Conecte-se conosco
siribr

Apple

iPhone 4S: será que o Siri funciona no Brasil?

Um dos recursos mais alardeados do novo iPhone 4S é o seu assistente pessoal, o Siri. Ele interpreta as perguntas do usuário e apresenta respostas com base em informações obtidas na internet. Trata-se de um incrível avanço no campo das tecnologias de reconhecimento de voz, em colaboração com uma base da dados online…

Um dos recursos mais alardeados do novo iPhone 4S é o seu assistente pessoal, o Siri. Ele interpreta as perguntas do usuário e apresenta respostas com base em informações obtidas na internet. Trata-se de um incrível avanço no campo das tecnologias de reconhecimento de voz, em colaboração com uma base da dados online.

Porém, até o momento, o Siri oferece suporte apenas aos idiomas Inglês, Francês, Alemão e Japonês.

Com a venda do iPhone 4S oficialmente em solo brasileiro, resta então a dúvida: ainda que o usuário fale uma destas quatro línguas, será que o Siri funcionaria por aqui?

Em resposta, nosso autor Anderson Duarte: “Infelizmente, o Siri ainda não funciona corretamente no Brasil. Isso porque, além de ter dificuldade em entender nomes na língua portuguesa, o Siri baseia boa parte de suas respostas na base de dados no site de recomendações YELP, que é bem popular nos Estados Unidos, mas não atende o nosso país.”

Mas então, por que a Apple não usa as informações de outros sites, por exemplo, do próprio Google? Segundo o Anderson, “Talvez esta seja uma escolha estratégica, ou talvez a Apple priorize a qualidade das informações. Acontece que qualquer usuário cadastrado num serviço Google pode sair marcando pontos no Google Maps, fazendo com que estas informações fiquem disponíveis pra qualquer pessoa. Isso poderia confundir o Siri (e qualquer outro sistema de buscas parecido, diga-se), o que não agradaria nos resultados. Vale notar que pontos marcados no Google Maps são sim supervisionados pelo Google, porém a correção não é imediata, leva um certo tempo e volto a dizer, poderia confundir as buscas.”

Nada impede que, futuramente, o assistente pessoal da Apple funcione por aqui. Vale lembrar que o “pai” do Siri é a empresa Nuance Communications, a mesma criadora do aplicativo Dragon Dictation para o iPhone, que aceita comandos em português. Desta forma, imagino que não seja difícil trazer esta funcionalidade para o comunicador pessoal da Apple.

Ainda, já existem desenvolvedores tentando “portar” o idioma português para o Siri, independente da movimentação da Apple. É o caso do Pedro Franceschi. Veja resultado do trabalho dele neste vídeo:

Para conhecer um pouco sobre o “port” do Pedro, clique aqui.

Ou seja, em breve acredito que teremos novidades sobre o assunto, seja via Apple ou via desenvolvedores independentes.

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top