Crítica: wonka é uma aventura doce para o fim de ano. Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!

CRÍTICA: Wonka é uma aventura doce para o fim de ano

Avatar de larissa bueno
Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, Wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!

Dezoito anos após o lançamento do reboot de A Fantástica Fábrica de Chocolate, finalmente descobriremos mais sobre o passado do cozinheiro, inventor e mágico Willy Wonka. Interpretado dessa vez por Timothée Chalamet, que entrega uma versão ainda mais divertida e curiosa do personagem, o chocolateiro mais famoso do mundo já passou pelas mãos de Johnny Depp (2005) e Gene Wilder (1971).

Crítica: wonka é uma aventura doce para o fim de ano. Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!
A esquerda Johnny Deep no filme de 2005 e a direita o já falecido Gene Wilder, interprete do personagem em 1971 (Imagem: Yahoo)

Nessa crítica, sem spoilers, analisaremos a construção do filme e de cada personagem da trama:

TRAMA: a juventude de Willy Wonka

Willy wonka interpretado por timothée chalamet
Timothée Chalamet nos surpreende positivamente como Willy Wonka (Foto: Warner)

Willy Wonka é um jovem cozinheiro cujo sonho é abrir uma loja de chocolate capaz de mudar a vida das pessoas. O rapaz genioso e cheio de boas intenções desembarca em uma nova cidade e parte para a Galeria Gourmet a fim de realizar seu maior desejo, mas parece que as coisas não serão tão fáceis como ele havia planejado.

A Galeria Gourmet é o local onde se encontram os maiores chocolateiros do mundo, mas a forte concorrência fará com que o senhor Willy Wonka tenha de lutar muito pelo seu espaço.

A trama, à primeira vista, parece simples e inocente, um jovem chocolateiro cheio de sonhos e ambições fantasiosas e com habilidades peculiares, como a de produzir um chocolate que faz as pessoas voarem. Mas, ao longo da história vemos Willy se deparando com problemas reais, como suborno, corrupção, pobreza e muito trabalho.

E é quando ele se dá conta de que está no mundo real, e não em sua fábrica de sonhos, que as coisas começam a acontecer: Wonka amadurece à medida que nos aproximamos do clímax do enredo. Ao mesmo tempo, o roteiro trabalha de forma tão genial que mesmo diante de problemas graves, como ameaças de morte, os personagens não perdem sua essência divertida e carismática. Tem sonho e desejo espalhado por todo o lado e a magia nunca se quebra.

Principais destaques

Willy wonka e noodle no filme wonka
A atriz Calah Lane emociona muito com sua atuação e carisma (Foto: Warner)

Quero dar os parabéns especialmente ao Timothée Chalamet, que vem se provando um ator extremamente versátil nos papéis em atua. Os personagens secundários e coadjuvantes também são um espetáculo à parte, com especial menção a Noodle, interpretada por Calah Lane, uma garotinha órfã que cruza o caminho de Wonka e é crucial em sua trajetória. Você sabe que vai se emocionar com a relação dos dois, logo na primeira conversa deles.

Outro personagem que se destaca na trama e é crucial para o seu desenvolvimento é o Senhor Slugworth, interpretado por Paterson Joseph, um dos chocolateiros da Galeria Gourmet. Quero dar os parabéns novamente a atuação incrível desses profissionais que deixaram o filme especialmente delicioso de assistir.

O humor presente na trama, nas músicas e nos diálogos é outro ponto alto de Wonka: é aquele humor clássico de teatro com piadas inocentes de duplo sentido e reviravoltas nas interações dos personagens, que te faz rir pela besteira que acabou de ser dita ou pela quebra da expectativa.

Senhor slugworth, chocolateiro do filme wonka
Paterson Joseph é outro ator que se destaca na trama, como senhor Slugworth (Foto: Warner)

Aspectos técnicos e musicais

Crítica: wonka é uma aventura doce para o fim de ano. Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!
Diretor Paul King tem os filmes de Paddington no portfólio (imagem: Cinema com Rapadura)

Sim, o filme Wonka é um musical infantil, dirigido por Paul King, diretor de As Aventuras de Paddington e produzido por David Heyman de Harry Potter e Animais Fantásticos. Filmes musicais acabam correndo sempre o mesmo risco: são geniais e conseguem prender o público de primeira ou são insuportáveis e te fazem querer sair da sala de cinema depois do terceiro número musical coreografado.

Crítica: wonka é uma aventura doce para o fim de ano. Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!
O produtor David Heyman tem bagagem robusta em Hollywood (Foto: Warner)

Como todo filme mágico voltado ao público infantil, Wonka bebe bastante da fonte do teatro quando apresenta personagens caricatos com trejeitos e atuações para lá de dramáticas, mas essa característica pode tanto aproximar, quanto afastar o público se não for bem executada.

Nesse caso, Wonka se saiu muito bem, até demais, devo dizer. Os números musicais, as danças e atuações fazem sentido e se encaixam muito bem a trama, não estão ali apenas para serem um aditivo divertido à história, mas para te contar pedaços dela, reforçar sentimentos e te colocar no lugar do personagem. Você sente cada emoção e por vezes sente vontade de chorar.

A cenografia e a fotografia do filme também são destaques do filme, o trabalho feito para entregar o lúdico da história em convergência a uma atmosfera triste e cheia de conflitos está impecável.

Durante as músicas podemos ver a atmosfera mudando completamente, as cores se tornando mais vivas, o mundo ficando mais leve, isso tudo é mérito do diretor de fotografia sul-coreano Chung-hoon Chung, que também atuou brilhantemente em Oldboy.

Crítica: wonka é uma aventura doce para o fim de ano. Baseado no carismático dono da maior fábrica de chocolates do cinema, wonka é um musical bem-humorado para a família. Confira a crítica completa!
Chung-hoon Chung é muito conhecido por suas colaborações com o diretor Park Chan-wook (Foto: British Cinematographer)

Não posso esquecer de falar dos efeitos especiais do filme Wonka que são uma diversão a parte, tudo feito de maneira ainda sim caricata, mas convincente com os aspectos da história, menção especial a aparência dos Oompa Loompa que é uma homenagem direta ao filme de 71. Ainda sobre os efeitos, eles são o plus que acrescenta magia e diversão a essa receita.

O ator Hugh Grant, que interpretou o Oompa Loompa que acompanha Wonka é sempre muito divertido quando está em cena.

Hugh grant como oompa loompa no filme wonka
High Grant é o genioso Oompa Loompa que percebe Wonka por todo canto (Foto: Warner)

Conclusão

Wonka é um musical repleto de magia
Muita magia e diversão no musical Wonka (Foto: Warner)

Me surpreendi positivamente com o filme Wonka e com a atuação de Timothée Chalamet; assisti ao filme sem muita expectativa e com medo de presenciar uma experiência constrangedora ou caricata demais. Como disse anteriormente, existe uma linha muito tênue entre musicais ruins e bons para o cinema e, ainda bem, Wonka se saiu muito bem.

O filme prende do início ao fim e logo nas primeiras cenas você já se sente imerso na narrativa e na atmosfera mágica que Wonka e seus amigos trazem consigo. O enredo também faz várias referências e homenagens à primeira versão de A Fantástica Fábrica de Chocolate lá de 1971 e ao grande ator e roteirista Gene Wilder, o primeiro Willy Wonka dos cinemas.

Terminei o filme com lágrimas nos olhos e com minha criança interior muito feliz, senti a mesma sensação de quando assistia a filmes infantis nos anos 2000 como Nanny McPhee – A Babá Encantada (2005) que possuem esse ar de mágica no ar. E claro, saí do cinema e comprei um chocolate para matar a vontade.

Wonka é o filme de fim de ano perfeito para assistir com toda a família. Lá no Rotten Tomatoes, ele está com 84% de aprovação da crítica até agora, então vale a pena!

Veja o Trailer

Onde assistir

O filme chegou aos principais cinemas do Brasil no dia 7 de dezembro e possui 1 hora e 57 minutos de aventura e fantasia. A classificação indicativa é 12 anos.

Depois que assistir volte aqui e conte sua experiência!

Leia também

Veja os lançamentos do cinema em dezembro de 2023

Revisão do texto feita por: Pedro Bomfim (6/12/23)

CRÍTICA: Wonka é uma aventura doce para o fim de ano

CRÍTICA: Wonka é uma aventura doce para o fim de ano
10 10 0 1
Se estava aguardando uma grande aventura de fim de ano para assistir com a família, talvez Wonka seja do que você precisa. Confira nossa crítica sem spoilers e saiba mais sobre o lançamento mais aguardado dos cinemas em dezembro de 2023.
Se estava aguardando uma grande aventura de fim de ano para assistir com a família, talvez Wonka seja do que você precisa. Confira nossa crítica sem spoilers e saiba mais sobre o lançamento mais aguardado dos cinemas em dezembro de 2023.
10/10
Total Score iWonka acaba de chegar aos cinemas brasileiros!
  • Roteiro
    10/10 Excelente
  • Atuação
    10/10 Excelente
  • Trilha Sonora
    10/10 Excelente
  • Músicas
    10/10 Excelente
  • Montagem/Edição
    10/10 Excelente
  • Direção
    10/10 Excelente
  • Efeitos especiais
    8/10 Ótimo

Prós

  • Roteiro
  • Personagens
  • Trilha sonora
  • Fotografia

Contras

  • Duração

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados