foi sobre os recursos de proteção e de segurança existentes no novo iOS 12, o sistema operacional presente nos iPhones e nos iPads, além de uma lista de dicas valiosas para que os usuários possam se sentir mais seguros com os produtos da empresa.

Segurança no iPhone a todo momento

É importante manter o sistema sempre atualizado e sem vulnerabilidades
É importante manter o sistema sempre atualizado e sem vulnerabilidades

A segurança cibernética ou online é um conceito que precisa ser atualizado sempre. Os hackers e pessoas mal intencionadas estão sempre estudando novas formas de burlar os sistemas e por isso eles precisam estar constantemente se renovando em uma corrida para se manter resistentes a essas tentativas.

Justamente por isso, além de oferecer alguns recursos de segurança em seus dispositivos, a Apple está dedicada a manter seu sistema sempre atualizado, assim como os produtos em si. Essa atualização trazem tecnologias e soluções cada vez mais sofisticadas para afastar os hackers e impedir que qualquer brecha seja encontrada na segurança.

E por atualização de produto entende-se também a atualização de hardware, não apenas de software, com o advento de chips de seguranças, travas físicas e outros meios físicos de manter os equipamentos mais seguros.

Dicas iniciais

Utilize sempre o FACE ID ou a impressão digital para proteger seus aparelhos
Utilize sempre o FACE ID ou a impressão digital para proteger seus aparelhos

A primeira solução de segurança que cada usuários deve utilizar é, sem dúvidas, o uso de senhas para acessas seus dispositivos como iPhone, iPad ou qualquer outro produto da Apple. A empresa aconselha e inclusive recomenda que seja utilizado o sistema impressão digital ou de Face ID para reconhecimento facial nos aparelhos que contam com essa solução. É uma forma segura de impedir que eles sejam acessados por desconhecidos ou pessoas não autorizadas já que esses dados estarão protegidos por senhas e criptografados. 

Lembrando que não apenas o dispositivo, mas alguns programas e aplicativos podem ser protegidos por esse sistema de reconhecimento facial para acesso. Eles são de terceiros, mas já possuem integração com o Face ID ou com o cadastramento de impressão digital.

Bloqueio de Ativação, lembre dele

Esse recurso impede que o aparelho roubado possa ser usado por outra pessoa
Esse recurso impede que o aparelho roubado possa ser usado por outra pessoa

Esse recurso foi criado para aumentar a segurança dos aparelhos no sentido de fazer com que seu roubo não valha a pena. Através do site do sistema Find My Phone (ou Buscar iPhone), é possível ativar o bloqueio de ativação. Ele faz com que o aparelho seja trancado a menos que sejam digitados o ID Apple e a senha do usuário. O serviço é oferecido no Brasil, através deste link.

Dessa forma, a menos que o ladrão possua essas informações, ele não poderá utilizar o iPhone ou iPad em questão. Lembrando também que o Buscar iPhone permite que o usuário veja a localização do seu aparelho, exiba uma mensagem na tela caso ele seja encontrado com o número de contato, bloqueie o seu uso e até emita um sinal caso tenha sido perdido em um local fechado. Entenda como agir em caso de roubo.

Criptografia

A criptografia dos dados impede que quem não tenha a chave possa ter acesso a eles
A criptografia dos dados impede que quem não tenha a chave possa ter acesso a eles

A criptografia é um dos sistemas mais completos de segurança de dados, sem dúvidas. Com ela, é possível salvar esses dados pertencentes ao usuário de forma embaralhada, ou seja, encriptada, e assim apenas quem tiver a chave de criptografia possa ter acesso a eles. Essa chave pode ser específica da empresa, que é a pública, ou exclusiva do usuário, que é a particular.

Essa tecnologia é utilizada nos produtos da Apple, garantindo assim que os arquivos sejam avaliados para confirmar se não foram violados, e criando uma assinatura personalizada de atualizações de sistemas para cada aparelho. Com isso, o usuário fica protegido tanto ao enviar informações quanto ao recebê-las.

Importância das atualizações

Manter o iPhone atualizado é primordial para sua segurança
Manter o iPhone atualizado é primordial para sua segurança

Não adianta, porém, que a Apple siga atualizando seu sistema e seus produtos se os usuários não mantiverem essas atualizações em dia. Embora muitas pessoas ainda acreditem que atualizações são sinônimos de instabilidade, esse é um erro muito grave. Atualizar o seu aparelho significa mantê-lo cada vez mais seguro e principalmente, menos vulneráveis a ataques já que isso corrige as mais recentes vulnerabilidades que foram detectadas pelos engenheiros da Apple.

Atualmente mais de 60% dos dispositivos da Apple já foram atualizados para o iOS 12, a versão mais nova do sistema. Veja como atualizar o seu aparelho.

Backups são importantes

Fazendo o backup é possível garantir que os arquivos estão salvos
Fazendo o backup é possível garantir que os arquivos estão salvos

Outra forma de manter os dados sempre guardados e seguros é fazer backups constantes no iCloud. Dessa forma, os arquivos ficam sempre seguros, sempre salvos e podem ser acessados a qualquer momento mesmo em outros aparelhos. Saiba como fazer o backup aqui.

Uma dica importante é sempre ativar a opção de encriptação quando salvar os dados no iCloud. A Apple afirma que essa opção faz com que eles fiquem ainda mais seguros e mais completos do que quando está desativada. Confira o site oficial do serviço aqui no Brasil.

Autenticação de 2 fatores

Autenticação de 2 etapas garante a segurança no iPhone e outros dispositivos
Autenticação de 2 etapas garante a segurança no iPhone e outros dispositivos

Esse tipo de segurança adiciona uma camada extra de proteção na ativação dos produtos. Com ela, além da sua senha, ele também envia um código por SMS para garantir mesmo que você é você, ou seja, dificultar ainda mais a ação de pessoas mal intencionadas. Assim mesmo que um hacker consiga acesso a sua conta, também teria que ter acesso ao seu iPhone.

A Apple sugere que esse tipo de autenticação esteja ativada em todas as contas da internet. Para o usuário basta ter sempre o seu iPhone em mãos, para o hacker, é mais uma barreira difícil de ser ultrapassada. Saiba como fazer aqui.

Senhas mais difíceis

Novo iOS 12 tem um gerenciador de senhas próprio
Novo iOS 12 tem um gerenciador de senhas próprio

O uso de senhas difíceis sempre foi o mais aconselhável, mas muitos usuários insistem em repetir senhas em vários serviços e escolher por algo mais fácil por medo de esquecê-las. Com o iOS 12 a Apple trouxe uma ferramenta de gerenciamento de senhas que pode ajudar com essa parte. Ele possui um recurso de criação de senhas mais difíceis e se encarrega de lembrar delas.

Essa ferramenta funciona em qualquer aparelho da empresa, inclusive no navegador padrão, o Safari. Claro que para quem prefira outros serviços, ainda existem opções como o 1Password(iPhone, Android, Windows, Macs)e o LastPass(iPhone, Android, Windows, Macs).

Compras mais seguras com o Apple Pay

Com o Apple Pay você mantém os seus dados de cartão mais seguros
Com o Apple Pay você mantém os seus dados de cartão mais seguros

O pagamento digital da Apple é mais uma solução de segurança, dessa vez não apenas com os dados dos dispositivos mas também com informações importantes como de cartões de crédito. Com ele, é possível fazer pagamentos através do iPhone sem precisar estar com o cartão físico em mãos. Para acessar o serviço basta clicar aqui.

Dessa forma, em caso de roubo, o assaltante não vai ter acesso ao seu cartão ou número de conta, uma vez que os dados estarão guardados no próprio dispositivo móvel. E com todas as dicas de segurança que já foram dadas, será muito difícil que alguém tenha acesso a essas informações.

Para usar o Apple Pay basta acessar a carteira do iPhone, ou AppleWallet, como ensinamos aqui.

Sem antivírus

Apple desaconselha o uso de antivirus no iPhone
Apple desaconselha o uso de antivirus no iPhone

Pode parecer uma dica estranha, mas a verdade é que não é recomendado instalar antivírus nos aparelhos da Apple. Mas isso acontece porque a empresa garante que os recursos de seguranças que são encontrados nesses dispositivos já são o suficiente para protege-los de forma eficaz e completa.

Instalar programas de terceiros pode comprometer a segurança no iPhone ou até mesmo acontecer alguma interferência nos programas nativos, e por isso não é uma prática aconselhável. Entenda mais.


Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via