Início » Geral » Tratamento experimental é nova esperança na proteção contra o HIV
Geral Notícias

Tratamento experimental é nova esperança na proteção contra o HIV

cjepivo protiv hiva uspjesno testirano na majmunima 1424272049 - Tratamento experimental é nova esperança na proteção contra o HIV
Novo tratamento no combate ao vírus da AIDS (HIV), é testado com sucesso em macacos, apresentando uma nova e aguardada vitória na busca pela prevenção contra a doença imunodepressora.

o hiv facebook 720x360 - Tratamento experimental é nova esperança na proteção contra o HIV

Novo tratamento no combate ao vírus da AIDS (HIV), é testado com sucesso em macacos, apresentando uma nova e aguardada vitória na busca pela prevenção contra a doença imunodepressora.

A Síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA — em inglês: acquired immunodeficiency syndrome – AIDS) é uma doença do sistema imunológico humano causada pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH — em inglês: human immunodeficiency virus – HIV).  À medida que a doença progride, ela interfere mais e mais no sistema imunológico, tornando a pessoa muito mais propensa a ter outros tipos de doenças, como infecções oportunistas e câncer, que geralmente não afetariam pessoas com um sistema imunológico saudável.

A vacina funciona tomando uma abordagem fora do comum, isto é, ela modifica a forma como o corpo reage à tentativa de infecção pelo vírus da aids. O resultado, é o invasor (HIV) não consegue mais se prender à célula saudáveis devido a produção de uma proteína nova que produzida com este fim.

Vacinas normalmente treinam o sistema imunológico para combater uma infecção. Já está não, ela provoca uma alteração no DNA do hospedeiro (macaco), que passa a produzir células novas “imunes” a todos os tipos de Aids. Esta técnica usa terapia genética para introduzir uma nova seção do DNA no interior das células do músculo saudável. Essa faixa contém as instruções para a fabricação de ferramentas para neutralizar o HIV, que então são constantemente bombeadas para fora para a corrente sanguínea.

Experimentos, relatados pela revista Nature, mostraram que os macacos ficavam protegidos de todos os tipos de HIV pelo menos 34 semanas. Porém ainda existem questões de segurança.

A equipe quer começar os ensaios em pacientes que têm o HIV, mas são incapazes de tomar terapias medicamentosas convencionais, dentro de um ano. Prof Nancy Haigwood, da Oregon Health & Science University, comentou: “Na ausência de uma vacina que pode provocar imunidade protetora em geral e prevenir a infecção e dada a falta de grandes avanços no horizonte para fornecer um, a ideia de conferir uma potente e sustentada vacina contra a infecção pelo HIV através da terapia do gene certamente merece consideração”.

Dr. Anthony Fauci, de os E.U. National Institutes of Health, disse: “esta pesquisa inovadora é o novo trunfo para nos mover em direção a dois importantes objetivos: alcançar a proteção a longo prazo da infecção pelo HIV e colocar em remissão sustentada pessoas já cronicamente infectadas HIV.”

Fonte: BBC

Comentários do Facebook

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

NOTÍCIAS POR E-MAIL

Receba as notícias do Showmetech direto na sua caixa de entrada.

Yey! Parabéns, você receberá notícias incríveis!

Ops! Acho que não deu certo. Vamos tentar novamente?

Você gosta do nosso trabalho? Então, que tal curtir a gente? ;)

Compartilhe com um amigo