Conheça todos os jogos que usam RTX para ter gráficos incríveis

cyberpunk 2077 portugues
Tecnologia da NVIDIA, o uso do RTX consegue melhorar muito a qualidade gráfica de qualquer tipo de jogo com o suporte a ray tracing
Anúncio
Conheça todos os jogos que usam RTX para ter gráficos incríveis

A tecnologia RTX, presente nas placas de vídeo topo de linha da NVIDIA, são responsáveis pelo suporte ao ray tracing, uma técnica que permite que desenvolvedores de jogos consigam fazer com que os efeitos de luz nesses games se comportem o mais próximo possível de como ela atua no mundo real. Isso faz com que os gráficos do jogo melhorem consideravelmente de qualidade, e muitos acreditam que está será a tecnologia que irá marcar o futuro dos jogos eletrônicos.

Mas, por ser uma das tecnologias mais avançadas disponíveis hoje, não são todos os jogos que fazem proveito dela. Assim, separamos aqui uma lista de todos os jogos em que você poderá aproveitar o máximo da qualidade gráfica com as placas de vídeo da NVIDIA.

Jogos que já possuem suporte à tecnologia RTX

Quake II RTX

Um dos maiores clássicos do gênero de tiro em primeira-pessoa lançado em 1997, Quake 2 recebeu uma enorme melhoria em seus gráficos com o uso da tecnologia de ray tracing da NVIDIA, em uma versão que é considerada como a definitiva para se aproveitar o jogo em 2020.

Quake II RTX pode ser adquirido de forma gratuita na Steam.

JX3 HD

Remake em HD de um MMORPG chinês lançado originalmente em 2009, o jogo se inspira bastante nas lendas do país e utiliza um gameplay de artes marciais, e foi um dos primeiros a adotar a tecnologia de ray tracing como forma de melhorar seus gráficos.

Infelizmente, este jogo ainda não foi lançado oficialmente no ocidente, e pode ser encontrado apenas na China.

Deliver Us The Moon

Lançado em setembro de 2018, este jogo que se passa no espaço não utiliza ao máximo tudo o que a tecnologia RTX pode disponibilizar, se resumindo a alguns efeitos de sombra, reflexos e iluminação de partículas. A vantagem disso é que este é um dos jogos mais que menos exigem do hardware de um computador, e pode ser um bom ponto inicial para quem não tem certeza se o PC que possui consegue rodar essa tecnologia sem problemas.

Deliver Us The Moon pode ser adquirido por R$ 47,49 na Steam.

Minecraft RTX

Lançado em 2011, o jogo de bloquinhos ganhou toda uma nova vida com o lançamento de Minecraft RTX em abril deste ano, e o uso da tecnologia da NVIDIA permitiu que o game passasse a oferecer uma fantástica experiência visual, algo que até então não era a uma de suas marcas.

Minecrat RTX é uma atualização gratuita que pode ser baixada dentro da própria loja do jogo, desde que você esteja acessando a versão de Minecraft feita para o Windows 10.

Shadow of the Tomb Raider

Lançado em setembro de 2018, o jogo fez parte do marketing da NVIDIA durante o lançamento das primeiras placas RTX da empresa, mas o game só recebeu mesmo suporte à tecnologia ray tracing em março de 2019. Mesmo assim, é fácil perceber o quanto ela fez para melhorar os gráficos do jogo, já que os cenários de florestas e cavernas ganham uma outra beleza com a tecnologia de luzes da NVIDIA.

Shadow of The Tomb Raider pode ser encontrado em sua versão definitiva (jogo base + todos os DLCs) por R$ 329,69 na Steam.

Battlefield V

Lançado em 2018, o jogo de guerra da EA foi um dos primeiros games a possuir suporte ao RTX já no lançamento, e desde os primeiros trailers de anúncio o jogo já aproveitou para mostrar o quanto a tecnologia contribuia para tornar os gráficos do game um dos mais realistas de qualquer jogo de tiro.

Battlefield V pode ser adquirido por R$ 39,75 na loja da Origin.

Metro Exodus

Lançado em fevereiro de 2019, o game é um dos que títulos que utilizam a tecnologia ray tracing de forma mais expansiva, e tanto o jogo principal quanto o DLC Two Colonels dão suporte total à ela desde o lançamento.

Metro Exodus pode ser adquirido por R$ 74,99 na Steam.

Wolfenstein: Youngblood

Lançado em julho de 2019, este jogo eleva a qualidade visual da franquia para outro nível, e justamente por isso foi um dos jogos utilizados pela própria NVIDIA para demonstrar o poder da sua linha de placas de vídeo RTX do ano passado. Mas, ironicamente, Youngblood só foi receber suporte oficial ao ray tracing em um patch lançado em janeiro de 2020.

Wolfenstein: Youngblood pode ser adquirido por R$ 115 na Steam.

Control

O game da Remedy já nos entrega naturalmente cenários de tirar o fôlego, mas o uso do ray tracing torna os ambientes do jogo muito mais assustadores e sobrenaturais, e não é à toa que o game ainda é utilizado como exemplo de como a tecnologia RTX pode elevar os gráficos a um outro nível.

Control pode ser adquirido por R$ 113,99 na Epic Games Store.

Call of Duty: Modern Warfare

O mais recente título da franquia de jogos de tiro mais famosa do mundo é outro que se aproveitou do poder do RTX para nos apresentar alguns gráficos nunca antes vistos em qualquer outro título da franquia, e a qualidade gráfica foi um dos pontos que fez o jogo ser um sucesso de crítica e de público desde o lançamento. 

Call of Duty: Modern Warfare pode ser encontrado por R$ 199,90 na loja da Battle.Net.

MechWarrior 5: Mercenaries

Lançado em dezembro de 2019, o mais recente título da franquia de robôs gigantes recebeu o suporte ao ray tracing apenas em abril de 2020 e, de acordo com as notas do patch, este suporte ainda está na fase beta, mas já é possível ver a diferença que ele causa nos gráficos do jogo.

Mechwarrior 5: Mercenaries pode ser adquirido por R$ 94,99 na Epic Games Store.

Justice Online

Um MMORPG chinês baseado em um gameplay de artes marciais e que foi desenvolvido para ser um possível adversário ao sucesso de World of Warcraft, Justice Online também utiliza a tecnologia de ray tracing para deixar seus gráficos de cair o queixo, mas infelizmente ainda não há uma previsão de quando este jogo será lançado para outros mercados além do chinês.

Infelizmente, este jogo ainda não foi lançado oficialmente no ocidente, e pode ser encontrado apenas na China.

Jogos que já confirmaram que terão suporte à tecnologia RTX

Ring of Elysium

Ring of Elysium é um battle royale lançado em 2018 e que coloca 60 jogadores competindo pela sobrevivência no mesmo mapa. Em março deste ano, o jogo recebeu uma atualização que adicionou iluminação dinâmica global aos mapas, mas a desenvolvedora prometeu que pretende melhorar ainda mais a qualidade desta função com o uso de ray tracing, mas ainda não há uma previsão de quando o suporte à tecnologia será introduzido.

Ring of Elysium é um jogo gratuito e pode ser encontrado para download na Steam.

Doom Eternal

Lançado em março deste ano, Doom Eternal é um dos melhores um dos melhores jogos de tiro lançados nos últimos anos. Por enquanto, o jogo ainda não utiliza o RTX, mas a desenvolvedora já prometeu que o suporte à tecnologia está sendo tratado como prioridade.

Doom Eternal pode ser adquirido por R$ 199 na Steam.

Cyberpunk 2077

Um dos jogos mais aguardados de 2020, Cyberpunk 2077 tem o potencial para ser um dos games mais bonitos já criados, e segundo o diretor geral do estúdio que o está desenvolvendo, muito disso se deve graças ao uso do ray tracing.

Cyberpunk 2077 está marcado para chegar às lojas no dia 17 de setembro, e você pode já garantir a sua cópia na pré-venda por R$ 199,90 na loja do GoG.

Boundary

Desenvolvido pelo estúdio independente Surgical Scalpels, Boundary é um jogo de tiro em primeira-pessoa no espaço que promete a presença de tiroteios em ambientes de gravidade zero, e usará a tecnologia de ray tracing para entregar gráficos magníficos. Ainda sem data de lançamento definida, é esperado que o jogo seja lançado ainda em 2020.

Convallaria

Inspirado em jogos como Fortnite e PUBG, Convallaria será um battle royale em terceira pessoa que suportará mais de 100 pessoas disputando no mesmo mapa em modos PVE (jogador contra inimigos controlados por IA) e PVP (onde os jogadores se enfrentam entre si). O jogo ainda não possui data definida para o lançamento, mas ele deve ocorrer ainda em 2020.

Dying Light 2

dying light 2 rtx
Dying Light 2 é um dos jogos ainda não lançados mas que já confirmaram que usarão a tecnologia de ray tracing (Imagem: NVIDIA)

A sequência de um dos jogos mais surpreendentes de 2015, que conseguiu misturar de maneira orgânica movimentação em parkour e zumbis, promete uma melhoria significativa nos gráficos em relação ao primeiro game, e uma dessas melhorias é o uso de ray-tracing para a criação de sombras dinâmicas em tempo real. Ainda não há uma data de lançamento definida para este jogo, mas a expectativa é de que seja lançado ainda em 2020.

F.I.S.T.

Este jogo é um “metroidvania” clássico que se passa em uma metrópole dieselpunk inspirada na China da década de 1920. O jogo tem os cenários magníficos como uma de suas marcas registradas – e essa qualidade só é possível com o uso da tecnologia RTX. O jogo está marcado para lançar ainda em 2020, mas é possível que ele chegue às lojas com outro nome, já que F.I.S.T. é apenas um título provisório.

Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2

Sequência do clássico jogo de 2004 baseado no RPG de mesa Vampiro: A Máscara, Bloodlines 2 utilizará o ray tracing para tornar muito mais realista a cidade onde o game se passará. Por enquanto ainda não há uma data confirmada para o lançamento, mas ele deve ocorrer ainda em 2020.

Xuan Yuan Sword VII

Este RPG de ação em terceira pessoa nos apresenta uma história que se passa durante o período da Dinastia Han Ocidental, e tenta recriar a China daquela época ao mesmo tempo que nos oferece um cenário de fantasia, como magias e monstros. O jogo ainda não possui data de lançamento definida, mas deve chegar às lojas ainda em 2020.

Watch Dogs: Legion

O terceiro jogo da franquia de hackers da Ubisoft é outro que já confirmou o uso de ray tracing para tornar os gráficos do jogo ainda mais reais, e isto pode ser claramente visto no trailer do jogo, que nos mostra detalhes como os reflexos da cidade que podem ser vistos em poças d’água nas ruas. O jogo ainda não possui data de lançamento definida, mas a promessa é de que chegue às lojas até março de 2021.

Project X

project X rtx
Pouco se sabe sobre o jogo além de que ele usará a tecnologia de ray tracing (Imagem: NVIDIA)

Um jogo de tiro apresentado pela próprio NVIDIA durante a GTC 2019, pouco se sabe sobre ele, mas a empresa já confirmou que utilizará a tecnologia de ray tracing e terá um visual gráfico no estilo anime. Ainda não há uma data específica para o lançamento, mas a promessa é de que chegue no segundo semestre de 2021.

Atomic Heart

Descrito como um jogo de tiro que se passa em um “universo alternativo” em que a união soviética dominou o mundo, Atomic Heart promete gráficos de ponta com o uso da tecnologia ray tracing, mas por enquanto o jogo ainda não possui nenhuma previsão de quando será lançado.

Bright Memory: Infinite

Desenvolvido por apenas uma única pessoa, Bright Memory: Infinite tem há tempos chamado a atenção da mídia e do público pela sua qualidade, e é um dos jogos não apenas confirmados para a nova geração de videogames, como também que fará uso da tecnologia de ray tracing.

Uma parte do jogo já está disponível em Early Access na Steam, mas ainda não há uma previsão de quando a versão completa chegará às lojas.

Enlisted

Um MMO de tiro que irá recriar algumas das mais famosas batalhas da Segunda Guerra Mundial, e que promete o uso do ray tracing para fazer com que tudo fique mais realista. O jogo fez seu primeiro teste aberto ao público em abril deste ano, mas ainda não há uma previsão de quando será lançado oficialmente.

ProjectDH

Muito pouco se sabe sobre esse jogo, e também ainda não se sabe como o ray tracing será utilizado nele, mas esse é um dos jogos que já confirmaram que utilizarão a tecnologia. Por enquanto, ainda não há nenhuma previsão de lançamento.

Synced: Off Planet

Neste jogo de tiro desenvolvido pela Tencent, 50 jogadores deverão sobreviver em mapas que combinam modos PVP e PVE, e a tecnologia de RTX fará diferença principalmente nos sistemas de sombra e reflexos, que permitirão aos jogadores, por exemplo, saber se um inimigo está se aproximando através da sombra ou reflexo dele na parede. Por enquanto, ainda não há previsão de quando ele chega às lojas.

Placas de vídeo RTX

Caso você ainda não tenha uma placa de vídeo que suporta a tecnologia RTX no seu PC e está pensando em adquirir uma, existem diversas opções disponíveis no mercado.

Uma dessas opções é a GeForce RTX 2060, com com 8 GB de memória GDDR6. Está é uma das placas mais populares com suporte à tecnologia RTX, e requer um computador com Windows 10 instalado, pelo menos 8 GB de memória RAM e 1,5 GB de espaço em disco, uma placa-mãe com slot PCIe x16, dois espaços livres na parte traseira do gabinete do PC (já que, apesar de usar apenas um slot, a placa é bem grande e ocupa o espaço de duas) e uma fonte com pelo menos 550 W de potência e conector de alimentação complementar de 8 pinos. A GeForce RTX 2060 pode ser encontrada a partir de R$ 3651,44 na Amazon.

geforce rtx 2060
Placa de vídeo GeForce RTX 2060

Outra opção um pouco melhor é a GeForce RTX 2070, que possui os mesmos 8 GB de memória GDDR6 da 2060, mas com um processador de vídeo melhor, o que torna ela bem mais rápida. Ela requer um computador com Windows 10 instalado, pelo menos 8 GB de memória RAM e 1,5 GB de espaço em disco, uma placa-mãe com slot PCIe x16, dois espaços livres na parte traseira do gabinete do PC, e uma fonte com pelo menos 650W de potência e que tenha pelo menos um conector de alimentação complementar de 8 pinos e outro de 6 pinos. A GeForce RTX 2070 pode ser encontrada a partir de R$ 3859 na Amazon.

geforce rtx 2070
Placa de vídeo GeForce RTX 2070

Agora para quem quer performance de ponta, a melhor opção é a GeForce RTX 2080. A placa possui os mesmos 8 GB de memória GDDR6 das outras duas, mas com uma performance muito mais rápida do que elas devido a presença de um processador de vídeo melhor. Ela requer um computador com Windows 10 instalado, pelo menos 8 GB de memória RAM e 1,5 GB de espaço em disco, uma placa-mãe com slot PCIe x16, dois espaços livres na parte traseira do gabinete do PC, e uma fonte com pelo menos 650W de potência e que tenha pelo menos um conector de alimentação complementar de 8 pinos e outro de 6 pinos. A GeForce RTX 2080 pode ser encontrada a partir de R$ 5479 na Amazon.

geforce rtx 2080
Placa de vídeo GeForce RTX 2080

Fonte: Digital Trends, NVIDIA

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter