Nokia compra Withings por $191 milhões para entrar no mercado de wearables

steel frontal white - Nokia compra Withings por $191 milhões para entrar no mercado de wearables
179403708 720x480 - Nokia compra Withings por $191 milhões para entrar no mercado de wearables
Sede da Nokia em Espoo, Finlândia

A Nokia anunciou esta semana a aquisição da Withings, uma fabricante francesa de wearables focados no segmento de saúde, por 170 milhões de euros ($191 milhões).

A Whithings se tornará uma divisão da Nokia, que vem há algum tempo dando sinais de que pretende retornar ao mercado de eletrônicos.

A venda do departamento de dispositivos móveis da companhia finlandesa para a Microsoft, responsável pelos celulares e smartphones Lumia, foi anunciada em setembro de 2013 e finalizada em abril do ano seguinte.

Por enquanto, a “nova Nokia” não parece interessada em voltar ao saturado mercado de smartphones, preferindo focar esforços e investimentos em novos segmentos, como wearables, saúde digital (onde irá concorrer diretamente com a Apple) e Internet das Coisas.

pop face full range ld 720x509 - Nokia compra Withings por $191 milhões para entrar no mercado de wearables
Withings Activité Pop, um dos smartwatches da fabricante francesa adquirida pela Nokia

Os dispositivos lançados pela Withings, além de belíssimos, se encaixam perfeitamente em nestas categorias, por incluírem smartwatches, pulseiras fitness, balanças inteligentes, babás eletrônicas, termômetros, câmeras de monitoramento doméstico, e muitos outros.

Desde o acordo com a Microsoft, a Nokia também vendeu a subdivisão de mapas HERE para um consórcio de montadoras de automóveis alemãs, licenciou sua marca para uma fabricante chinesa, que produziu o primeiro tablet com entrada USB-C do mundo e no início de 2016 surpreendeu ao lançar a Ozo, uma câmera profissional para realidade virtual que filma em 360º e custa nada menos do que 60 mil dólares.

Fonte: Nokia, Withings

steel frontal white - Nokia compra Withings por $191 milhões para entrar no mercado de wearables

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via