SpaceX levará quatro turistas para o espaço em 2020

Cada assento da Crew Dragon da SpaceX custará cerca de US$ 55 milhões (Foto: Reprodução)
A viagem custará à NASA cerca de US$ 55 milhões por assento. A SpaceX não é a única a querer isso.

A SpaceX divulgou uma nota dizendo que planeja levar quatro turistas para uma viagem espacial pela órbita da Terra na espaçonave Crew Dragon. A viagem, que deve ocorrer em maio deste ano, é fruto de uma parceria com a agência de turismo Space Adventures.

“A missão histórica vai forjar um caminho que fará as viagens espaciais possíveis para todas as pessoas que sonharam com isso, e nós estamos gratos em trabalhar com a equipe da Space Adventures nessa missão”

disse o presidente e chefe de operações da SpaceX, Grynne Shotwell, no comunicado oficial.

A missão deve durar cerca de cinco dias e os tripulantes sairão do porto espacial Cabo Canaveral, na Flórida. O interior da nave é bastante minimalista, contando com janelas medianas e telas sensíveis ao toque.

Além disso, os passageiros também vestirão roupas especiais e capacetes, sendo ambos resistentes a pressão, altas temperaturas e resfriados.

“A missão levará os turistas para o dobro da altitude de qualquer missão anterior de astronauta civil ou visitante da estação espacial”

diz o presidente da Space Adventures, Eric Anderson, no comunicado oficial.

Ainda não se sabe muitos detalhes sobre como a viagem será feita, apenas de cada cada assento custará à NASA cerca de US$ 55 milhões.

SpaceX não é a única a querer vôos privados

Jeff Bezos, da Amazon, também planeja levar tripulantes ao espaço em sua aeronave Blue Origin. (Foto: Reprodução)
Jeff Bezos, da Amazon, também planeja levar tripulantes ao espaço em sua aeronave Blue Origin. (Foto: Reprodução)

O CEO da SpaceX, Elon Musk, já tem a ideia de turismo espacial há anos, sendo que Musk havia anunciado em 2017 que dois passageiros iriam fazer uma viagem ao redor da lua usando a Crew Dragon e também o foguete Heavy Rocket no fim de 2018. No entanto, em setembro de 2018, a companhia anunciou que iria enviar apenas um passageiro, sendo este o japonês bilionário Yusaku Maezava.

Não é apenas a SpaceX que está querendo realizar vôos privados. Jeff Bezos, da Amazon, também está querendo levar tripulantes para viajar no espaço com a nave Blue Origin por um preço consideravelmente mais acessível quando comparado a SpaceX: US$ 200 mil.

A Virgin Galactic, fundada em 2004 por Richard Branson, também está pretendo enviar seus primeiros turistas espaciais ainda em 2020 por um preço semelhante.

Vale lembrar que a SpaceX e a NASA também planejam levar uma nave particular para a lua em 2021.

E você? O que achou? Estaria disposto a pagar US$ 55 milhões para viajar ao espaço? Deixe sua opinião nos comentários!

Fontes: The Verge, SpaceAdventures, Space.com


Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter