Windows desatualizado está presente em mais de 8 milhões de PCs brasileiros

Windows desatualizado está presente em mais 8 milhões de PCs brasileiros
Windows 7 é maioria nos computadores do mundo, e também está em grande número no Brasil, mas é altamente inseguro, alerta CTO da Avast
Windows desatualizado está presente em mais 8 milhões de PCs brasileiros
Windows 7 hoje é um sistema operacional inseguro, alvo de diversos ataques por suas brechas de segurança, mas ainda assim, o mais usado no mundo dos computadores

O Windows é o sistema operacional predominante na área de computadores (91,5% deles), mas ele se fragmenta em várias versões. Esse é um problema recorrente que a Microsoft sempre enfrenta no lançamento de um novo OS. Com raras exceções, como o Windows Vista e 8, todos os outros tiveram usuários “muito” fiéis para atualizarem para a versão posterior. Durante o primeiro ano do Windows 10, a atualização foi gratuita para usuários do Windows 7 e 8.1, mas isso não parece ter surtido o efeito tão esperado.

O pesadelo do Windows 10 é não é o 8.1, mas sim o 7. Sem suporte de peças de hardware mais recentes, recebendo somente algumas atualizações críticas de segurança, sem diversas novas APIs e sem acesso aos grandes jogos exclusivos da Windows Store; esse é o Windows 7 e ele se nega a morrer. A edição lançada em 2009 ainda é preferência da maioria dos usuários, pois 48,9% dos computadores em julho de 2017 rodavam o Windows 7, segundo a empresa Net Applications.

Tudo bem, você pode usar o Windows 7 por achar que ele roda melhor no seu PC, não gostar do visual do Windows 10 e funções que pode julgar desnecessárias; entretanto, isso é muito perigoso. É o que afirma Ondrej Vlcek, CTO da Avast, em visita ao Brasil.

O preço de ser vintage

Windows desatualizado está presente em mais 8 milhões de PCs brasileiros
Windows 7 está no mercado desde 2009 sem qualquer alteração visual

Segundo Vlcek, o Brasil é o segundo maior mercado consumidor da Avast. São 50 milhões de clientes no Brasil, uma diferença pouca dos 64 milhões dos Estados Unidos. É com essa atenção em especial ao nosso país que Vleck faz um alerta: atualizem o Windows!

O banco de dados da Avast aponta que, no Brasil, em junho e julho deste ano, foram contados oito milhões de PCs com Windows desatualizado. Deve-se lembrar que 98,35% das vítimas do WannaCry, ransomware que causou pânico no mundo esse ano, usavam Windows 7. Somente 0,03% usava o Windows 10 (desatualizado).

“Esses PCs seguem com o Eterna Blue, a vulnerabilidade do Windows desprotegida. Não posso afirmar, mas boa parte desses pode ser por resistência a atualizar o sistema operacional (o Windows 7 ainda tem forte presença no mundo corporativo) e também do uso de cópia pirata”, comenta Vlcek.

Windows desatualizado está presente em mais 8 milhões de PCs brasileiros
O CTO da Avast, Ondrej Vleck, deixou claro que não estamos totalmente seguros. Sempre há a ameaça de novos mega-ataques.

“Os sistemas operacionais têm vulnerabilidades e se tornaram um pesadelo para quem trabalha com Segurança da Informação. E não é apenas o Windows. O Android, com o Chrome, também dá arrepios”, complementou o CTO da Avast.

O CTO da Avast, Ondrej Vleck, deixou claro que não estamos totalmente seguros. Sempre há a ameaça de novos mega-ataques.
Windows Update no Windows 10 Creators Update

Assim, mais uma vez é reforçada a necessidade de atualizar seus aparelhos, seja computador ou celular. Faça isso agora no PC, abra o Windows Update e verifique se tem alguma atualização pendente. A instalação é indolor e reforça sua segurança.

Caso ainda esteja executando o Windows 7, estude pelo menos migrar ao 8.1. Mesmo você que tenha o Windows 10, esteja usando a build mais recente, a Creators Update, pois não adianta estar na primeira versão do sistema operacional para se sentir protegido.

Tão importante quanto, instale um antivírus de sua confiança. O Avast afirma estar em 40% dos PCs do mundo, mas há muitas outras alternativas. Novamente, não estamos totalmente seguros, e uma boa parte dessa segurança deve ser sua responsabilidade. Cuidado com os sites que acessa, os downloads que faz e o que anda instalando. Pois foi com essa falta de cautela que você já caiu no gemidão do Zap. :v

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter