Capa/keyart de hi-fi rush

Gostou de Hi-Fi Rush? Conheça 15 games parecidos que você vai adorar

Avatar de renato reis
Conheça 15 jogos muito similares (ou que até inspiraram) ao Hi-Fi Rush, sucesso absoluto e recente da Tango Gameworks, lançado exclusivamente para as plataformas da Microsoft.

Já faz 4 meses desde o lançamento estrondoso de Hi-Fi Rush e ficamos boquiabertos com o tanto que ele conseguiu impressionar, na mesma medida que nos divertiu. O incrível character action com elementos de hack ‘n’ slash, fortemente baseado em mecânicas de ritmo, alcançou o que poucos conseguem alcançar na indústria: ganhar muita atenção e apreço muito rapidamente.

Não à toa, essa obra-prima que agradou muitas pessoas foi inspirada por gigantes do ritmo e da ação dos videogames. Há quem diga que o jogo é uma grande mistura de Jet Set Radio, Sunset Overdrive e Devil May Cry. De fato, pegue alguns elementos dos três jogos e você tem um belo Hi-Fi Rush.

Hoje falaremos de jogos parecidos e que podem ter inspirado Hi-Fi Rush, em forma de recomendação para você, leitor(a). Então prepare o controle e selecione os melhores jogos que façam sentido para o seu estilo de jogatina.

Crash Bandicoot™ 4: It’s About Time

Este Crash Bandicoot é o mais recente de todos os títulos, mas não deixa de ser extremamente divertido, tampouco perde a essência da franquia. Em It’s About Time, Crash e seus amigos marsupiais enfrentarão Neo Cortex e N. Tropy, além de diversos outros vilões na sua jornada frenética em busca de máscaras capazes de alterar as leis da física do seu mundo.

A graça de Crash Bandicoot 4 está em bater – cada vez mais – seus melhores recordes de tempo, coletar o máximo de frutas wumpa e destruir muitas caixas pelos belíssimos cenários nas suas diversas fases, aproveitando o máximo da diversão e do deleite visual que o jogo pode oferecer. Tudo isso embalado por uma trilha sonora bem empolgante e vibrante.

Crash Bandicoot™ 4: It’s About Time está disponível para PC, Playstation, Switch e Xbox.

Rhythm Heaven

Pequenas historinhas bem humoradas de poucos minutos e músicas muito características vão te encantar em Rythm Heaven. Basta apertar um único botão do console para acertar o momento em que os ritmos gráfico e sonoro se sincronizam. E ele faz isso de uma forma muito elegante e amigável, te induzindo a buscar a pontuação “Perfect” o tempo todo.

Uma pena que o jogo e suas sequências (Fever e Megamix) estejam presas a um console mais antigo da Nintendo, o DS e o Wii, até hoje. O primeiro, principalmente, garante a diversão prolongada e, de certo, deveria ser mais lembrado como um ótimo título baseado em ritmo.

Rythm Heaven está disponível apenas para Nintendo DS.

Thumper

Thumper é um ágil game de ação ritmada, em que você controla um besouro dentro de cenários psicodélicos. Nele, basta você correr – automaticamente – sobre um caminho de luz e acertar os botões certos de acordo com o ritmo da música em cima de indicadores visuais deste.

Sua trilha sonora é bastante percussiva e carrega timbres bem sombrios e graves, mantendo-nos bem imersos ao que está por vir na tela e desafiando cada vez mais as capacidades de seguir e manter a cadência. Seu visual é bem diferente e repleto de efeitos especiais na tela, tornando a experiência única.

Thumper está disponível para PC, Playstation, e Xbox.

DJMAX RESPECT V

Para quem gosta de música pop e eletrônica mais moderna, DJMAX RESPECT V traz uma trilha imensa, com desafios de ritmo legais e viciantes. Sua jogabilidade é clássica: os indicadores coloridos descem pela tela em diferentes velocidades, sempre sincronizados com a música, até um display de cores na parte inferior da tela, o qual indica o momento e a cadência certos de apertar os botões. Suas músicas, de DJs aclamados e muito profissionais, são um deleite e só por isso já vale muito uma chance.

DJMAX RESPECT V está disponível para PC, Playstation e Xbox (disponível no Game Pass). 

Osu!

Esse é para pessoas usuárias mais “hard core” de PC… Osu! vai testar sua precisão e capacidade rítmica ao mesmo tempo. A ideia do jogo é bem simples, mas com diferentes camadas de desafios: há uma área livre escurecida (com fundos aleatórios), onde você precisa acertar pontos de luz visíveis e em movimento no momento certo com o mouse, além de acertar outras instâncias de pontos com o teclado. Osu! conta com outros modos de jogo e estéticas de anime bem interessantes, mas sempre reserva um nível insano de desafio aos jogadores.

Osu! está disponível para PC (e tem capacidade para uma biblioteca imensa de músicas baixáveis para suas jogatinas de ritmo).

Infinite Guitars

Enquanto você caminha num mundo devastado por uma guerra contra as máquinas, no melhor estilo RPG clássico de exploração, batalhas acontecem para que você vença vários desafios rítmicos contra robôs. Com um design de mundo e de exploração a la Pokémon, o novo título pode te encantar facilmente em vários aspectos. Entre no ritmo do rock de Infinite Guitars, em que lindíssimos gráficos e personagens inspirados em animes se espalham.

Infinite Guitars está disponível para PC e Xbox (disponível no Game Pass).

Rock Band

Um dos maiores clássicos de todos os tempos dos jogos de ritmo, focado em rock ‘n’ roll, sem dúvida é o Rock Band. O primeiro game da franquia da EA, lançado em 2007, ganhou fama e muito sucesso rapidamente e até hoje ostenta as melhores críticas e notas no Metacritic. Sua sequência também é muito bem avaliada, no geral.

Para incrementar a diversão com os amigos, Rock Band oferece instrumentos físicos interativos que podem ser adquiridos em pacote ou separadamente. São eles um microfone, uma guitarra e uma bateria. Com estes dispositivos, a imersão e a experiência em família ou entre amigos se torna muito interessante e única.

O mais recente da franquia, Rock Band 4 está disponível para Playstation 4 e Xbox. Os demais títulos da franquia podem ser encontrados em versão física para suas respectivas gerações passadas de videogames.

Guitar Hero

Assim como o anterior, Guitar Hero é um dos mais clássicos desse tipo de jogo. Sua qualidade, poder de diversão e fama ganharam muita capilaridade em sua época de lançamento (2005). Sendo um exclusivo do PlayStation 2, provocou tendências e inspirações com sua jogabilidade que ecoam até as gerações atuais.

Guitar Hero fez um sucesso tremendo entre o público brasileiro e é possível dizer que ele foi um jogo extremamente influente em seu tempo, caindo no gosto de muita gente que o experimentava. Afinal, você conhece alguma pessoa que não jogou ou que desconhece este ícone dos anos 2000?

Guitar Hero, infelizmente, ficou “preso” no Playstation 2. Entretanto, sua extensa franquia pode ser encontrada em outros consoles das gerações póstumas. O último título, Guitar Hero Live, pode ser jogado nos consoles mais modernos (PS4 e 5, Xbox One e Series) e é mais facilmente encontrado na versão física.

Double Kick Heroes

Imagine fugir de gangues ferozes que querem destruir a sua banda a todo custo. Para combater tais algozes, você precisará atrasar tal força do crime, toda motorizada, usando… música! Então jogue no ritmo, tocando um metal pesado enquanto dirige um carro conversível com a banda para afastar seus inimigos com o poder do ódio em plena estrada.

Nada do que ele faz é super inovador, na verdade ele traz muito da jogabilidade dos jogos já citados, adicionando apenas a “barra” a ser preenchida que se traduz na destruição ou na desaceleração dos seus numerosos e brutais inimigos.

Double Kick Heroes está disponível para PC, Switch e Xbox (disponível no Game Pass).

Jet Set Radio

Repleto de músicas marcantes, inspiradas em hip hop, e cenários urbanos bastante coloridos e vibrantes, Jet Set Radio tem uma gameplay muito divertida e pode te deixar vidrado por muitas horas. Seus objetivos são simples: basta deslizar por corrimãos, andar e fazer manobras de patins e grafitar pelos muros da cidade para pontuar o máximo que conseguir pelas fases. Você também enfrentará diversos inimigos pelo seu caminho e fará muito amigos NPCs.

Jet Set Radio trouxe todo um estilo diferente para os videogames, é claro, e inovou muito para alguns gêneros e títulos que conhecemos e adoramos ainda hoje. Hi-Fi Rush certamente se inspirou em algum aspecto que o torna extremamente divertido e, embora seja um pouco antigo, vale muito a pena revisitar o curioso “simulador-arcade” de vida urbana.

Jet Set Radio está disponível para PC.

Crypt of the NecroDancer

Imagine um dungeon crawler baseado em movimentação direcional dentro de espaços limitados e totalmente exploráveis em que é preciso se deslocar, atacar ou cavar no ritmo da música que toca, à medida que os inimigos se movimentam conforme cada movimento seu também. Pois Crypt of the NecroDancer é assim e ainda carrega características de um bom RPG, além de ser um roguelike bastante desafiador.

Esse incrível – e recente – jogo pode prender sua atenção facilmente, com uma jogabilidade super convidativa e viciante (apesar de punitiva). Sem contar suas músicas vibrantes, ao melhor estilo eletrônico e de chiptunes com rock, muito característico de um videogame de respeito.

Crypt of the NecroDancer está disponível para PC, Switch e Xbox.

Melatonin

Visuais com cores pastéis, desenhos muito charmosos e ritmo na jogabilidade fazem parte da incrível composição do que é Melatonin, uma grata surpresa do ano passado aos jogadores de PC e Nintendo Switch. Nele, é preciso movimentar seu jovem protagonista pelos seus sonhos bem engraçadinhos e até incomuns, sempre no ritmo da música.

Seja em pizzas que voam direto para sua boca ou em inimigos de videogames que parecem pular da tela para te atacar, músicas dançantes, alegres e que marcam o ritmo muito bem vão te envolver de uma forma super divertida, desafiadora e única. Vale dar uma chance para Melatonin se você gosta de jogos fofos e que exigem uma boa noção de ritmo musical.

Melatonin está disponível para PC e Switch.

Taiko no Tatsujin: The Drum Master!

Gosta dos tradicionais taikos japoneses? Então você vai adorar a dinâmica dos jogos da franquia Taiko no Tatsujin. Existe uma série de jogos (recém-lançados, inclusive) que incluem o mesmo tipo de jogabilidade e estilo gráfico. Neles, você vai aproveitar os melhores festivais convencionais do Japão com uma simples premissa: bater no taiko no ritmo certo, de acordo com cada botão colorido que passar pela trilha da tela.

The Drum Master! oferece uma jogatina mais clássica e simples, mas não deixa de ser muito divertido, trazendo uma imensa coletânea de músicas icônicas de animes e de trilhas sonoras de videogames, por exemplo. No entanto, estranhamente a franquia se “espalha” pelas diferentes plataformas, uma vez que este está apenas nas plataformas da Microsoft. Para jogar no Switch, se preferir, você pode procurar pelos não menos incríveis Rythm Festival e/ou Drum ‘n’ Fun.

Taiko no Tatsujin: The Drum Master! está disponível para PC (pela Microsoft Store) e Xbox.

Metal: Hellsinger 

Enigmata é uma demônia muito estilosa e que alimentará seu próprio ódio matando uma série de criaturas más nos Planos Infernais, buscando destronar a Juíza Vermelha. Para isso, uma intensa jornada de muitos tiros, fogo e gelo sendo disparados nos cenários infernais acontecerão ao melhor estilo boomer shooter.

Em Metal: Hellsinger, os tiros são elevados a outro patamar ao exigir o ritmo do jogador: é preciso se movimentar, atirar e usar poderes especiais das suas armas mais brutais dentro do compasso da música que está tocando na fase, que inclui faixas de heavy metal de cantores(as) aclamados como Serj Tankian (System of a Down), Matt Heafy (Trivium) e Alissa White-Gluz (Arch Enemy). Quanto mais acertos e bônus por abates, movimentação e coletas variadas, mais rápida e empolgante a música vai ficando, progredindo para mais instrumentos em sintonia e, claro, a inclusão do vocal. Este incrível jogo frenético de ritmo com tiros, é bem recente (2022) e oferece muita diversão com momentos épicos contra inimigos vorazes e chefes desafiadores. 

Metal: Hellsinger está disponível para Playstation, PC e Xbox (disponível no Game Pass).

Patapon

Unindo boa estratégia casual em 2D com muita noção de ritmo, em que você precisa acertar os botões na hora certa, e você terá um incrível e clássico jogo da Sony, chamado Patapon. Nele, você assumirá uma tribo muito carismática, bastante similar a povos originários africanos, para atacar de forma eficaz seus inimigos de outras regiões e feras lendárias.

Para melhorar seu dano é preciso combinar armas existentes no jogo e para aumentar o número do seu exército tão eufórico é necessário unir itens coletados pelas fases, gerando novos Patapons para guerrear. Ele pode ser um pouco difícil de se aprender a jogar, mas quando sua dinâmica de estratégia rítmica é dominada, pode ficar bastante divertido.

O jogo original, lançado para PSP, ainda pode ser encontrado em mídia física. A sua versão remasterizada foi lançada para Playstation 4.

E aí? Agora é só sair tocando seus instrumentos favoritos dos games e contar pra gente nos comentários o que achou deles.

Veja também:

Revisão do texto feita por: Pedro Bomfim (02/06/23)

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados