Siri foi crackeada e pode ser portada para outros devices e plataformas

Nexus siri
Siri foi crackeada e pode ser portada para outros devices e plataformas. Os desenvolvedores do applidium conseguiram quebrar os controles de segurança que fazem a  siri funcionar apenas no iphone 4s.  eles também lançaram um conjunto de ferramentas para permitir que outros desenvolvedores possam tirar proveito de suas descobertas.  teoricamente, isso significa que o acesso aos serviços siri poderia ser ativado em outros dispositivos ios - ou até mesmo em outras plataformas, como android. A única restrição é que, para conseguir usar os serviços e as ferramentas, é necessário um identificador exclusivo de um iphone 4s original, chamado de udid.

Os desenvolvedores do Applidium conseguiram quebrar os controles de segurança que fazem a  Siri funcionar apenas no iPhone 4S. Eles também lançaram um conjunto de ferramentas para permitir que outros desenvolvedores possam tirar proveito de suas descobertas. Teoricamente, isso significa que o acesso aos serviços Siri poderia ser ativado em outros dispositivos iOS – ou até mesmo em outras plataformas, como Android. A única restrição é que, para conseguir usar os serviços e as ferramentas, é necessário um identificador exclusivo de um iPhone 4S original, chamado de UDID.

Para crackear, foi necessário descobrir exatamente quais protocolos a Siri usa para comunicar com os servidores da Apple e também como ela codifica áudio – neste caso, era o codec Speex, que tem código aberto. Até o momento, a Siri ainda não foi portada para outros dispositivos, mas nós imaginamos que é apenas uma questão de tempo. Conhecendo a Apple, também é provável que seja apenas uma questão de tempo antes que a Apple encontra uma maneira de bloquear este método, por exemplo fazendo uma lista negra de UDIDs que estão tirando proveito disso.

Já pensou?? Aparelhos funcionando com Android 4.0 e Siri??

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter

Gostou? Ajude a gente