Tesla apresenta caminhão elétrico e novo Roadster

A Tesla apresentou o seu novo veículo elétrico: trata-se de um caminhão e um novo carro de alta velocidade. Veja os detalhes aqui.

Conhecida por seus carros autônomos (e caros), a Tesla não se contentou com seus automóveis de passeio e passou a diversificar os produtos. Desde 2016 a empresa passou a produzir painéis de energia solar e vem anunciando a entrada no mercado de automóveis maiores.

Inicialmente apontado para meados de outubro, o lançamento de seu primeiro caminhão, o Tesla Semi, aconteceu nesta quinta-feira, 16 de novembro, apresentado pelo CEO da Tesla, o bilionário Elon Musk.

Especificações

Com características de carro esportivo, o caminhão de pequeno porte da Tesla tem banco único central na cabine e promete passar dos 90 km/h em 5 segundos, levando 20 segundos em seu peso máximo, cerca de 36 toneladas. Isso se deve aos três motores de 258 cavalos com potência total de 1.302 cv.

O veículo conta com quatro motores independentes sobre cada roda, sincronizados com o computador de bordo. Dessa forma, ele pode configurar a potência de cada roda individualmente para manter a estabilidade.

O Tesla Semi vem com sistema de gestão e rastreamento integrados, atingindo longas distâncias de conexão.

Segundo Musk, as pastilhas de freio do veículo “basicamente devem durar para sempre”. Ele ainda afirma que os vidros são todos à prova de explosões.

Autonomia

Como os demais carros da Tesla, os caminhões também são autônomos. Podem guiar-se sozinhos, principalmente em rodovias, em que há muitos trajetos em linha reta e uma velocidade constante.

A autonomia do veículo se completa com a capacidade da bateria aliada ao bom aproveitamento de combustível. Com uma carga, ele pode percorrer até 800 km.

De acordo com a empresa, o Tesla Semi apresenta uma economia de US$200 mil em dois anos, em comparação com caminhões semelhantes movidos a diesel.

A economia pode ser ainda maior considerando que os veículos que andarem em comboio somente precisarão de motorista no veículo que estiver à frente.

Ainda não há informações mais detalhadas sobre sua bateria, apenas que ela ocupa boa parte abaixo da cabine. Apesar disso, o espaço de visualização do condutor não é interferido. Pelo contrário, o para-brisa permite a visão do chão logo à frente do caminhão.

Design e tecnologia

Por fora, o Tesla Semi já surpreende. Com linhas futuristas e inovadoras, o design foi projetado para uma aerodinâmica que possibilite alcançar altas velocidades com mais facilidade.

Mas não é só a parte externa que impressiona, mas também todo o desenho interno inovador. O banco central do motorista dá mais espaço e conforto para quem dirige. Para o controle total do veículo, a cabine tem duas telas touch de 15 polegadas com dados bem completos.

Pelas telas, o condutor tem acesso à localização e imagens de câmeras que ficam ao redor do carro. Somente o acionamento das luzes deve ser feito por um botão físico.

E não é só isso

Para a surpresa de todos, o evento de lançamento não acabou por aí. Transportado pelos próprios caminhões, foi revelada a nova geração do Roadster, o carro de aceleração rápida da Tesla.

Capaz de atingir 96 km/h em menos de 2 segundos, o novo Roadster alcança o primeiro lugar como o carro de aceleração mais rápida, superando os consagrados Porsche 918 Spyder e Bugatti Chiron.

Com objetivo de superar os carros a gasolina, a Tesla investiu na autonomia do esportivo. Uma carga da bateria pode durar por até 1.000 km.

Preços

Esse quesito não reflete uma grande preocupação da empresa. Com qualidade em todos os outros aspectos, o preço vai para as alturas.

O preço inicial do novo Roadster será de US$200 mil, cerca de R$655 mil. É possível fazer reserva por meros US$50 mil adicionais, aproximadamente R$163 mil a mais.

Para quem tem ansiedade e muito, muito dinheiro e quiser garantir ser um dos primeiros 1.000 donos do esportivo terá que desembolsar a quantia de US$250 mil, nada menos que R$820 mil. À vista. E isso significa receber o carro somente em 2020, quando ele começa a ser comercializado.

Corra para garantir o seu! 😛

Para o Tesla Semi o preço ainda não foi revelado. Sua produção começa em 2019, mas a reserva é uma pechincha perto do que você acabou de ler acima: US$5 mil (R$16.400).

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: