Novo smartphone da Xiaomi, Mi 11T Pro, chega em breve | Showmetech TRIO

Novo smartphone da xiaomi, mi 11t pro
Além do Mi 11T Pro, também falaremos sobre a fama repentina do jogo Cookie Clicker e a sala que recarrega aparelhos eletrônicos, confira!

No compilado de notícias dessa segunda-feira, 06 de setembro de 2021, o Showmetech TRIO falará sobre o novo smartphone da Xiaomi, o Mi 11T Pro, que será lançado mundialmente na quarta-feira que vem (15 de setembro), também da febre que se tornou o jogo Cookie Clicker, de repente, e sobre sobre a sala que carrega aparelhos eletrônicos apenas por estar dentro dela.

Confira também nossa versão em vídeos dessas notícias:

Mi 11T Pro, o próximo lançamento da Xiaomi

O smartphone Mi 11T Pro será lançado mundialmente em 15 de setembro de 2021. A chinesa gigante em tecnologia confirmou o lançamento via Twitter. Na imagem da publicação, a empresa diz: “Deixe a magia começar. Nossos melhores dispositivos estão chegando”, junto com a data de lançamento, horário e locais pelos quais será possível conferir a transmissão: Twitter, Facebook, YouTube e pelo próprio site da Xiaomi. Pelo fato de terem dito “nossos melhores dispositivos”, provavelmente poderemos ter uma revelação a mais do que apenas o Mi 11T Pro.

O esperado para o Mi 11T Pro é um processador Qualcomm Snapdragon 888 e uma tela AMOLED com taxa de atualização de 120Hz. Além disso, a bateria do aparelho poderá comportar 5000 mAh e o mesmo virá acompanhado de um carregador de 120W de potência, o mesmo visto nos aparelhos Mi 10 Ultra e no Mi Mix 4. Os rumores dizem que veremos uma outra versão do 11T, mas este possuindo um processador MediaTek Dimensity 1200 e tela de OLED com taxa de atualização de 120Hz. Este ainda possuirá um conjunto triplo de câmeras, sendo a principal de 64MP, outra de 8MP e uma com telemacro que realizará zoom em até três vezes.

De acordo com a alta popularidade da última linha, como Xiaomi Mi 10T, que dominou os mercados de locais como Índia e Europa, a empresa espera atingir o mesmo resultado ou um melhor. O fato destes aparelhos possuírem componentes poderosos e um preço justo nos locais citados justifica suas vendas positivas.

Febre do momento: o jogo Cookie Clicker

Um gênero de jogo que tem dominado a cena de games mobile definitivamente é o idle. Jogos idles — também conhecidos como “jogos incrementados” — são aqueles onde o jogador não precisa fazer muita coisa para progredir durante a campanha, bastando apenas realizar ações simples para conseguir realizar o que é necessário. Em sua maioria, os idles são compostos por jogos nos quais você simplesmente deve clicar repetidamente em determinado local para conseguir alcançar as metas do jogo. E Cookie Clicker é justamente dessa maneira.

Showmetech trio - cookie clicker e o smartphone da xiaomi
Cookie Clicker

No jogo, você deve clicar num cookie gigante para conseguir dinheiro e, com esse dinheiro, você pode comprar várias melhorias para aumentar sua produção dos biscoitos americanos. Além de aumentar a eficácia do clique, você também pode adquirir outras melhorias, tais como vovós virtuais, que rendem — e muito — na produção dos cookies, algumas, inclusive, tendo mais de cem anos de idade, conforme é informado quando você consegue uma vovó. Você pode até mesmo comprar fábricas de cookies.

Não se sabe exatamente o motivo da febre repentina do jogo, principalmente se considerarmos que o título foi lançado pela primeira vez em 2013. Talvez pelo fato de jogos idles terem sido mais vistos há alguns anos, e não na época, ou por ter chegado à Steam, plataforma de jogos de PC, apenas em 1º de setembro deste ano. Uma das façanhas notórias do game é justamente por ele ter conseguido ficar entre os 15 jogos mais jogados da Steam, estando em 14º lugar, ultrapassando títulos famosos como Rainbow Six Siege, Phasmophobia, Warframe e Civilization VI. Caso tenha ficado curioso, você pode comprar o Cookie Clicker por R$ 10 na Steam e se divertir com seus tantos aprimoramentos.

A sala carregadora

Você já imaginou carregar seu smartphone ou notebook apenas por entrar numa sala, sem ao mesmo precisar colocar numa tomada? Pois essa realidade está cada vez mais próxima! Pesquisadores da Universidade de Michigan e Universidade de Tóquio estão desenvolvendo, em conjunto, um sistema que pode ser aplicado numa sala, pelo qual serão emitidas ondas elétricas neste ambiente, com carga de 50 watts, possibilitando que aparelhos eletrônicos dentro deste perímetro sejam recarregados automaticamente.

Showmetech trio - sala carregadora
A tecnologia não oferecerá qualquer dano à saúde de quem estiver dentro da sala

Existem muitas aplicações clínicas também; os implantes cardíacos de hoje, por exemplo, requerem um fio que vai da bomba através do corpo até uma fonte de alimentação externa. Isso poderia ser eliminado, reduzindo o risco de infecção e melhorando a qualidade de vida dos pacientes.

Alanson Sample, professor de Computação Científica e Engenharia na Universidade de Michigan

Além disso, os pesquisadores estão empenhados em aplicar essa tecnologia em ambientes menores, como caixas. Então bastará que você coloque algum aparelho eletrônico dentro de um recipiente para que, em alguns minutos, ele esteja completamente carregando e pronto para ser utilizado novamente. Apesar de ainda faltarem alguns anos para chegar a este momento, o fato de estudos estarem em andamento e resultados positivos estarem sendo apresentados, já podemos aguardar ansiosamente pela nova tecnologia.

Veja também:

E se você perdeu o Showmetech TRIO da semana passada, que fala sobre submarinos autônomos, uma startup de deepfakes e o movimento #AppleToo, confira agora!

Fontes: Android Central | PC Gamer | Interesting Engineering

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:
Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário