Saiba como emitir e acessar a Carteira de Trabalho Digital

carteira de trabalho digital 2002
Desde o ano passado, o aplicativo Carteira de Trabalho Digital pode substituir o documento físico
Anúncio
Saiba como emitir e acessar a Carteira de Trabalho Digital

O aplicativo Carteira de Trabalho Digital existe desde 2017, mas só em 2019 que uma portaria “transformou” a versão digital em documento oficial. Assim, o aplicativo pode substituir a carteira de trabalho de papel. Com a crise causada pelo novo coronavírus (COVID-19), muitos trabalhadores passaram a utilizar ferramentas, uma vez que não é possível sair de casa. 

Dados da Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social) mostram que o aplicativo Carteira de Trabalho Digital já teve 7,4 milhões de downloads. A ferramenta tem sido útil para ter informações da carteira de trabalho, emitir CTPS, além de checar o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm), entre outros. 

Como criar minha Carteira de Trabalho Digital

Celular com o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital
O aplicativo pode substituir a versão física do documento

Existem dois canais para ativar a sua Carteira de Trabalho Digital: através do site gov.br e pelo aplicativo criado pelo Ministério da Economia, disponível para Android e iPhone (iOS). O processo de cadastramento é igual independente do meio escolhido.

Antes de iniciar, é imprescindível baixar o aplicativo correto. No caso da Carteira de Trabalho Digital, a ferramenta tem como desenvolvedor a Dataprev (no iOS – iPhone) e o Governo do Brasil (no Android). Veja a seguir como fazer pelo aplicativo: 

Passo 1: Instale o aplicativo “Carteira de trabalho digital” no seu smartphone Android ou iPhone (iOS). Feito isso, acesse o app e clique em “Entrar”. Caso tenha cadastro no portal gov.br, basta digitar o seu CPF e prosseguir; 

Passo 2: Se não tiver cadastro, clique no botão “Cadastrar” e coloque, na próxima tela, as suas informações pessoais: CPF, Nome completo, Telefone celular para receber SMS e E-mail. Depois, marque a caixa “Não sou um robô” e aceite os Termos de Uso e Política de Privacidade. Por fim, clique em “Continuar”. Na próxima tela, valide os seus dados informando: dia, mês e ano de nascimento; 

Passo 3: Habilite o seu cadastro via e-mail ou SMS. Após escolher o canal e receber o código, coloque-o no aplicativo e clique em “Validar cadastro”. Por fim, basta criar uma senha de acesso;

Passo 4: Com o cadastro realizado, agora você pode acessar a página inicial do aplicativo com o seu CPF e senha.

Após ativar, será possível visualizar os três últimos trabalhos e quando precisar do número da carteira, basta utilizar o seu CPF. Segundo o Governo, não há a necessidade de descartar a sua CTPS física, pois ela continua valendo como documento. Por isso, é recomendado guardá-la.

screenshots do aplicativo Carteira de Trabalho Digital
Após a validação, será possível ter acesso às informações do trabalhador

Além das informações de emprego, o usuário pode consultar contratos, benefícios e como solicitar o Seguro-Desemprego.

Não consegui acessar

Nos casos em que a pessoa não consegue acessar a Carteira de Trabalho Digital pelo site ou aplicativo, o Governo explica que o cidadão pode solicitar auxílio em caixas eletrônicos da Caixa ou do Banco do Brasil. Também é viável em unidades das Superintendências ou Regionais do trabalho.

As informações apresentadas no app são cruzados com os dados registrados no eSocial. No caso do empregador, as informações no eSocial podem substituir as anotações que são registradas na carteira física. Ou seja, tudo poderá ser feito pela ferramenta digital. 

O aplicativo Carteira de Trabalho Digital pode ser baixado gratuitamente para Android na Play Store e iOS (iPhone) na App Store.

Fontes: Gov.br; Emprega Brasil.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter