WME Awards premia mulheres da música com discurso político progressista

WME Awards 2019
Com troféus em formato de seio, o WWE Awards também homenageou mulheres importantes como Gal Costa e Beth Carvalho.

Se nos EUA houve recentemente o Apple Music Awards, aqui no Brasil estivemos presentes na terceira edição do WME Awards (Women´s Music Event Awards), na Audio em São Paulo, no último dia 3 de dezembro. O evento premiou diversas mulheres em 16 categorias com um troféu em formato de seio.

Transmitido ao vivo pelo canal fechado TNT, o WME Awards teve abertura da cantora Pitty cantando a música “Noite Inteira” e a principal apresentadora foi a Preta Gil . Ao longo de todo o evento houve diversas artistas cantando seus maiores “hits”, e também houve uma homenagem à Gal Gosta e outra à falecida Beth Carvalho.

Dependendo da categoria, o prêmio era escolhido por um time de especialistas ou levava em consideração o gosto do público.

Empoderamento das mulheres

Ao longo de todo o WME Awards, as vencedoras enfatizavam em seus discursos questões ligadas ao empoderamento feminino, ressaltando a importância de ter uma premiação focada nas mulheres.

A radialista Roberta Martinelli, por exemplo, comenta que premiações dedicadas exclusivamente às mulheres ainda são necessárias porque, nas premiações gerais, o número de homens é sempre muito superior. Isso, segundo ela, é um problema estrutural da nossa sociedade.

Já a cantora e compositora Karina Buhr aproveitou a oportunidade e estendeu um cartaz relacionado ao massacre de Paraisópolis, fazendo duras críticas a ação da polícia.

“Estava pensando, antes de vir para cá, o quanto eu estava feliz com a premiação, mas triste demais com a realidade. Não vou fazer um discurso, mas eu trouxe um cartaz para nós não esquecermos de aproveitar o espaço que nós temos para falarmos. Que a gente fale, e que fale muito, e não deixemos o assunto morrer”

disse Karina Buhr com o cartaz em mãos.

Um dos momentos mais emocionantes do WME Awards foi quando Tulipa Ruiz levou o prêmio de melhor compositora e não pôde comparecer ao palco. No entanto, seus pais receberam em seu lugar dizendo estarem muito honrados em nome da filha.

“‘Tira a sua fala da garganta e deixe ela passar por sua guela. Deixa solta no ar toda essa voz que está aí dentro, deixa ela falar.’ Este é um trecho de uma música da minha filha, ela não pôde estar aqui agora porque está gravando, tocando e cantando, mas ela pediu para que a árvore dela estivesse aqui presente. Agradecemos em seu nome esse prêmio, muito obrigada.”

disse a mãe de Tulipa Ruiz

Vencedoras do WME Awards 2019

Melhor Álbum

  • Pitty – Matriz;
  • Lauana Prado – Verdade;
  • Luiza Lian – Azul Moderno;
  • Anavitória – O tempo é agora;
  • Céu – Apká.

Melhor Cantora

  • Iza;
  • As Bahias e a Cozinha Mineira;
  • Ludmilla;
  • Pitty;
  • Céu.

Melhor DJ

  • Badsista;
  • Anna;
  • Cashu;
  • Ice Cream Girls;
  • Eli Iwasa.

Melhor Música Popular

  • Marília Medonça – “Bebi, Liguei”
  • Luísa Sonza – “Boa menina”;
  • Pocah – “Não Sou Obrigada”;
  • Anitta, Ludmilla e Snoop Dog feat Papatinho – “Onda diferente”;
  • Yasmin Santos – “Para, Pensa e Volta”.
Vencedora do WWE na categoria música popular, Luísa Sonza iniciou sua carreira em 2017 (Foto: Reprodução)
Vencedora do WWE na categoria música popular, Luísa Sonza iniciou sua carreira em 2017 (Foto: Reprodução)

Melhor Música Alternativa

  • Mc Tha – “Rito de Passá”;
  • Duda Beat – “Bichinho”;
  • Luiza Lian – “Sou Yabá”;
  • Pitty – “Noite Inteira”;
  • Adriana Calcanhoto – “Margem”.

Melhor Videoclipe

  • Luiza Lian – “Mil Mulheres”;
  • Pitty – “Ninguém é de Ninguém”;
  • Xenia França – “Nave”;
  • Luísa Sonza feat Pabllo Vittar – “Garupa”.
  • Iza – “Brisa”.

Revelação

  • Malía;
  • MC Tha;
  • Giulia Be;
  • Yasmin Santos;
  • Tuyo.

Melhor Compositora

  • Tulipa Ruiz;
  • Bibi;
  • Duda Beat;
  • Karina Buhr;
  • Wynnie Nogueira.

Diretora de Videoclipe

  • Gabi Jacob;
  • Aline Lata;
  • Camila Maluhy;
  • Ellen Faria;
  • Joyce Prado.

Empreendedora do Ano por Eqlibri

  • Ana Garcia;
  • Amanda Oliveira;
  • Cris Falcão;
  • Fabiana Batistela;
  • Guta Braga.

Escuta as Minas por Spotify

  • Josyara;
  • Ana Frango Elétrico;
  • Jéssica Caitano;
  • Nina Oliveira;
  • Raíssa Fayet.
Josyara diz que o simples fato de existir já é resistência por ser uma mulher, negra e lésbica (Foto: Reprodução)

Melhor Instrumentista

  • Karina Buhr;
  • Alessandra Leão;
  • Jadsa;
  • Josyara;
  • Sintia Piccin.

Melhor Jornalista Musical

  • Fabiane Pereira;
  • Adriana Couto;
  • Adriana de Barros;
  • Danila Moura;
  • Kamille Viola.

Melhor Produtora Musical

  • Mahmundi;
  • Apuke Beat;
  • Érica;
  • Malka;
  • Monica Agena.

Melhor Radialista

  • Luka (89FM);
  • Érica Saraiva (Transamérica / Salvador);
  • Fabiane Pereira (Rádio Mood FM RJ / Rádio Marginal FM PT);
  • Isabela Azevedo (EBC Brasília);
  • Patrícia Dinis (Alpha FM).

Melhor Show

  • Duda Beat;
  • Karina Buhr;
  • Marília Mendonça;
  • Anavitória;
  • Maria Bethânia.

Sua cantora preferida está entre as vencedoras? Deixe nos comentários!

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário:

Assine nossa Newsletter