Princess peach showtime

REVIEW: Princess Peach Showtime faz da princesa a heroína da vez!

Avatar de eduardo rebouças
A Princesa Peach brilha em mais uma aventura solo dando um tremendo de um show nos palcos!

Princess Peach Showtime finalmente chegou e coloca a Princesa do Mario como a estrela de um game só dela. Confira a seguir nosso review completo!

Uma princesa que gosta de colocar a mão na massa

Princess peach showtime
Yee-pee-kayay-*CENSURADO* (Imagem: Nintendo)

Poucos devem saber, mas Princess Peach Showtime não é o primeiro título em que a Princesa assumiu o lugar de protagonista. Em 2006, ela assumiu a ponta de Super Princess Peach, um jogo de plataforma no qual era a vez de ela salvar Mario e Luigi. Considerado por alguns um lançamento com um certo tom de machismo por fazer das emoções da moça seus poderes, acabou esquecido pelo grande público.

Não podemos nos esquecer também de seu papel importante em Super Mario Bros. 2, lá atrás no Nintendinho, quando ela fez parte do elenco principal pela primeira vez, ou das muitas vezes em que participou das corridas alucinantes dos games da série Super Mario Kart e das mirabolantes partidas de tabuleiro dos muitos Mario Party. Ela até vestiu as chuteiras para jogar beisebol e nosso querido futebol em outros títulos, mas sozinha, em seu próprio jogo, ela teve poucas oportunidades para brilhar de fato. 

É aí que vem a grande oportunidade de Princess Peach Showtime de se firmar como o primeiro grande jogo próprio da Princesa. E nisso ele acerta em cheio, sem a necessidade de apelar ou ter sequer um cabelo do bigode de Mario. Este novo capítulo da história traz consigo todo o charme, elegância e apoderamento da personagem numa aventura muito divertida. 

Abram as alas, a grande estrela chegou!

Princess peach showtime
Pega ladrona!! (Imagem: Nintendo)

Longe de ser difícil de jogar, ele é uma excelente pedida para o público mais inexperiente, mas mesmo assim não deixa de lado os fãs mais ardorosos, trazendo todo o esplendor e espírito da franquia Super Mario, só que com a cara da Peach, destacando suas qualidades e elementos que fazem dela uma personagem única entre todos os que compõem o grupo. E isso não se dá só porque ela é uma mulher, algo que Super Mario Bros. – O Filme explorou muito bem: a Princesa também é uma guerreira, só que do jeito especial dela.

Tudo começa quando a Princesa recebe um convite para ir visitar a Torre Esplendor, uma renomada casa de teatro do Reino dos Cogumelos. Ao chegar, ela acaba entrando de cabeça em uma jornada pelos palcos mágicos quando a malvada Rubi e sua Trupe dos Uvaparsas invadem o local e roubam a coroa dela, capturando muitos dos pobres Ribaltinos, os simpáticos seres que cuidam da Torre. 

Cabe a Peach dar um trato nos bandidos, e para isso, ela conta com a ajuda de Estela, uma simpática estrelinha falante capaz de mudar o figurino da nossa heroína com o poder da sua fita de cabelo, dando à regente dos Cogumelos poderes sensacionais. Será que essa dupla será capaz de dar conta do recado? 

Cada fase de Princess Peach Showtime se dá em uma peça de teatro diferente, dividida em várias telas. Nelas, você pode encontrar estrelas escondidas, usadas para comprar vestidos para a Princesa e Estela no saguão da Torre. A grande novidade é que em toda peça do jogo, um novo traje é revelado, dando a nossa protagonista poderes mágicos incríveis e super legais. Alguns, como o da espadachim, dispensam explicações, mas outros, por exemplo a de confeiteira, requerem mais atenção, porque são usados em minigames de habilidade.

Há também momentos em que Princess Peach Showtime te desafia como jogador, especialmente quando se quer coletar tudo o que pode ser pego em todas as peças de teatro, já que nem sempre o objetivo é óbvio. Muitas vezes, ele está escondido a plena vista, mas como objetos nas fases tendem a não se destacar, é necessária uma atenção redobrada para completar a lista de afazeres e realmente ver tudo o que o jogo tem a oferecer.

Paralelos inesperados com outros jogos da Big N

Princess peach showtime
Sem Linguado? Sem problema! (Imagem: Nintendo)

Como todo bom novo título da Nintendo, este também conta com lutas contra chefes, e me arrisco a dizer que as daqui são algumas das melhores e mais criativas desde Luigi’s Mansion 3, estrelado pelo irmão do encanador mais famoso dos videogames. Aliás, não é só nos chefes que os dois têm muito em comum, mas também na estrutura de progressão das duas aventuras. Tanto com Peach quanto Luigi é possível se jogar as fases na ordem que bem entender, e elas são divididas em grupos, para então dar acesso a mais locais do teatro, no caso de Princess Peach Showtime.

Apesar de nenhum dos dois serem games com grandes desafios, o paralelo entre eles continua quando o assunto é qualidade e pura simpatia. Este segundo título estrelado pela Princesa esbanja charme e bom humor, não só por causa da moça, mas também pelas diversas piadinhas e trocadilhos contidos no roteiro que, diga-se de passagem, foi muito bem localizado para o nosso idioma. Basta ver o nome da trupe de vilões que já dá pra se ter uma ideia do quanto os tradutores se esforçaram para adaptar praticamente tudo de Princess Peach Showtime para deixá-lo o mais engraçado e redondo possível.

Todos esses poderes e brincadeiras novos não seriam de nada se o jogo em si não fosse divertido de jogar e nisso ele tira um belo 10. De jogabilidade simples, porém muito variada, toda fase traz uma proposta nova, o que confere ao show de Peach um tom um tanto quanto sortido de sabores diferentes. Obviamente, alguns gostarão mais das telas com mais ação, enquanto que outros vão preferir as focadas em minigames, mas há tanto para se ver e fazer que acaba realmente havendo de tudo um pouco, uma verdadeira salada.

Show de cores e alegria a todo momento

Princess peach showtime
Corre, Princesa! O show não pode parar! (Imagem: Nintendo)

Se há um aspecto em que Princess Peach Showtime peca um pouco é o técnico, com quedas de performance em alguns momentos, alguns dos quais um tanto inesperados, como durante as telas de carregamento, já em outros, quando há muito acontecendo ao mesmo tempo. São pontos isolados, mas mesmo assim presentes, que a gente percebe ainda mais em um jogo tão bonito quanto este.

E realmente, ele é um dos mais caprichados visualmente, não perdendo em nada para outros dos lançamentos exclusivos para o Switch. Personagens são bem animados e mesmo de visual mais limitado, conseguem transmitir muita personalidade, inclusive a grande vilã, Rubi, que é basicamente uma máscara gigante. 

A Princesa é de longe a que mais traz detalhes, o que é de se esperar. Todos os trajes conferem a ela ciclos de animações totalmente novos, sem falar em como os desenvolvedores conseguiram fazer todos eles combinarem com o jeito de ser dela sem perder a caracterização e funcionalidade. E mesmo sem falar muito fora os gritinhos e curtas frases isoladas, essa é tranquilamente uma das vezes em que ela mais se comunica e se expressa com a gente, o jogador.

Em termos de trilha sonora, Princess Peach Showtime, mesmo sem contar com as músicas clássicas do universo do Super Mario consegue nos levar para ele e ao mesmo tempo manter uma identidade própria, só sua. Para cada um dos temas das peças, a música acompanha a ação muito bem, sem sobrepor o que está acontecendo, mas também sem sumir ao fundo. É do tipo de musical que condiz com o padrão da Nintendo, se sobressaindo em poucas das fases, mas nada que grita *clássico* como um Super Mario Bros. 3 da vida.

Preço e disponibilidade

Princess Peach Showtime chegou às lojas e na eShop no último dia 22. A mídia física do jogo pode ser encontrada pelo novo preço padrão de lançamentos do Switch, R$349. Se você optar por comprar a versão digital, vale a pena dar uma pesquisada para conseguir cartões pré-pagos mais em conta, mas a etiqueta será a mesma que a do cartucho.

E não se esqueça que este jogo faz parte da lista de títulos que podem ser adquiridos com o voucher da eShop que dá acesso a duas cópias digitais de jogos do catálogo através da assinatura Nintendo Switch Online. Então, se estiver com um deles bobeando no seu bolso, é possível gastá-lo com Princess Peach Showtime

E então? Princess Peach Showtime vale a pena?

Para aqueles em busca de sua nova grande distração no Switch, este é um jogo que trará exatamente isso, um presente envolto de muita cor e bom humor a todo o momento. É um jogo difícil? Longe disso, mas diverte e muito, e há bastante conteúdo para ser destravado e aproveitado caso você queira continuar jogando depois da cortina fechar e a história acabar.

Princess Peach Showtime é outro dos lançamentos da Nintendo que chega ao Switch com uma temática que vendo de longe só viria a agradar uma parcela do público, mas o resultado é um jogo que tranquilamente cairá nas graças de todos, por se tratar de um game que eleva a personagem a um patamar muito além de mera vítima para ser salva pelo Mario e sim alguém capaz de se virar tranquilamente sozinha.

Distantes estão os dias em que Peach era só alguém para embelezar a tela final de um jogo, ou servir de personagem coadjuvante, uma participação especial em uma apresentação em que o destaque recai sobre o amigo de macacão vermelho. Ela chegou para ficar e se Princess Peach Showtime é uma amostra do que essa garota é capaz, tragam mais e mais jogos com ela como protagonista, sim!

VEJA MAIS!

Revisão do texto feita por: Pedro Bomfim

Princess Peach Showtime

Princess Peach Showtime
88 100 0 1
88/100
Total Score
  • Gráficos
    90/100 Incrível
    Em si, os gráficos são lindos. O que acaba tirando uns pontos da nota são as quedas de quadros e travadinhas, mesmo sendo eventos isolados, ainda acontecem. Com sorte, uma correção será lançada para ajudar com isso.
  • Som
    80/100 Ótimo
    Trata-se de uma trilha sonora que não foge da qualidade da Nintendo, sem se sobressair muito nem desagradando. Praticamente não há falas no jogo, o pouco que há ajudam a conferir mais personalidade aos bonequinhos.
  • Jogabilidade
    90/100 Incrível
    As transformações são muito divertidas e variadas e o jogo faz bom uso delas no decorrer da aventura.
  • Diversão
    90/100 Incrível
    Princess Peach Showtime é pura graça do começo ao fim e traz conteúdo de bônus para aqueles que gostam de fazer 100%. 

Prós

  • O jogo é colorido, cheio de charme e muita variedade;
  • Princess Peach como você nunca viu;
  • Quero comer todos os doces que a Peach confeiteira prepara;

Contras

  • Seria legal poder voltar a partes específicas das fases para achar colecionáveis sem ter que jogá-las depois por completo;

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados