Elon musk, natasha nicole shanahan e sergey brin

Elon Musk causou a separação de Sergey Brin e Nicole Shanahan?

Avatar of victor pacheco
Entenda a suposta traição que teria motivado o divórcio de Sergey Brin, fundador do Google, e a advogada Nicole Shanahan. Musk seria o pivô da separação

Por mais que sejam mais ricos que boa parte da humanidade, nada impede que bilionários como Elon Musk e Sergey Brin tenham problemas conjugais — que por sua visibilidade, serão comentados por pessoas do mundo todo. O assunto do momento é que o CEO da Tesla teria sido o motivo da separação de um dos fundadores do Google com Nicole Shanahan, em um divórcio solicitado em janeiro deste ano.

O suposto caso teria acontecido desde dezembro do ano passado e apesar de todos os rumores, foi negado por Musk. Entretanto, informações de bastidores confirmam que ele teria pedido desculpas de joelhos a Sergey Brin por ter um caso com a esposa de seu amigo, que também foi um investidor nas empresas do atual homem mais rico do mundo. Entenda o caso agora mesmo.

O suposto caso entre Elon Musk e Nicole Shanahan

O final de semana foi marcado por uma história que colocou uma mulher no meio de dois homens. O Wall Street Journal divulgou que um dos principais motivos para Sergey Brin solicitar o divórcio em janeiro deste ano foi a descoberta de um caso de sua esposa Nicole com Elon Musk.

Elon musk e nicole shanahan
Envolvidos negam caso extraconjugal (Foto: Reprodução/Hollywood Life)

O jornal alega que ambos tiveram um caso durante uma festa realizada no começo deste ano, apesar de ter sido indicado que Sergey e Nicole não estavam mais juntos desde junho de 2021. O caso extraconjugal teria acontecido enquanto o casal ainda morava na mesma casa para cuidarem de sua filha, mas Sergey não ficou nada feliz ao saber que seu parceiro de negócios manteve relações com Nicole.

Via Twitter, ao responder o tweet de um site internacional, Musk negou que o caso aconteceu e aproveitou para ressaltar que ele e Sergey Brin são bastante amigos e estavam em uma festa juntos no dia 23 de julho. Ele também disse que “não tem relações sexuais há eras”

Sergey Brin foi um dos fundadores do Google

Nascido em 21 de agosto de 1973 na União Soviética, Sergey Mihailovich Brin é um bilionário que foi responsável por idealizar o Google, ao lado de Larry Page. Ele migrou para os Estados Unidos ainda em sua infância, indo morar no estado americano de Maryland aos seis anos com sua família.

Seu pai, Michael Brin, sonhava em ser astrofísico, mas por sua origem judaica foi forçado a tornar-se economista para a agência de planejamento do governo soviético. Ele tirou a família da antiga URSS, e apesar de não viajarem juntos, esperava que tivessem a melhor vida possível em um novo país.

Educação e criação do Google

Sergey Brin foi matriculado, aos seis anos de idade, em uma escola que priorizava a independência e também estimulava a criatividade. Um fato curioso é que seu grande parceiro na criação do Google também havia frequentado a mesma escola, mas eles não sabiam disso até trabalharem juntos. Após concluir o ensino médio, Sergey se formou no curso de Matemática e Ciência da Computação pela Universidade de Maryland. Um ano depois, em 1996, ele decidiu que faria um mestrado em Ciência de Computação pela Universidade de Stanford.

Sergey brin mais novo
Fundador do Google tem origem na URSS (Foto: Reprodução/Pinterest)

Foi neste local que conheceu seu grande amigo (e mais tarde, parceiro de negócio) Larry Page. Inicialmente, os dois não se deram bem, mas a amizade cresceu devido ao gosto de ambos pela computação.

Sergey brin e larry page na época de criação do google
Larry e Sergey se conheceram na universidade (Foto: Reprodução/Internet)

Antes de conhecer Page, Sergey já se dedicava a trabalhar em um algoritmo que dava recomendações personalizadas de filmes e que também detectava violações de direitos autorais. No mesmo ano, eles começaram a trabalhar em um mecanismo de busca que funcionaria como um catálogo de páginas da internet que inicialmente se chamaria BackRub, mas (ainda bem) o nome foi alterado um ano depois. Larry Page e Sergey Brin registraram o domínio google.com em setembro de 1997 e desde então, a empresa só cresceu.

Google X, Google+ e Passerelle Investment Co.

Um tempo após começar a trabalhar no Google, Brin fundou a X em 2001. Considerado um laboratório de tecnologia que está ativo até hoje, seu maior propósito é desenvolver ideias e produtos que nunca haviam sido vistos anteriormente. Sergey tinha o desejo de lançar carros autônomos, lentes de contato inteligentes e demais itens que eram geralmente vistos em programas de ficção científica.

Elon musk causou a separação de sergey brin e nicole shanahan?. Entenda a suposta traição que teria motivado o divórcio de sergey brin, fundador do google, e a advogada nicole shanahan. Musk seria o pivô da separação
Elon Musk causou a separação de Sergey Brin e Nicole Shanahan?

O produto mais famoso e que foi utilizado pelo gênio da tecnologia é o Google Glass, que foi lançado em 2012 e apesar da inovação, foi considerado “avançado demais” para sua época de lançamento. Mas isso não foi um impedimento para que Brin adotasse o dispositivo como um verdadeiro item de trabalho em seu dia a dia.

Sergey brin utilizando um google glass
Acessório foi fortemente utilizado por fundador do Google (Foto: Reprodução/O Globo)

Outro projeto no qual trabalhou foi o Google+, ideia criada para bater de frente com redes sociais como o Orkut e até mesmo o Facebook. Descontinuado em abril de 2019, ele afirma que a empresa nunca deveria ter investido em tal ideia e hoje em dia, o Google Fotos faz o trabalho de ser uma grande biblioteca virtual para quem tem uma conta Gmail.

A Passerelle Investment Co. é uma imobiliária que pertence a Brin e foi fundada em 2010. Com toda a fortuna acumulada com o Google, o gênio da tecnologia fez a compra de imóveis em Los Altos, na Califórnia. Ele também é dono de muitos imóveis localizados na cidade de Nova York.

Vida amorosa

O primeiro relacionamento de que se tem registros públicos de Brin é com Anne Wojcicki, CEO da empresa de genética chamada 23andMe. Eles tiveram dois filhos juntos e o sobrenome de ambos é Wojin, uma unificação dos sobrenomes dos pais. O casal se separou em 2013 e o divórcio foi oficializado em 2015. Antes disso, os dois foram bastante ativos na luta contra o Mal de Parkinson.

Sergey brin e anne wojcick
Divórcio aconteceu em 2013 (Foto: Reprodução/Business Insider)

Diversas instituições receberam doações do casal porque Sergey Brin descobriu que devido à genética (sua tia-avó e sua mãe foram diagnosticadas com esta condição), tinha chances de desenvolver os problemas. Ele também começou a investir bastante em ter uma vida saudável e novos testes realizados em 2010 revelaram que ele tem apenas 10% de chance de ter Mal de Parkinson.

Informações de bastidores contam que ele começou a ter um caso em 2013, ainda na época de sua separação, com uma funcionária do Google que era casada com um executivo do Google. Mas há registros de que Sergey e Nicole Shanahan se conheceram em 2015, durante um retiro de ioga que estava sendo realizado na ilha de um dono de aplicativo de relacionamentos. Os dois se casaram em 2018 e tiveram uma filha. Nicole se formou na Universidade Puget Sound, que fica em Washington e por lá, estudou Economia, Mandarim e estudos sobre a Ásia.

Sergey brin e nicole shanahan em um evento de imprensa
Relação chegou ao fim de forma oficial em janeiro deste ano (Foto: Reprodução/Valor Econômico)

Atualmente, Shanahan é uma advogada na Califórnia, além de ser fundadora da empresa de tecnologia jurídica ClearAccessIP e da Fundação Bia-Echo. Ela fez a doação de US$ 100 milhões para projetos sociais que possuem o propósito de melhorar o sistema de justiça criminal dos EUA e diminuir mudanças climáticas.

O divórcio do casamento com Nicole foi solicitado em janeiro deste ano, mas ambos ainda moravam na mesma casa devido às dificuldades da COVID-19.

Fortuna e cargo na Alphabet

Com uma fortuna avaliada em US$ $91,1 bilhões (de acordo com a Forbes), o bilionário passou por mudanças drásticas em sua carreira nos últimos 20 anos. Em dezembro de 2019, tanto ele quanto Larry Page anunciaram sua saída do Google, mas ambos ainda fazem parte do conselho de administração da Alphabet, a controladora da big tech e de outras empresas associadas.

Eles atuavam como CEOs da empresa e decidiram tomar esta decisão por pensarem que “há melhores formas de administrar a companhia”. O comportamento dos dois foi de não se manterem em cargos que poderiam ser melhor ocupados por outras pessoas, e Sergey sempre foi bastante desapegado em relação a este assunto.

O investimento em empresas de Elon Musk

Além de ser uma voz ativa no Google e ter projetos próprios, Sergey também fez investimentos em empresas que estavam começando e precisavam de renda para conseguirem atingir seu propósito. Uma delas é a Tesla, na qual Elon Musk é o dono majoritário. Em 2008, Brin investiu US$ 500 mil na Tesla para que os projetos começassem a ser tirados do papel.

Sergey brin e elon musk
Fundador do Google investiu em empresas de Musk no passado (Foto: Reprodução/Daily Mail)

O Wall Street Journal fez uma publicação no último domingo (24) citando que “fontes internas” da Alphabet disseram que Brin solicitou a venda dos investimentos que havia feito nas empresas de Musk no passado. Não há informações precisas sobre o que ou o quanto foi vendido, mas além do investimento na empresa de carros elétricos, o Google e a Fidelity investiram US$ 1 bilhão na SpaceX. Já citamos em nossa matéria sobre a fortuna de Elon Musk que ele é dono de empresas como The Boring Company, Starlink, Neuralink e claro, a Tesla.

A ordem foi dada por Sergey Brin após ele descobrir sobre o suposto caso de Nicole Shanahan com seu então amigo (que agora pode ser um ex-amigo) de longa data.

Quais os relacionamentos de Elon Musk?

Elon Musk também é motivo de conversa fora do mundo da tecnologia, e sua vida pessoal é bastante conhecida tanto pela quantidade de filhos do bilionário quanto pelos relacionamentos conturbados. Ele já se divorciou três vezes, e o relacionamento mais famoso é com a cantora de indie pop Grimes.

Justine Wilson

Além de ser jornalista, Justine Wilson pode ser considerada a primeira esposa de Elon Musk. Eles se conheceram na Universidade de Ontário, que fica no Canadá. Apesar de se gostarem, o casal se desencontrou na faculdade e quando Musk era dono de uma startup e Justine escrevia seu primeiro livro, voltaram a se relacionar em 2000. Neste meio tempo, o gênio da tecnologia nunca deixou de mandar flores para ela.

Justine wilson e elon musk
Ex-marido e mulher ainda se falam, apesar de relação ter sido conturbada (Foto: Reprodução/Internet)

Os dois se casaram no mesmo ano que se reencontraram e o relacionamento gerou um filho que infelizmente acabou falecendo por conta de Síndrome da Morte Súbita Infantil. Tempos depois, eles tiveram gêmeos e trigêmeos e Musk os considera como “o amor da vida” dele. A separação veio em 2008 e parece ter sido amigável, apesar dela citar que a relação se desgastou com o tempo.

Foi com Justine Wilson que Elon Musk teve sua primeira filha, que recentemente entrou na Justiça dos EUA para remover o sobrenome do pai. Nos papéis da ação de Vivian Jenna Wilson movida na Justiça estadunidense para mudar legalmente seu nome, ela afirma que quer retirar o sobrenome do pai de seu registro para não ser mais associada com ele de forma alguma.

 Elon era obcecado por seu trabalho: quando estava em casa, sua mente estava em outro lugar. Eu ansiava por conversas profundas e sinceras, por intimidade e empatia. E enquanto eu sacrificava uma vida familiar normal por sua carreira, Elon começou a dizer que eu “lia demais”, ignorando os prazos dos meus livros. 

Justine Wilson sobre relacionamento com Musk

Talulah Riley

A conceituada atriz que participou de produções como Orgulho e Preconceito (2008) e Escola para Garotas Bonitas e Piradas (2007) também se envolveu com Musk por oito anos. Apesar deles terem se conhecido em 2008, o casamento aconteceu apenas em 2010. A separação definitiva parecia ter vindo dois anos depois, em 2012, quando Elon twittou: “Foram quatro anos incríveis. Eu te amarei para sempre. Você fará alguém muito feliz um dia”.

Elon musk e talulah riley
Relacionamento durou cerca de oito anos (Foto: Reprodução/Monet)

Apesar disso, Talulah e o bilionário reataram em 2013 e um casamento aconteceu no mesmo ano. Um ano depois, Musk havia solicitado divórcio, mas repensou a ideia devido ainda gostar de Riley. A relação chegou ao fim em 2016, quando ela agora estava disposta a seguir com o processo de divórcio. Eles ainda se falam normalmente e ela confirmou em uma entrevista que eles cuidam um do outro.

Elon também chegou a namorar a atriz Amber Heard em 2016, mas o relacionamento acabou não dando certo devido à conflito de agendas e a separação veio em 2017. A atriz recentemente esteve em destaque nas notícias por ter movido um processo milionário contra seu ex-marido, o ator Johnny Depp, por violência doméstica. Entenda mais sobre o caso e seu desfecho na matéria especial que o Showmetech fez sobre a disputa judicial.

Grimes

Um dos mais famosos e ao mesmo tempo, mais polêmicos relacionamentos do bilionário. Em 2018, Musk chegou acompanhando da cantora canadense no Costume Institute Gala at the Metropolitan Museum of Art. Relatos de tabloides afirmam que eles estavam tendo um namoro secreto há alguns meses e tudo estava sendo mantido privado. Os dois se conheceram no Twitter em uma conversa sobre um robô que a cantora havia derrotado em seu vídeo da música Flesh Without Blood. Desde então, eles começaram a conversar diariamente até que isso evoluísse para um relacionamento.

Elon musk e grimes
Elon Musk e Grimes ainda se falam e pensam em ter mais filhos juntos (Foto: Reprodução/Wired)

Musk e Grimes possuem dois filhos: o primeiro, que levou o nome de X Æ A-Xii — também chamado de Ash — nasceu em 04 de maio de 2020. Já a segunda foi fruto de uma barriga de aluguel e a menina se chama Exa Dark Sideræl Musk. Os pais a apelidaram de Y e a revelação do nascimento veio por parte da cantora em março deste ano. Esta foto foi postada por Elon com Ash e Grimes em seu Twitter em março do ano passado:

Os dois se separaram em setembro do ano passado, também devido a um conflito de agendas. O dono da Tesla e mais empresas precisa ficar bastante no Texas e a cantora tem uma rotina com muitos compromissos em Los Angeles. Grimes chegou a falar que apesar do casal não estar mais junto, eles possuem um “relacionamento fluido” e que há o planejamento de terem mais filhos.

Shivon Zilis

Em novembro de 2021, veio a notícia de que Musk teve gêmeos com a executiva Shivon Zilis, da Neuralink, de propriedade de Elon Musk. Além de trabalhar na empresa de inteligência que usa a tecnologia para diminuir sintomas de doenças neurológicas, Shivon foi listada como uma das pessoas presentes na 30 Under 30 da Forbes, pela categoria de Capital de Risco.

Este foi o último relacionamento de Elon Musk de que se tem conhecimento público.

Shivon zilis e elon musk
Shivon Zilis foi responsável por gerar gêmeos de Musk (Foto: Reprodução/Exame)

O que vem em seguida?

É esperado que o processo de divórcio de Sergey e Natasha seja finalizado até o final deste ano e ambos sigam suas respectivas vidas. De acordo com o Wall Street Journal, o casal assinou um acordo pré-nupcial e ela pede US$ 1 bilhão. Caso consiga este valor, ela pode entrar para a lista de bilionárias que fazem trabalho filantropo, como MacKenzie Scott e Melinda Gates.

Sergay brin e elon musk
Caso ainda tem perguntas que podem nunca serem respondidas (Foto: Reprodução/Being Crypto)

Do lado de Elon, o mesmo jornal que deu o furo de notícia sobre o caso extraconjugal afirma que o bilionário pediu desculpas de joelhos para Sergey — ainda que, como citamos anteriormente, ele tenha negado todas as acusações e ainda ressalta que o fundador do Google e o dono da Tesla são bastante amigos.

Você acredita que o caso entre Musk e Natasha realmente aconteceu? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Entenda os detalhes da desistência da compra do Twitter pelo homem mais rico do mundo.

Fonte: Business Insider (1, 2, 3, 4 e 5) l Marie Claire l Forbes l Wall Street Journal

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados