Conecte-se conosco
Apple HomePod será novo rival de Google Home e Amazon Echo

Apple

WWDC 2017: Conheça o HomePod, caixa de som inteligente da Apple

Apple quer fazer com o HomePod, uma caixa de som com Siri, o que o iPod fez para a música de bolso

A Apple não desapontou e lançou, conforme previam os rumores, o HomePod, uma caixa de som inteligente na WWDC 2017. Último anúncio do evento, o aparelho é um competidor para Amazon Echo e Google Home, mas com foco na reprodução de música. O aparelho é compacto, com cerca de 17 cm de altura, e vem equipado com uma tecnologia de reconhecimento espacial. A ideia, disse o executivo Phil Schiller no palco, é entregar o melhor áudio em qualquer ambiente.

“A Apple reinventou a música portátil com o iPod e agora o HomePod vai reinventar a maneira com que escutamos música sem fios dentro de casa”, cravou o executivo.

Apple anunciou o HomePod na WWDC 2017

Apple anunciou o HomePod na WWDC 2017

O dispositivo conta com uma fileira de seis microfones para captar a voz do usuário de qualquer direção. A Siri é responsável tanto por responder aos estímulos do dono quanto por sugerir novas músicas e artistas.

A Apple, como de costume, diz que há preocupação com os dados do usuário e dá atenção especial à privacidade. Segundo a empresa, o HomePod só escuta o usuário ao identificar o comando “Hey, Siri” – nada antes disso.

No coração está o processador Apple A8, que trabalha em conjunto com dois alto-falantes para captar áudio direto e refletido. A promessa é de som imersivo da melhor qualidade, mesmo quando houver objetos impedindo a propagação da onda, como os móveis da sala.

O HomePod, no entanto, é feito para funcionar somente com o Apple Music. Isso significa que, ao contrário dos rivais de Amazon e Google, não será possível usar Spotify ou outros serviços concorrentes da Apple no aparelho.

HomePod: preço e disponibilidade

O HomePod será vendido a partir de dezembro por US$ 349 (R$ 1.150 na cotação atual). Inicialmente, a caixa de som da Apple será comercializada somente nos EUA, na Austrália e no Reino Unido. Ainda não há previsão de disponibilidade no Brasil.

Continue lendo
Advertisement

É jornalista e comunicador digital por formação, gosta de tecnologia desde que se entende por gente e escreve sobre isso há bastante tempo. Como um bom nerd, gosta de séries e ficção científica, e tenta relacionar tudo isso com estudos sobre comunicação.

Comentários
Subir