Sony inova no design com os fones de ouvido linkbuds

Sony inova no design com os fones de ouvido LinkBuds

Avatar of lucas gomes
O LinkBuds ainda conta com diversos recursos como o microfone que isola sua voz e os controles por toque de pele. Confira a novidade!

Recentemente a Sony lançou um novo fone de ouvido chamado LinkBuds. Trata-se de um fone de ouvido intra-auricular que tem um curioso formato de 8, sendo de um lado uma esfera e do outro, que se encaixa no ouvido, um anel vazado que permite ouvir o som ambiente. Um dos recursos que mais chama atenção no LinkBuds é que ele pode ser comandado com toques, mas sem tocar no próprio fone. Veja abaixo como isso funciona.

Design

O design do LinkBuds chama atenção logo de cara. Ele parece o número 8, sendo formado por um elemento maciço e um elemento vazado. O elemento vazado, que se assemelha a um anel — ou uma rosquinha — é a parte que se encaixa na entrada do canal auditivo. Com essa abertura, é possível escutar os sons do ambiente externo, sem a necessidade de remover os fones de ouvido ou acionar algum tipo de modo ambiente — em que outros modelos de fones reproduzem os sons externos.

O pigmento do material se dá ao fato do linkbuds ter sido construído com produtos reciclados. Reprodução: sony
O pigmento do material se dá ao fato do LinkBuds ter sido construído com produtos reciclados. Reprodução: Sony

O elemento maciço é onde se encontram os microfones, baterias e demais eletrônicos do LinkBuds. Através deste elemento, que conta com alças de apoio para manter a estabilidade, é que os fones de ouvido mantêm-se acoplados à orelha.

Capacidade sonora

O encaixe promete mais estabilidade no ouvido e também melhora na qualidade sonora. Reprodução: sony
O encaixe promete mais estabilidade no ouvido e também melhora na qualidade sonora. Reprodução: Sony

De acordo com os testes realizados pelo site The Verge, os fones de ouvido LinkBuds entregam uma ótima qualidade sonora. Levando em consideração que é difícil que fones menores consigam oferecer sons mais claros, o fato do LinkBuds ficar muito bem encaixado no ouvido faz com que ele deixe os graves ainda melhores, assim como outros efeitos reproduzidos em músicas e filmes. Por outro lado, ainda de acordo com os testes do The Verge, a capacidade em isolar ruídos externos não é tão boa assim — ou seja, não há cancelamento de ruído no LinkBuds. Certamente não faz sentido ter o recurso, visto que a abertura no fone permite que o barulho externo seja ouvido.

Microfone

Uma das coisas que mais impressionaram nos testes foi a capacidade dos microfones em focarem somente na voz do usuário. No teste abaixo, publicado no Twitter do repórter do The Verge, você pode conferir que na primeira parte você ouve muito bem o que ele diz, mas os barulhos externos também são facilmente captados pelo microfone. Porém, na segunda parte do vídeo, você ouve só e exclusivamente a voz do homem. A primeira parte do teste foi feita com um microfone conectado a um iPhone e a segunda parte somente com o LinkBuds. Isso porque este fone de ouvido possui um algoritmo de supressão de barulho que usa 500 milhões de samples de vozes que oferecem essa clareza ao microfone.

Bateria

Com 10 minutos carregando, o fone consegue ser usado por cerca de uma hora e meia. Reprodução: sony
Com 10 minutos carregando, o fone consegue ser usado por cerca de uma hora e meia. Reprodução: Sony

Mesmo para um fone de ouvido sem cancelamento de ruído, sua bateria é um pouco baixa. Ele é capaz de ser utilizado durante 5 horas e meia com uma carga completa, já com a case carregadora, são inclusas mais 12 horas, totalizando 17 horas e meia ao LinkBuds. Provavelmente isso também se dá pelo tamanho compacto do fone de ouvido. Não há recurso para carregamento sem fio, a case é recarregada por cabo USB-C.

Controle por toque na pele

O controle por toque da pele é um grande aliado. Reprodução: sony
O controle por toque da pele é um grande aliado do fone de ouvido da Sony. Reprodução: Sony

O recurso mais impressionante neste fone de ouvido é o fato dele poder ser controlado por toques na pele. A maioria dos fones de ouvido, independente do seu formato, é controlado por toques no próprio dispositivo, que geralmente possuem algum padrão de gestos para determinadas funções. Com o LinkBuds, basta tocar na área em frente ao fone de ouvido — local próximo à têmpora — para pausar ou reproduzir o áudio, pular músicas e outras ações. As vibrações que os toques oferecem são reconhecidos pelo dispositivo e realizam a ação, que geralmente não são confundidos por outros tipos de movimento.

Outros recursos

  • Certificação IPX4 — resistente a água;
  • Suporte para pareamento rápido em Android ou Windows;
  • Suporte para o Spotify Tap, recurso que permite continuar a música em outros dispositivos;
  • Compatibilidade com assistentes de voz como Siri e Google Assistente;
  • Fone e embalagem feitos com materiais recicláveis;
  • Speak to chat — ao começar a conversar, durante uma música, esta pausará até que você pare de conversar novamente.

Preço e disponibilidade

O LinkBuds está disponível nos EUA por US$ 180 (R$ 930 em conversão direta), sem previsão de chegada no Brasil. Vale lembrar que a Sony encerrou suas atividades no Brasil em março de 2021, porém retomou as vendas de alguns produtos da linha de fones de ouvido em julho de 2021, em parceria com a Multilaser. Resta esperar pra ver se o LinkBuds chegará através desta parceria.

Especificações técnicas

LinkBuds

Linkbuds (wf-l900). Reprodução: sony
LinkBuds (WF-L900). Reprodução: Sony
MarcaSony
ModeloLinkBuds (WF-L900)
ConexãoBluetooth 5.2
Bateria e carregamentoFones de ouvido: 5,5 horas
Fones de ouvido + Case: 17,5 horas
Carregamento da case via: USB
EntradasUSB-C
ÁudioSom Ambiente
Resistência a águaIPX4
CoresBranco e cinza escuro
PreçoUS$ 180 (R$ 930 em conversão direta)
Sem disponibilidade no Brasil até o momento

Veja também:

Confira o Echo Buds, fone de ouvido da Amazon que foi lançado no Brasil.

Fonte: TNW e The Verge.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados