Como o RH pode usar a tecnologia para fazer entrevistas online

Entrevistas on-line
Pandemia aumentou a necessidade de fazer processos seletivos digitais utilizando recursos como as entrevistas online

Para se adaptar à nova realidade e garantir o distanciamento social, muitas empresas estão realizando as entrevistas online para contratar novos profissionais de forma remota. De acordo com levantamento da Catho e divulgado no Correio do Povo, antes da pandemia 23% das empresas realizavam os processos seletivos completamente online. Depois de quatro meses, esse número subiu para 42%.

Apesar de a modalidade ter sido escolhida por ser a única possível no momento, ela tem algumas vantagens importantes que podem ser consideradas. Ao fazer uma entrevista online, tanto os recrutadores quanto os candidatos otimizam o tempo, além de isso permitir que pessoas que moram longe participem. 

Em tempos normais, um profissional que deseja mudar de cidade, por exemplo, teria que se deslocar para fazer a entrevista – gastando tempo e recursos. Agora, muitas empresas estão mantendo as atividades online, o que facilita para quem está em outro município. Quando a rotina voltar à normalidade e parte dos colaboradores precisarem estar no escritório, quem vive distante terá tempo para providenciar um lugar para morar, se for o caso.

Como se preparar para fazer entrevistas on-line

É importante notar que para que uma entrevista seja efetiva e sirva para encontrar os melhores profissionais, vale se atentar para alguns aspectos. Confira os principais!

Teste a plataforma e a internet

Antes da entrevista, teste a velocidade da conexão e a ferramenta que será utilizada durante a conversa
Antes da entrevista, teste a velocidade da conexão e a ferramenta que será utilizada durante a conversa.

Nas entrevistas online, não adianta ter todas as informações e perguntas na ponta da língua se a plataforma ou a internet não funcionar. Para evitar desgastes com os candidatos, o ideal é fazer pelo menos um teste alguns minutos antes para saber se tudo está funcionando. Caso haja algum problema, é necessário contatar o participante da conversa o quanto antes. 

Existem várias ferramentas que permitem fazer chamadas de vídeo online, como o Microsoft Teams. Por isso, é interessante entender como cada uma funciona antes mesmo de enviar o convite para o recrutamento.

Pense no visual

Um local de fundo claro e bem iluminado é o cenário ideal para entrevistas online
Um local de fundo claro e bem iluminado é o cenário ideal para entrevistas online.

A primeira imagem é a que fica e não seria diferente na internet. Mesmo que o encontro seja virtual e com os desafios que isso possui, é importante que o recrutador esteja alinhado para se apresentar ao possível novo colaborador. 

As entrevistas digitais não dão margem para conversas tão informais, como uma camiseta, por exemplo. Por representar a empresa no momento da contratação, o entrevistador deve estar bem-vestido, com uma luz adequada e com a câmera posicionada na altura dos olhos. Isso garantirá mais confiança ao candidato, e até vontade de trabalhar naquela equipe.

Desative outras ferramentas e abas

Desative tudo que não for essencial para dar espaço de memória e conexão para a ferramenta que será utilizada para a entrevista
Desative tudo que não for essencial para dar espaço de memória e conexão para a ferramenta que será utilizada para a entrevista.

Nos encontros presenciais, deselegante é mexer no celular enquanto conversa. Já na internet, a etiqueta é um pouco diferente. Nesse formato, é importante que ninguém esteja mexendo em outro programa, aplicativo ou até vendo outra aba durante a entrevista. 

Além de isso gerar mais dispersão, em algum momento pode ser necessário apresentar a própria tela, e a outra pessoa irá ver o que está ali. Então, para evitar constrangimentos e garantir que a entrevista flua da melhor forma, é importante que o recrutador foque apenas no candidato.

Fale de forma pausada

Nas entrevistas online é muito importante falar pausadamente
Nas entrevistas online é muito importante falar pausadamente.

Falar de forma clara e pausada é importante sempre, mas em uma conversa online ainda mais. Por conta dos travamentos que às vezes acontecem na internet, o candidato pode não entender muito bem uma pergunta ou informação, causando um atrito na comunicação. 

Dessa forma, o ideal é que o recrutador mantenha um tom calmo e em ritmo moderado enquanto fala. Além do mais, devido ao delay, é necessário ter paciência pois a outra pessoa pode demorar alguns segundos para ouvir e/ou conseguir falar.

Anote em um papel

Deixe o computador para a ferramenta de conversa e anote as impressões em um papel
Deixe o computador para a ferramenta de conversa e anote as impressões em um papel.

Para focar completamente na conversa, talvez seja interessante anotar os pontos principais sobre o candidato em um papel. Dessa forma, o recrutador poderá se concentrar em apenas uma tela, diminuindo os riscos de que alguma aba trave ou até mesmo não consiga salvar o que avaliou do profissional.

Pense em um teste

A preparação para uma entrevista pode ser semelhante a estudar para uma prova
A aplicação de testes, comuns nas entrevistas presenciais, podem ser adaptadas ao modelo virtual.

Uma das grandes dificuldades das empresas para fazer entrevistas online é comprovar o nível de conhecimento do candidato. Caso o encontro fosse presencial, seria possível, por exemplo, entregar um papel e dizer para ele realizar alguma atividade. 

No caso de um papo virtual, isso pode ser mais desafiador, mas não impossível de acontecer. O recrutador pode propor alguma tarefa e esperar que o participante realize. Ou também é possível dar alguns minutos para que o candidato faça algo. Esses testes, no entanto, precisam ser bem elaborados e apenas para áreas que realmente precisam de alguma comprovação. 

Como visto, mesmo com os desafios as entrevistas online são uma alternativa interessante para a contratação online. Talvez elas sirvam até para otimizar o encontro de profissionais quando a volta completa aos escritórios for permitida.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário