Conecte-se conosco
birosca

CULTURA GEEK

Como uma birosca ajudou no surgimento do Xbox?

Leia a curiosa história de como uma birosca, na verdade um antigo bar japonês chamado de xiboca, contribuiu para a origem do Xbox

Xbox é hoje uma consolidada plataforma de videogame

Xbox é hoje uma consolidada plataforma de videogame

Você provavelmente deve conhecer o Xbox, videogame da Microsoft. Talvez você até tenha um em casa. Lançado em 2001, o Xbox foi o primeiro console desenvolvido por uma empresa norte-americana, depois do Atari. Com quase 16 anos de estrada, o videogame da Microsoft disputa uma concorrência acirrada com os japoneses PlayStation e Nintendo.

Tutorial: aprenda a rodar jogos clássicos do SNES, Mega Drive e GBA no Xbox One

Porém, um fato que muito provavelmente você não sabia, é que uma birosca foi crucial para o surgimento deste amado console. Sim, um mero boteco chechelento contribuiu para um dos empreendimentos mais bem sucedidos da gigante de Redmond. Eu sei que é improvável, mas calma que eu explico. Então… senta que lá vem a história…

O que tem a ver uma birosca com o Xbox?

As biroscas, botecos, bodegas, botequins, barzinhos (não, barzinho não porque os barzinhos viraram gourmet) existem desde o Império Romano! Onipresentes em áreas pobres e frequentados pelo povão, no Japão esse tipo de estabelecimento era chamado de Xiboca. Porém, as xibocas sofriam com um mal incontornável: a Yakuza.

Pouca gente sabe, mas a famosa e temida máfia japonesa Yakuza começou suas atividades extorquindo as pobres xibocas. Assim, os vendedores precisavam pagar aluguéis caríssimos e taxa de proteção. Sim, proteção contra a própria máfia. Isso lá em 1600 e pouco.

Yakuza já virou até jogo

Yakuza já virou até jogo

Com a arrecadação do dinheiro das xibocas, a Yakuza logo se dividiu em duas vertentes: os tekiya e os bakuto. Os primeiros continuavam responsáveis por extorquir os donos de biroscas. E a segunda vertente se envolveu no ramo de jogos ilegais, como os cassinos.

A máfia japonesa tem uma forte ligação com os jogos de azar. Tanto é que o próprio nome da organização deriva de um tradicional jogo de cartas japonês, o Oicho-Kabu, que tem até aplicativo na Play Store. Yakuza significa 8-9-3, que é a pior mão do Oicho-Kabu, sinônimo de derrota certa. No caso dos mafiosos, de morte certa.

A Nintendo entra na história

Pois bem, no meio de todos esses cassinos e jogos de cartas, surgiu uma empresa de nome Nintendou Kabushiki Gaisha, que ficou mundialmente conhecida como Nintendo. Ela começou suas atividades fabricando cartas de baralho, em 1889, e foi diversificando seu plano de negócios com o passar dos anos. Ela já trabalhou com rede de TV, com indústria alimentícia e, por fim, entrou no ramo de jogos eletrônicos, com os fliperamas.

Porém, em 1983 a Nintendo ressuscitou a indústria de jogos eletrônicos ao lançar o Famicom (Family Computer), que no ocidente ficou conhecido como NES (Nintendo Entertainment System). Ela vendeu cerca de 60 milhões de consoles e lançou clássicos como Super Mario Bros., Zelda, Metroid, Donkey Kong e tantos outros.

Mario Kart 8 Deluxe é lançado para Nintendo Switch

Nintendo ressuscitou a indústria de jogos

De lá pra cá, a indústria de jogos cresceu junto com o seu público-alvo. Os games antes eram feitos para crianças, depois começaram a visar também o público adolescente e hoje já temos jogos com classificação +18, enredo bem construído e personagens complexos.

Essa indústria de jogos, que renasceu com a Nintendo, chamou a atenção de outras empresas, como a Microsoft, que entrou no jogo com o seu Xbox em 2001 e hoje já estamos na terceira geração do bichinho, com o Xbox One.

Mas, se não fossem as biroscas e a sua submissão à Yakuza, a máfia japonesa nunca teria tido renda para entrar no ramo de jogos ilegais, de onde nunca teria saído a Nintendo, que por sua vez não teria revolucionado a indústria de jogos e criado público consumidor para Microsoft e Sony lançarem consoles de videogame. Portanto, obrigado biroscas!

Continue lendo
Advertisement
Comentários
Subir