Tesla aceita bitcoin como pagamento de seus veículos

Tesla aceita bitcoin como pagamento de seus veículos
Em sintonia com a visão positiva de Elon Musk sobre a criptomoeda, a Tesla aceita bitcoins nas compras de veículos realizadas nos EUA

Em um movimento previsto há pouco mais de um mês, a Tesla aceita bitcoin como pagamento para seus carros nos Estados Unidos a partir dessa semana. O anúncio feito pelo Twitter de Elon Musk, CEO da empresa, fala que agora quem comprar pelo site da fabricante terá além dos cartões de crédito a opção de pagar com a criptomoeda. Ainda segundo Musk, a nova forma de pagamento com Bitcoin também será oferecida para outros países até o fim desse ano.

A Tesla aceita Bitcoin e deixa outras criptomoedas de fora

Tesla aceita bitcoin
No site da Tesla, a opção de comprar com Bitcoins já está disponível, caso você seja um residente dos EUA.

Segundo Elon Musk, a Tesla está usando softwares internos e de código aberto para controlar as operações de Bitcoin realizadas no site. Ainda, segundo ele, os pagamentos realizados com a criptomoeda não serão convertidos para outras moedas, continuando no caixa da empresa como Bitcoin. Em um FAQ no site da Tesla, o processo de pagamento está elucidado, mostrando que os usuários poderão copiar o endereço da sua carteira de bitcoins ou escanear um código QR para poder realizar os pagamentos.

Ainda nesse FAQ no site da empresa, um risco é bem mostrado: se o comprador tentar realizar o pagamento com qualquer outro tipo de criptomoeda, é possível que esses fundos sejam perdidos pelo usuário e a Tesla não reconheça o pagamento. Os carros da Tesla continuarão sendo precificados em dólares, sendo pago em bitcoin o valor equivalente conforme a cotação. A empresa estima que US$ 100 equivalem a 0.00183659 bitcoins.

Os termos e condições dos pagamentos via bitcoin da Tesla também deixam claro que “transações com a criptomoeda não podem ser canceladas”, e que se o comprador colocar o endereço de sua carteira digital de forma errada ele também pode perder seu saldo de bitcoins. Todas as taxas envolvidas na transação, como taxas de manutenção de carteira ou de até mesmo aplicação no Blockchain também são de total responsabilidade do comprador — ou seja, a Tesla aceita Bitcoin mas não se responsabiliza pelos custos associados à compra.

Por último, a Tesla também avisa que pelo Bitcoin ser uma moeda altamente volátil, qualquer reembolso realizado com a criptomoeda pode ser bem menor do que o valor na hora da compra de um carro Tesla. Embora pareça bem arriscado, após todas essas condições e detalhes, para quem tiver o dinheiro em Bitcoin, o pagamento dessa forma pode ser uma ótima opção.

Acompanhe mais noticias sobre criptomoedas, como um guia completo de como comprar Bitcoin, aqui no Showmetech.

Fonte: The Verge

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário