Hawkeye - série do gavião arqueiro estreia no disney+

CRÍTICA: Hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios

Avatar of amanda almeida
Enquanto WandaVision e Loki apresentaram novos rumos para a Fase 4, Hawkeye segue o ritmo de Falcão e Soldado Invernal: é a velha Marvel que conhecemos

Cá temos mais uma série do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) para o Disney+, que encaminha então a fase 4 da Marvel, seguindo o caminho de apresentar, ao que tudo indica, os Jovens Vingadores. Hawkeye Gavião Arqueiro aqui no Brasil — segue então — finalmente! — Clint Barton (Jeremy Renner) enquanto este lida com as consequências dos acontecimentos de Guerra Infinita e Ultimato, e passa seu manto para a jovem aspirante a super-heroína, Kate Bishop (Hailee Steinfeld).

É indiscutível que Hawkeye é a série que menos estava entusiasmando os fãs, já que Clint Barton — que se tem mantido presente na formação dos Vingadores desde o primeiro filme lá em 2012 — sempre foi um coadjuvante. Mesmo Loki, o primeiro vilão da equipe, teve muito mais destaque dentro do MCU do que o Gavião Arqueiro. Isso sem contar toda a discussão válida sobre o sacrifício de Natasha em Vomir, a qual lida com pensamentos (inclusive do próprio personagem) sobre quem deveria ter morrido pela Joia da Alma no lugar da Viúva.

Mas, seja como for, a série de Hawkeye pode desenvolver o personagem que tem se mantido apagado por mais de 10 anos dentro do cinema, garantindo-lhe destaque. Mesmo em dois episódios, já podemos ver que o roteirista Jonathan Igla (Mad Men, 2007) se preocupou em trazer profundidade para o personagem, e que iremos conhecer mais sobre ele nos próximos 4 episódios que virão.

Rápido e fluido, Hawkeye não demora em apresentar sua trama

Nos dois episódios que analisamos, Hawkeye é rápido em definir o tom e o ritmo do show, e é muito mais lento do que as séries anteriores. Rapidamente explora as próprias experiências traumáticas de Barton ao longo de seu tempo com os Vingadores, chegando a fazer alguns exames de sua própria autoestima e valor. Afinal, Clint Barton tem plena consciência de que ele é “aquele com o arco e as flechas”.

Ouso dizer que a série do Gavião Arqueiro é comparável a algumas outras que vimos antes da Marvel. Apesar de a Marvel Studios não ter ajudado a desenvolver o DefendersVerse na Netflix, a intriga criminosa que Barton e Kate Bishop trabalham para descobrir é uma trama com a qual os fãs dos Defensores estão bem familiarizados e, se certos rumores se provarem corretos, é flagrantemente óbvio para onde essa história está indo.

Embora tenha o nome do Vingador empunhando o arco, Hawkeye realmente é uma história sobre duas pessoas. Vamos acompanhar e conhecer mais de Clint Barton, o herói ranzinza e ex-vigilante que agora está fazendo o seu melhor para aproveitar a vida com seus filhos, blipados por Thanos em Guerra Infinita. 

Hawkeye - nova série da marvel que expande a fase 4 do mcu
Hailee Steinfeld e Jeremy Renner como Kate Bishop e Clint Barton – Créditos: Disney / Marvel Studios

Em uma montagem estereotipada de Natal em Nova York, vemos Clint e sua família assistindo a um musical (um show bobo e muito vergonhoso sobre os Vingadores que apresenta um Hulk cantando) e, em seguida, o herói levando seus filhos para comer comida chinesa. Por mais que ele tente ser feliz, porém, o tempo e inúmeras batalhas cobraram seu preço. Ele foge, fica irritado quando reconhecido em público e agora usa um aparelho auditivo após ficar muito perto de muitas explosões.

O outro lado da história é Kate Bishop, que cresceu idolatrando Hawkeye a ponto de se tornar uma arqueira campeã estadual. Suas histórias se cruzam quando Kate resgata e depois veste o traje de Ronin — uma parte fundamental da história de Clint na MCU, mas que não foi muito explorada — e entra em luta com uma gangue conhecida como Tracksuit Mafia. Quando Clint vê o terno Ronin no noticiário, ele é forçado a abandonar seu idílico tempo com a família para descobrir o que está acontecendo. Eventualmente, os dois arqueiros unem forças, embora, naturalmente, Clint seja um parceiro relutante.

Há um mistério em jogo aqui em torno do traje de Ronin, mas o destaque do show é o relacionamento crescente, muitas vezes antagônico, entre Kate e Clint. O Hawkeye original, é claro, não quer nada com isso. Ele está apenas tentando consertar tudo o mais rápido possível e voltar para sua família.

A adaptação dos quadrinhos para a TV

Mesmo com todas as críticas dos fãs em relação ao marketing da série (com aqueles posters claramente feitos pelo estagiário), não podemos criticar todo o design e figurino da série, já que ambos que estão bem semelhantes aos quadrinhos.

Hawkeye em termos técnicos é a melhor adaptação de quadrinhos para tv
Figurino e design de produção são destaques da série por serem muito semelhantes aos quadrinhos – Créditos: Disney / Marvel Studios

Tanto a escrita quanto o design de produção são fortemente inspirados na série Hawkeye de David Aja e Matt Fraction, e isso é para não esquecer que a caracterização de Barton e Bishop são réplicas exatas. Pode-se ir mais longe e dizer que esta série, neste quesito, é a melhor adaptação de uma história em quadrinhos que vimos até agora, até o uso de aparelhos auditivos por Clint.

Divertida, mas não tão impressionante assim

A série apresenta outros destaques: Rogers: O musical foi inevitavelmente um deles, mas não tenho certeza de como me sinto sobre esses tributos ao legado do Capitão América se tornando algo no MCU. Com a coleção notável do Smithsonian em O Falcão e o Soldado Invernal, e a Estátua da Liberdade segurando o escudo de Steve Rogers em No Way Home, sinto um arrepio de segunda mão toda vez que imagino como Steve ficaria envergonhado.

Alívios cômicos também estão presentes, mas o roteiro só pode ir até certo ponto com as piadas e jabs divertidos. As atuações foram impressionantes. Podemos já dizer que Hailee Steinfeld nasceu para ser a Kate Bishop. Até a participação de Vera Farmiga (tão aleatório!) aqui é um bom acréscimo para a história.

Mas, de alguma forma, não sinto que me prendeu tanto assim. Sim, é divertido, sim, tem um estilo que já conhecemos, mas, talvez, depois de ver trabalhos como WandaVision, Loki, e, nos cinemas, Shang-Chi e Eternos, confesso que esse “estilo Marvel” já não tem me impressionado tanto assim. O universo dos super-heróis está se tornando saturado — mesmo que continue lucrando horrorosamente —, ainda que agora eu já esteja esperando algo grandioso.

O mesmo de sempre é zona de conforto, e depois do trabalho incrível de Chloé Zhao em entregar algo completamente fora da caixa em Eternos, ou ter uma magnitude de WandaVision, a simplicidade de Hawkeye me deixou um pouco desanimada com a qualidade das séries que a Marvel vai entregar.

Easter eggs e referências em Hawkeye nos Episódios 01 e 02

Tanto e apesar de tudo, os dois primeiros episódios chegaram bombardeando os fãs com muitas referências e easter eggs de Hawkeye. Então, além de dar uma conferida nos quadrinhos, fui dar uma olhada no MCU para pegar todas essas referências que os dois primeiros episódios nos apresentou! Vem com a gente!

Nem preciso dizer, né? Vão rolar spoilers por aqui.

2012, Os Vingadores e a Batalha de Nova York

A ressonância da Batalha de Nova York é sentida em todos esses episódios, desde as cenas de abertura até Rogers: The Musical, mas mesmo em momentos mais calmos, como quando Kate está casualmente saindo do Grand Central Terminal na Pershing Square, o local de grande parte da batalha dos Vingadores.

Outra coisa é o próprio cenário da cidade de Nova York, que lembra o tom dos programas da Netflix da Marvel que já se foram (como falei anteriormente), como Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de FerroOs Defensores e O Justiceiro. Nessas séries, pelo menos no início, o tom áspero e a natureza surrada de Hell’s Kitchen foram atribuídos aos bairros adjacentes à Batalha de Nova York ainda se recuperando dos danos e trauma. Podemos ver como as cicatrizes são profundas em todo o MCU nesses episódios de abertura de Hawkeye.

Kate Bishop

  • Kate Bishop apareceu pela primeira vez em Young Avengers # 1 em 2005. Essa única edição está se tornando uma questão chave para o futuro do MCU. Kang, o Conquistador, desempenhou um papel central, e a revista também apresentou os filhos de Wanda Maximoff, Billy e Tommy (Wiccan e Speed) que conhecemos em WandaVision, Eli Bradley (Patriota) que conhecemos brevemente em O Falcão e o Soldado Invernal, Kid Loki e mais. Basicamente, esperamos ver MUITOS mais Jovens Vingadores no MCU em breve.
Capa da primeira edição de young avengers - easter egg de hawkeye
Capa da Edição #1 de Jovens Vingadores – Créditos: Marvel Comics
  • Kate se refere a si mesma (e afirma que os outros também se referem a ela) como “a maior arqueira do mundo”, o que é uma peça sobre como Clint Barton foi classificado em suas primeiras aparições em quadrinhos, como “o maior atirador do mundo”.
  • Kate tem 22 anos. Quando você considera o salto no tempo de cinco anos em Vingadores: Endgame, e a idade de Kate em 2012 durante a Batalha de Nova York, parece provável que Kate foi provavelmente “blipada” durante Vingadores: Guerra Infinita. Incidentalmente, Hawkeye aparentemente ocorre dois anos após os eventos do Endgame, o que significa que fechamos um pouco dessa lacuna de salto no tempo com o MCU, então Hawkeye provavelmente ocorre apenas 2-3 anos em “nosso” futuro.
  • Kate diz que “herdou” seu apartamento, mas não diz de quem ela o herdou. Presumivelmente, seria sua parte na riqueza de seu pai. Mas nos quadrinhos de Matt Fraction / David Aja, nos quais esse programa se inspira tanto, Clint é dono de um prédio inteiro no Brooklyn, NY (o apartamento de Kate fica em algum lugar na parte baixa de Manhattan). É possível que sua “herança” seja, na verdade, este prédio inteiro e não apenas este apartamento no porão? Há muitas perguntas sem resposta sobre Kate aqui.
  • A senha de Kate para fazer login naquela conta remota do Bishop Security parece ser BISHOP112012. Além do fato de que usar seu sobrenome como senha de segurança pode não ser a coisa mais segura do mundo, qual é o significado desse 112012? Significa apenas novembro de 2012? 20 de novembro de 2012? Sabemos que a Batalha de Nova York aconteceu em 2012, mas foi em maio, não em novembro … então qual é o significado desta data para Kate? Talvez seja quando ela recebeu seu primeiro arco e flecha? O que você acha?

Clint Barton

  • A série marca a primeira vez que a perda auditiva de Clint foi tratada no MCU e, como vemos no episódio dois, é uma consequência lógica de seu tempo gasto em situações de volume absurdamente alto como um super-herói. Sua perda auditiva foi abordada várias vezes nos quadrinhos também.
Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Clint usando aparelho auditivo devido à exposição a grandes explosões nas batalhas – Créditos: Marvel Studios / Disney
  • Já nos quadrinhos de Matt Fraction e David Aja, Clint foi atacado pelo assassino conhecido como Clown (que também deve aparecer na série nos próximos episódios). Clown esfaqueou Clint em cada orelha com suas flechas, em seguida, atirou no irmão de Clint, Barney. Embora nenhum dos dois tenha morrido, Barney foi resignado a uma cadeira de rodas e Clint ficou surdo.
  • Um flashback mostrou que Clint lidava com problemas de audição desde menino, um efeito colateral de seu pai abusivo. Isso o fez relutante em usar a linguagem de sinais para se comunicar com Barney, pois o fazia lembrar de tempos piores e ferir seu orgulho.
  • Todo o comportamento abatido de Clint aqui é mais uma reminiscência de sua representação nos quadrinhos Fraction / Aja como o “homem comum” do MCU.

ROGERS: O Musical

Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Roger: O Musical – Créditos: Marvel Studios / Disney
  • “Eu poderia fazer isso o dia todo” é a coisa mais próxima de uma frase de efeito que Steve Rogers tem, desde a época em que levou um chute no traseiro de um valentão em 1941 no Brooklyn até ele lutando contra si mesmo na linha do tempo durante Vingadores: Endgame. A música é exatamente tão ridícula e exagerada quanto todo teatro musical e, portanto, é completamente autêntica.
  • A inclusão do Homem-Formiga, apesar de não estar no primeiro filme dos Vingadores, funciona em vários níveis. Em primeiro lugar, contrasta com a falta de notoriedade de Scott Lang durante a cena dos restaurantes em Ultimato. Segundo, é emprestado dos quadrinhos do Ultimates, onde Hawkeye insistia que Mercúrio nunca estava em nenhuma de suas missões quando — como as reivindicações musicais do Homem-Formiga — ninguém foi capaz de vê-lo devido aos seus poderes. Mercúrio estava repetidamente salvando a vida de Hawkeye no campo e ele nunca percebeu.
  • Tecnicamente, Hawkeye estava errado em sua avaliação sobre o Homem-Formiga. Scott Lang ESTAVA lá durante a Batalha de Nova York. Certo, era um Scott Lang de anos depois, mas graças a Endgame, ele estava lá!

A Família de Barton

  • O caçula de Clint é chamado de “Nate” como uma ode a Natasha. Isso foi introduzido pela primeira vez no final de Vingadores: Era de Ultron. O nome do meio de Nate é Pietro, uma homenagem ao irmão falecido de Wanda, que morreu salvando a vida de Clint no mesmo filme.

Quem é Jack Duquesne?

Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Espadachim nos quadrinhos – Créditos: Marvel Comics
  • Nos quadrinhos ele é conhecido como Jacques Duquesne, mas os fãs da Marvel podem conhecê-lo melhor por outro nome: o Espadachim. Claramente, Jack tem muitas habilidades de lâmina, mas nos quadrinhos, ele não é apenas um antagonista fantasiado para o pessoal da família Hawkeye, ele é o homem que treinou Clint Barton no combate. 
  • Já que a vida pré-SHIELD de Clint nunca foi realmente explorada no MCU, então talvez haja um episódio de flashback a caminho. Seria muito estranho se o padrasto de Kate aqui acabasse sendo uma espécie de (ex) pai substituto de Clint também.

A máfia dos agasalhos

  • Nos quadrinhos, eles costumam ser chamados “Dráculas de Traje de Treino”, embora não sejam realmente vampiros. É apenas a maneira de Clint apontar que eles existem para não fazer nada a não ser sugar a vida da vizinhança com seus pequenos esquemas criminosos.

Quem é ECHO?

  • Echo foi criada por Joe Quesada e David Mack nas páginas do Demolidor (hmmm) em 1999. Ela é uma heroína surda com os tipos de reflexos fotográficos que associamos ao Taskmaster, e uma lutadora experiente. Seu pai era um soldado do Kingpin e, depois que ele morreu, Maya foi criada pelo próprio Wilson Fisk.
Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Echo nos quadrinhos – Créditos: Marvel Comics
  • Considerando seu pai, Willie “Crazy Horse” Lincoln, que será interpretado por Zahn McClarnon, parece que provavelmente vamos finalmente ver os programas de TV da Marvel na Netflix integrados a este programa com um Wilson Fisk aparecendo em algum momento durante o show, também.
  • Também não parece acidental que esta cena introdutória de Echo se assemelhe a um episódio do Demolidor da Netflix. Da música mais sombria e estimulante a essa luz vermelha marcante, quando você combina isso com o “tom nova-iorquino” geral desses episódios…

Outras referências:

  • Quando Kate vê Hawkeye lutando no topo de um prédio, nós realmente vimos este exato momento em Os Vingadores. Clint correndo e pulando do prédio é uma sequência reutilizada desse filme.
  • O pai de Kate acaba morrendo durante a Batalha de Nova York, o que é diferente do que acontece nos quadrinhos da Marvel. Nos quadrinhos, Eleanor Bishop é quem morre, mas depois descobrimos que ela está realmente viva e tem trabalhado contra Kate.
  • Quando Kate está correndo para um prédio no campus, você pode ver uma placa com os dizeres “Torre Stane”, que é uma homenagem a Obadiah Stane, o parceiro de negócios de Tony Stark em Homem de Ferro.
Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Créditos: Marvel Studios – Edição CANVA
  • A placa diz: “O mais antigo campanário da universidade nos Estados Unidos. Sua pedra fundamental foi colocada em 20 de outubro de 1725. Rededicado em 1º de julho de 2006 em homenagem a Obadiah Stane.”
  • Uma das amigas de Kate se chama Greer, que pode estar relacionado à personagem dos quadrinhos Greer Grant, também conhecida como Tigra.
  • Não sei se isso foi intencional ou não, mas temos um close da figura de um gato da sorte, que é algo pelo qual Bucky ficou fascinado em O Falcão e o Soldado Invernal .
Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Créditos: Marvel Studios – Edição CANVA
  • Quando Clint comparece ao evento LARPing para recuperar o terno de Ronin, ele está sendo usado por um homem chamado Grills. Nos quadrinhos Hawkeye de 2012, Grills é o nome do vizinho de Clint e um de seus amigos mais próximos.
  • Kate leva Clint para se esconder na casa de sua tia, e quando ela está procurando a campainha, vemos o nome “Moira Brandon”, um grande easter egg de Vingadores da Costa leste.
Crítica: hawkeye, easter eggs e referências nos dois primeiros episódios. Enquanto wandavision e loki apresentaram novos rumos para a fase 4, hawkeye segue o ritmo de falcão e soldado invernal: é a velha marvel que conhecemos
Créditos: Marvel Studios – Edição CANVA
  • Nos quadrinhos, Moira Brandon é uma atriz que dá sua enorme propriedade em Palos Verdes aos Vingadores da Costa Oeste. Moira acaba salvando Hawkeye quando eles se encontram pela primeira vez. Este é apenas um dos muitos detalhes que indicam que os Vingadores da Costa Oeste estão vindo para o MCU. Hawkeye e Kate Bishop também são membros.

E aí? O que achou? Esquecemos de algum easter egg? Comente aqui embaixo!

Confira também nossa crítica de Eternos, último filme lançado nos cinemas do MCU.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados