Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

wifiax - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi
O novo padrão de WiFi 802.11ax irá se tornar muito comum em dispositivos e roteadores nos próximos e a forma como nos conectamos à Internet irá mudar com isso.

O novo padrão Wi-Fi 802.11ax, aguardado desde 2014, está se aproximando. Com o objetivo de garantir maior eficiência, a nova geração da tecnologia wireless deve deixar o atual 802.11ac de lado, recebendo mais dispositivos sem reduzir a velocidade de download e upload.

Nova WiFi

O novo padrão AX promete tornar a taxa de transmissão de dados quatro vezes mais rápida e facilitar a conexão em redes públicas, que reduzem a capacidade de acordo com o número de aparelhos conectados. Mas vamos explorar mais a fundo os aspectos desse novo padrão de Internet que deve chegar em 2019, entendendo quais as diferenças e semelhanças entre as tecnologias mais recentes.

Originalmente publicado em 2013, o padrão 802.11ac foi bastante adotado entre as fabricantes ao longo dos últimos anos e ampliou as capacidades de antenas múltiplas (MIMO) para melhorar a transmissão do sinal de Internet. No entanto, a tecnologia ainda apresentava pequenos “gargalos” ao receber muitos dispositivos simultaneamente, como em grandes eventos.

Para resolver esse problema, a geração de Wi-Fi AX deve trazer a tecnologia MIMO-OFDM para subdividir os sinais ainda mais e reduzir a quantidade de interferência de redes. Na teoria, a capacidade máxima do 802.11ax será de 14 Gb/s, enquanto o atual padrão AC chega a 7 Gb/s.

maxwifibroadcom 01 - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

Na prática, os testes indicam transmissões em cerca de 10 Gb/s e 2 Gb/s, respectivamente. A nova geração também deve ganhar no alcance e poderá trabalhar nas faixas de frequência 2,4 GHz e 5 GHz – a geração ac opera apenas em 5 GHz.

Além da projeção de possuir um bom desempenho em locais com muitos dispositivos, o padrão 802.11ax deverá ter um melhor alcance através de paredes, obstáculo que costuma provocar algumas interrupções de sinal. O consumo de energia dos aparelhos conectados também deve ser reduzido pela nova geração.

Novas tecnologias

Apesar de ter um desempenho muito melhor com dois equipamentos com o mesmo padrão Wi-Fi, os protocolos mais novos padronizados pelo IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos) são obrigados a ter compatibilidade com os padrões anteriores. Dessa forma, nenhum usuário será prejudicado pela adoção do novo padrão.

Algumas fabricantes já anunciaram novidades com a tecnologia. A primeira delas foi a Broadcom, em agosto de 2017, que revelou chips compatíveis com o 802.11ax. Segundo a empresa, os dispositivos receberam otimizações para diminuir o consumo de energia e aumentar a eficiência. Além disso, a velocidade, que antes era de 800 Mb/s, passou para quase 5 Gb/s com a possibilidade de gerenciar até 50 dispositivos ao mesmo tempo.

Untitled 3 - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

A Intel também anunciou, em janeiro de 2018, a produção de chips Wi-Fi compatíveis com o novo padrão.

Neste caso, a companhia estima que a taxa de transferência seja de 2 Gb/s com suporte para até 256 dispositivos conectados ao mesmo tempo e melhora na performance de streaming de vídeo e jogos online.

14160 1 wifi evolution v3 1 - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

Já a Qualcomm, concorrente da Broadcom e da Intel, anunciou em fevereiro de 2018 os chips para a nova geração Wi-Fi. Batizado de WCN3998, a previsão é de que o microprocessador comece a ser enviado para fabricantes no segundo semestre do ano.

A marca promete mais eficiência energética, trocas de informação criptografadas e Bluetooth 5.

Qualcomm 5G mmWave antenna module - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

Para os roteadores, por enquanto, o único dispositivo anunciado com suporte ao Wi-Fi 802.11ax é o R-AX88U, da Asus, revelado na IFA 2017.

O modelo traz quatro antenas de longo alcance para aumentar a área de cobertura e, segundo a empresa, o aparelho alcança 5.962 Mb/s: 1.148 Mb/s na frequência de 2.4 GHz e 4.804 Mb/s no canal de 5 GHz, velocidades superiores ao padrão ac.

20180108150717 660 420 - Entenda o que muda na Internet com o novo padrão de WiFi

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via