Conecte-se conosco

GADGETS

TAG Heuer, Intel e Google irão lançar smartwatch para competir com Apple

A TAG Heuer firmou uma parceria com Intel e Google para entrar no mercado de smartwatches de luxo, competindo diretamente com o recém-lançado Apple Watch.

TAGHeuer1

Se uma empresa de tecnologia pode lançar um relógio, por que não uma marca de relógios lançar um gadget? A TAG Heuer firmou uma parceria com a Intel e o Google para entrar no mercado de smartwatches de luxo, competindo diretamente com o recém-lançado Apple Watch.

O gadget irá combinar a qualidade da marca de relógios suíços com a tecnologia de hardware da Intel e o Android Wear do Google, no que pode ser o primeiro smartwatch de luxo para o sistema operacional. Nenhuma especificação técnica ou outro detalhe foi revelado, mas foi dada uma previsão de lançamento para o último trimestre de 2015.

TAGHeuer2

A parceria foi anunciada durante o BaselWorld, uma feira internacional de relógios e jóias e é a primeira do tipo para a TAG Heuer. Durante o evento, o CEO da marca, Jean-Claude Biver, Guy Sémon, da mesma empresa, David Singleton, do Google, e Michael Bell, da Intel, se juntaram no palco para cortar um queijo, suíço é claro, marcando a parceria.

“Nossa colaboração proporciona uma rica sinergia, formando uma parceria de ganho mútuo, e o potencial para as três companhias é enorme”, disse Biver.

Para a empresa de chips, porém, é mais um passo em uma série de ações do tipo. A Intel já trabalha junto de outras marcas para criar smartwearables, entre elas a Oakley, para desenvolver um par de óculos esportivo inteligente, e com a Fossil, para desenvolver tecnologia para a indústria de moda.

“Acreditamos que a tecnologia wearable vai decolar”, disse Bell. “A colaboração com a TAG Heuer e Google nos traz mais perto de realizar a visão da tecnologia wearable com um smartwatch distintivo que eleva a categoria”, completou.

Outros marcas podem seguir a ideia – o que seria bem interessante para o setor – mas nem todos enxergam o mercado da mesma maneira. Marc Hayek, do Swatch Group, é um dos céticos. Em entrevista à Reuters, Hayek disse que “o Apple Watch não é um relógio real, mas um eletrônico”, e um bem caro na versão de luxo. Será que uma empresa de relógios de luxo se sairá melhor?

Fonte: Reuters, TAG Heuer

Jornalista por profissão, geek por natureza, autodidata por curiosidade mesmo. Aprendendo e escrevendo sobre tecnologia desde que mexeu no primeiro 486 da família, está no SMT desde 2015.

Comentários

Mais de GADGETS

Dica

Advertisement


Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir