Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer

Qualcomm Snpadragon 855 Android 990x495 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Entenda tudo o que faz do Snapdragon 855, o novo processador da Qualcomm, um chipset tão incrível

No segundo dia da Qualcomm Summit 2018, descobrimos todos os detalhes a respeito do Snapdragon 855, o novo processador topo de linha da Qualcomm. Apresentado ontem, o chipset tem como principal diferencial a sua compatibilidade com redes 5G e deve integrar os principais smartphones Android lançados em 2019. Confira todos os detalhes:

Desenvolvendo o Snapdragon 855

2 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Evolução das redes de telefonia móvel no decorrer das décadas

A Qualcomm começou a falar do Snapdragon 855 mencionando a Lei de Moore, que diz que o número de transistores – e consequentemente o poder de processamento – em um processador tende a dobrar a cada dois anos.

De acordo com Keith Kressin, vice presidente sênior e gerente de produtos da Qualcomm, este detalhe foi mencionado devido ao avanço dos tipos de redes vistas desde a década de 80. Ou seja, os dois tipos de avanços estão conectados e são dependentes um do outro.

Ainda segundo Kressin, o Snapdragon 855 está sendo produzindo inteiramente pela própria Qualcomm. O que é um feito impressionante, já que estamos falando de um SoC (Sistema em um chip, em português). Desta forma, até mesmo a estrutura das antenas de operadoras está sendo desenvolvida pela empresa.

E já que falamos de operadoras de telefonia e redes 5G, é importante destacar que o modem Snapdragon X50 da Qualcomm suporta ambas as bandas mmWave e Sub-6, que, em suma, fazem o 5G ser consistente em basicamente todo tipo de condição e ambiente.

O Snapdragon 855 é o primeiro chipset mobile com capacidade de atingir conexões de até 2 Gbps

Além disso, o Snapdragon 855 – que é fabricado em apenas 7 nanômetros – é o primeiro chipset mobile com capacidade de atingir conexões de até 2Gbps, sendo também compatível com o novo padrão de Wi-Fi do mercado. Com o Wi-Fi 6, o dispositivo móvel será capaz de acessar à internet com maior velocidade, economia e segurança – já que o padrão WPA3 está incluso no pacote. Como se não bastasse tudo isso, o novo modem Wi-Fi presente no chipset também alcança velocidades de até 10 Gbps.

Outro grande destaque do chipset é: ele permite que o smartphone, tablet ou notebook se conecte simultaneamente às redes 4G (Snapdragon X24 LTE) e 5G (Snapdragon X50), aproveitando ambas ao mesmo tempo. Por fim, o Snapdragon 855 também consegue se conectar a redes Wi-Fi do tipo mmWave.

Essa junção de fatores permitirá que o usuário final assista a vídeos em resoluções altíssimas como 8K via streaming e, principalmente, jogue games online em baixa latência.

Computação em nuvem também a qual vai se beneficiar da baixa latência trazida pela conexão 5G. Segundo Durga Malladi, vice presidente sênior e gerente de redes 4G e 5G da Qualcomm, a ideia é chegar a um ponto em que o usuário necessitará de um arquivo e ele irá precisar se preocupar se ele está presente localmente ou na nuvem.

Snapdragon 855 é até 45% mais rápido

6 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Processador da Qualcomm supera velocidade de seu antecessor em até 45%

De acordo com a Qualcomm, o Snapdragon 855 consegue processar dados até 45% mais rápido do que o Snapdragon 845, oferecendo 20% mais performance em tarefas que envolvem o uso da GPU – que agora é uma Adreno 640. Em outras palavras, se trata do processador com a melhor performance em games para dispositivos móveis.

Internamente, a CPU de oito núcleos do Snapdragon 855 é dividida em três partes: na primeira, temos um núcleo primário rodando a 2.84 GHz; na segunda, temos três núcleos de performance que rodam a 2.42 GHz; por fim, a terceira parte fica com quatro núcleos de eficiência, que rodam a 1.80 GHz. Esta divisão faz com que o chipset seja mais econômico e, ao mesmo tempo, ofereça o dobro da potência de um Snapdragon 800.

Outra parte importante do Snapdragon 855 é o Hexagon 690, que garante aos desenvolvedores a possibilidade de criar e melhorar funções de inteligência artificial em câmeras, reprodutores de vídeo e de áudio e até realidade estendida.

1 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Performance em processos de IA será três vezes maior

E já que falamos de inteligência artificial, é preciso mencionar que o Snapdragon 855 oferece até três vezes mais performance do que o Snapdragon 845 em operações de inteligência artificial. Esta melhoria chega a ser o dobro do apresentado pela concorrência em processadores destinados ao Android – sem incluir o chip A12 Bionic da Apple.

Segundo Gary Brotman, diretor sênior e gerente de produtos da Qualcomm, “o mundo da inteligência artificial está mudando à velocidade da luz”, o que explica o grande salto de desempenho trazido pelo novo processador. Ainda de acordo com o executivo, o impacto que essas tecnologias terão no mercado global na próxima década chega a 16 trilhões de dólares.

Snapdragon 855 e os jogos mobile

3 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Padrão “Elite Gaming” é atingido pelo novo chipset

Com a crescente popularidade dos jogos voltados para dispositivos móveis, o Snapdragon 855 não poderia deixar de dar atenção a este tipo de mercado. De acordo com a Qualcomm, os jogos mobile são um importante pilar de desenvolvimento do novo processador.

Desde o lançamento do Snapdragon 845, o número de smartphones “Premium Gaming”, ou seja, voltados para jogos, só tem aumentado. Com a GPU Adreno 640, que integra o lançamento da Qualcomm, o padrão “Elite Gaming” finalmente foi atingido, explica Leilani DeLeon, diretora da área de jogos mobile e marketing de produtos de realidade estendida da Qualcomm.

A Qualcomm também desenvolveu um algoritmo capaz de reduzir quedas bruscas na taxa de quadros por segundo. De acordo com a própria empresa, a redução deve ser de mais de 90%.

Se você é audiófilo, saiba que o Snapdragon 855 também dará suporte ao novo codec Qualcomm aptX Adaptive e, além disso, à tecnologia Qualcomm True Wireless Plus. Com a aptX Adaptive, aquela situação em que o som trava ou pula quando você se move ou coloca o telefone no bolso simplesmente deixa de existir.

Ou seja: ao invés de cortar o áudio, o processador entende a dificuldade e reduz a taxa de bits. Assim, a qualidade do som é reduzida temporariamente, mas com uma diferença imperceptível, preservando a conexão e evitando erros

Entretenimento: mais um pilar do Snapdragon 855

7 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Novo Snapdragon terá suporte a HDR10+ e Dolby Vision

Como de praxe, o Snapdragon 855 também suportará os principais padrões de vídeo, garantindo uma melhor experiência de uso para a tela do seu dispositivo. Dentre os principais destaques, estão o HDR10+ e o Dolby Vision, ambos em alta no mercado.

Além disso, o novo chipset suportará vídeos em resolução 8K em XR (360 graus), 120 quadros por segundo e até mesmo áudio de baixa latência. Ah, e, aceleração de hardware também será possível, fazendo com que a visualização de conteúdo seja mais fluida e que haja economia de energia.

Falando em realidade estendida (XR), esta também será destaque. Em breve, será possível interagir com ambientes mais responsivos e mais inteligentes, uma vez que a inteligência artificial também se fará presente.

Com as redes 5G do Snapdragon 855 , também será possível participar de experiências em realidade virtual via streaming, uma vez que a conexão será mais veloz e estável.

E, finalmente, na área de realidade aumentada, será possível projetar partidas e experiências em qualquer superfície, dispensando o uso de telas.

O primeiro smartphone com Snapdragon 855

5 - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer
Próximo smartphone da OnePlus virá com o novo chip

Segundo Pete Lau, fundador e diretor executivo da OnePlus, o primeiro smartphone com Snapdragon 855 será o próximo OnePlus. Apesar desta grande revelação, o executivo não mencionou muitos detalhes a respeito do smartphone, que deve chegar ainda em 2019.

Porém, a Qualcomm afirma que o novo processador já está chegando aos consumidores e será possível aproveitar todo o seu poder ainda no primeiro semestre do ano de 2019.

Especificações técnicas completas

Motor de Inteligência Artificial da Qualcomm

  • Processador Hexagon 690;
  • GPU Adreno 640;
  • CPU Kryo 485.

CPU Kryo 485

  • Velocidade do núcleo primário: até 2.84 GHz;
  • Velocidade dos três núcleos de performance: até 2.42 GHz;
  • Velocidade dos quatro núcleos de eficiência: até 1.80 GHz;
  • Arquitetura de 64 bits.

Subsistema Visual Adreno

  • GPU Adreno 640;
  • Suporte as APIs: OpenGL ES 3.2, OpenCL 2.0 FP e Vulkan 1.1;
  • Jogos com suporte a HDR (profundidade de cor de 10-bits);
  • Renderização feita fisicamente;
  • Resolução máxima suportada em display de dispositivo: até 4K com HDR;
  • Resolução máxima suportada em display externo: até duas telas com 4K e HDR;
  • Decodificador dos formatos H.265 e VP9 acelerado via hardware;
  • Suporte a HDR10+, HDR10, HLG e Dolby Vision;
  • Reprodução de vídeo em VR (volumétrico);
  • Reprodução de vídeo em VR na resolução 8K e em 360º.

Processador Hexagon 690

  • Capacidade de Processamento Seguro;
  • Núcleo escalar de quatro threads;
  • Quatro Qualcomm Hexagon Vector eXtensions (HVX);
  • Qualcomm Hexagon Tensor Accelerator;
  • Assistente de voz Qualcomm Hexagon;
  • Tecnologia Qualcomm All-Ways Aware.

Processador de Sinal de Imagem Spectra 380

  • Dual 14-bit CV-ISPs; 22MP @30 fps em câmeras duplas; 48MP @ 30 fps em câmera única;
  • Funções de hardware CV including object detection & tracking (Histogram of Oriented Gradients, Harris Corner Detection, Normalized Cross Correlation, Linear classification and optical flow) and stereo depth processing;
  • Solução avançada de HDR, incluindo zzHDR melhorado e 3-exposure Quad Color Filter Array (QCFA) HDR;
  • Captura de vídeo em 4K60 HDR (HDR10, HDR10+ e HLG) com Modo Retrato (bokeh), profundidade de cor de 10-bit e gama de cores Rec. 2020;
  • Hardware-based Multi-Frame Noise Reduction (MFNR) for snapshot and Motion Compensated Temporal noise Filtering (MCTF) for video;
  • Solução de Estabilização Eletrônica de Imagem (EIS) baseada em hardware dentro do subsistema da câmera;
  • Novo design modular de ISP com mais flexibilidade (RAW e YUV);
  • Captura de vídeos em slow motion com alta taxa de quadros por segundo (720p @ 480fps);
  • Captura de fotos HEIF e de vídeos HEVC (H.265).

Áudio

  • Tecnologia de áudio Qualcomm Aqstic;
  • Suporte a Qualcomm aptX, incluindo aptX HD e aptX adaptivo;
  • Qualcomm True Wireless Stereo Plus.

Segurança

  • Sensor 3D sônico da Qualcomm;
  • Suite de autenticação biométrica da Qualcomm: Impressões digitais, Autenticação de íris, voz, face e Unidade de Processamento Seguro da Qualcomm, que possibilita pagamentos móveis.

Carregamento rápido

  • Suporte à tecnologia de carregamento rápido da Qualcomm: Quick Charge 4+.

Processo de fabricação

  • 7 nanômetros.

Memória

  • Velocidade da memória: 2133 MHz;
  • Tipo de memória: 4x16bit, LPDD4x.

Mantenha-se conectado ao Showmetech, já que amanhã será o último dia do evento da Qualcomm. Ainda temos muito a comentar sobre as tecnologias inovadoras da empresa. Inclusive, lançaremos um post dedicado às melhorias trazidas pelo processador topo de linha para as câmeras e para a reprodução de vídeos.

Abaixo, você confere nosso vídeo-resumo do primeiro dia da Qualcomm Summit 2018. Em apenas três minutos, você descobre o quão importantes são as inovações trazidas pela fabricante de chipsets:

Leia também

Qualcomm lança Snapdragon 855 com conexão 5G e arquitetura de 7 nanômetros

Qualcomm Snpadragon 855 Android - Snapdragon 855: tudo o que o novo processador da Qualcomm é capaz de fazer

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via