Como baixar e usar o app de Auxílio Emergêncial da Caixa Econômica Federal

CAIXA | Auxílio Emergencial
Aplicativo do Auxílio Emergêncial já está disponível para trabalhores informais; veja como baixar

A Caixa Econômica Federal lançou nesta terça-feira, 7 de abril, um aplicativo para os brasileiros que devem receber o auxílio emergencial (coronavoucher) em decorrência da pandemia de coronavírus (COVID-19). O app CAIXA | Auxílio Emergencial já está disponível e é destinado aos trabalhadores informais, que não estão cadastrados no CadÚnico ou no Bolsa Família.

O próprio aplicativo lançado pelo governo irá checar se o cidadão cumpre um dos requisitos exigidos pela lei para receber o auxílio emergencial. Os autônomos que não estão cadastrados em programas sociais do governo poderão receber a renda básica em até 48 horas após a conclusão do cadastro na plataforma.  Confira a seguir como se cadastrar e todas as regras para receber o dinheiro.

Como baixar e se cadastrar no aplicativo Auxílio Emergencial

Após instalar o aplicativo no seu smartphone, o usuário do app CAIXA | Auxílio Emergencial precisa ler com atenção as regras (disponível também na loja de aplicativo), aceitar os termos, preencher um cadastro com nome, CPF, data de nascimento e o nome da mãe. 

Telas do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial
Aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial já está disponível em todas as plataformas digitais

Após informar esses dados, o cidadão precisa fornecer o seu telefone, bem como a operadora. Na própria tela, o app pede para que a pessoa preencha as informações sobre os membros da família.

Feito isso, o CAIXA | Auxílio Emergencial perguntará como você deseja receber o auxílio emergencial coronavoucher, podendo criar uma conta bancária ou utilizar outra já existente. Por fim, após colocar os dados bancários para recebimento, basta aguardar a aprovação, que será informada diretamente no aplicativo.

Aplicativo e site

Durante a coletiva, os integrantes do governo anunciaram a disponibilidade do aplicativo e um site oficial, onde também é possível solicitar o benefício, e um telefone para tirar dúvidas sobre o programa.

Regras para receber a renda básica 

Dinheiro (renda básica emergencial)
Governo irá pagar R$ 600 de auxílio emergencial por três meses

Conforme informou o DOU (Diário Oficial da União) de 2 de abril de 2020, devem receber a renda básica emergencial os brasileiros que estão em uma das condições abaixo: 

  • Microempreendedor individual (MEI);
  • Contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  • Trabalhador informal inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), ou que tenha preenchido os requisitos até o dia 20 de março de 2020.

Lembrando que os trabalhadores informais sem cadastro no CadÚnico ou no Bolsa Família precisam fazer a solicitação pelo aplicativo ou no site.

Requisitos 

Tela do site Auxílio Emergencial da Caixa
No site, aplicativo e nas lojas, é possível verificar todas as regras para receber o auxílio emergencial disponibilizado pelo governo federal

Os beneficiários devem seguir os requisitos abaixo:

  • Maiores de 18 anos;
  • Brasileiros sem emprego formal ativo;
  • O cidadão que não seja benefício previdenciário ou assistencial, ou beneficiário do seguro-desemprego, de programa de transferência de renda do governo federal, com exceção do Bolsa Família;
  • Brasileiros com renda familiar mensal de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda total mensal de até três salários mínimos (R$ 3.135).

O valor será limitado a dois membros de uma família (maiores de 18 anos). As mulheres chefes de família vão receber duas cotas (R$ 1.200). As pessoas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 não podem receber o benefício. 

Quanto vou receber e por quanto tempo

  • Pessoas em uma das situações listadas acima: R$ 600 por 3 meses;
  • Mulheres chefes de família: R$ 1.200 por 3 meses.

Como será feito o pagamento

Bancos
Os pagamentos serão feitos pelo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e pelo Banco do Nordeste.

O valor será disponibilizado através de bancos públicos. São eles: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e pelo Banco do Nordeste. Casas Lotéricas e agências dos Correios também podem ser usadas para saques. 

O governo pagará o auxílio através de uma conta do tipo poupança social digital, que será criada no nome do beneficiário. A pessoa ainda poderá fazer ao menos uma transferência eletrônica, sem custos.

Calendário de pagamento

Dinheiro-Auxílio-Emergencial
O Governo também informou o calendário de pagamento do auxílio emergencial. Por enquanto, os brasileiros receberão os R$ 600 por três meses
  • Primeira parcela do pagamento: 14 de abril de 2020 ou antes (brasileiros com conta poupança na Caixa e correntistas do Banco do Brasil podem receber antes).
  • Segunda parcela do pagamento: entre os dias 27 e 30 de abril de 2020
  • Terceira e última parcela do pagamento: entre os dias 26 e 29 de maio de 2020

Beneficiários do Bolsa Família

Cartão do Bolsa Família que libera o acesso à renda básica do governo
Beneficiários do programa Bolsa Família não precisam se cadastrar no aplicativo

Para os beneficiários do programa social Bolsa Família, a liberação do coronavoucher será mais fácil, já que o governo federal possui os dados dos cadastrados. Por isso, não será preciso baixar o aplicativo lançado pela Caixa. Entre os dias 16 e 30 abril, os participantes do programa podem escolher receber o valor mais vantajoso: o do auxílio emergencial ou o benefício que já é pago.

“Quem está no Bolsa Família, fique tranquilo. Receberão a partir de 16 de abril [quinta-feira], que é o calendário do programa. As pessoas vão receber o que for mais vantajoso, o Bolsa Família ou o auxílio emergencial”, disse Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania.

Fontes: Ministério da Cidadania; DOU; Caixa Econômica Federal

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

5 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Jente Boa tarde ligo pra essa número 111 é diz q nao ta disponível n momento.. fiz esse cadastro dei a conta da caixa é nada d dinheiro tá com mais sms 6dias tô precisando muito dessa af
    Ajuda é nada meu Deus ….sou do mes d feverreiro iae nada disponível só diz em análise

  • Boa tarde esta eu e meu marido no cadastro do bolsa familia e mas dois filhos pequenos quero saber se eu e ele recebe 600? No caso 1.200 estamos desempregado e ele esta no meu cadastro junto comigo .

  • Ola! Boa noite! Eu não tinha cadastro unico, entrei no site, fiz o cadastro e me fizeram esperar 5 dias para entrar novamente. So que quando eu retornei ao site estava aprovado. Mas eu sou mãe solo então eu gostaria de saber como faço para cadastrar os meus filhos e a possibilidade de receber mais 600,00 reais.

Assine nossa Newsletter