Conecte-se conosco
BOOM unboxing otimizadas 06 - Review: Quantum Boom

GADGETS

Review: Quantum Boom

A Quantum Boom não apenas oferece uma excelente qualidade de áudio, mas também combina com qualquer ambiente da casa.

Caixas de som portáteis se popularizaram por diversos motivos. Com o passar do tempo, a qualidade de som foi aumentando de forma considerável, enquanto seus preços ficaram cada vez mais acessíveis. Isso, claro, sem deixar de lado sua principal característica: a portabilidade. Este ponto, aliado à qualidade de som superior desses equipamentos (comparado à maioria de notebooks e smartphones), fez com que vários fabricantes se interessassem em explorar esse mercado. Este o caso da Quantum, que está expandindo seu portfólio de produtos com a Boom.

Será que a Boom tem o que é necessário para se diferenciar da multidão? Afinal, caixas de som Bluetooth são encontradas em qualquer esquina, galeria e até mesmo em certas livrarias. Muitas delas, não vamos mentir, não prezam muito pela qualidade (sendo bastante polidos). E é exatamente isso que diferencia a Quantum Boom. Nossa análise será um pouco diferente das demais, onde destacaremos os pontos que gostamos e os que esperávamos mais.

O que gostamos

Em primeiro lugar, o próprio design da Quantum Boom. Certamente chama a atenção em qualquer ambiente da casa, já que vem com uma construção de alumínio que dificilmente desagradará o consumidor. Além de, claro, oferecer uma boa resistência mecânica em caso de acidentes.

IMG 0339 - Review: Quantum Boom

O formato da Boom não é apenas estético. O áudio é projetado de forma omnidirecional, ou seja, você não precisa se preocupar em “apontá-la” em uma certa direção. Isso sem deixar de lado a boa potência de 15 watts, capaz de preencher a maioria dos ambientes com som sem grandes problemas com excelente qualidade, considerando suas dimensões. Naturalmente, não é capaz de competir com um mini system, ou um home theater, mas é uma potência interessante para um produto que funciona à bateria.

IMG 0331 - Review: Quantum Boom

Não encontramos a capacidade de bateria em mAh, mas a Quantum promete até 5 horas de autonomia. Em nossos testes, com o volume no máximo, conseguimos pouco menos de 4 horas, de forma que a autonomia varia conforme o volume. Mais ainda, com os graves habilitados. A Boom usa a tecla central para ativar a “tremedeira”, reforçando os graves. De fato, melhora consideravelmente a qualidade de algumas músicas específicas. Além de, literalmente, tremer a mesa em volumes mais altos.

O que não gostamos

Um ponto nos incomodou bastante, em particular. O carregador da Boom usa um conector específico, alimentando-a através de uma saída DC. Até entendemos essa escolha sob o ponto de vista técnico, considerando a potência de carregamento (9,5V, 1,5A), não usando 5 volts, como a maioria dos carregadores de smartphones. Mas, é bom não perdê-lo, já que será difícil encontrar um carregador semelhante. Ainda mais um de qualidade.

IMG 0333 - Review: Quantum Boom

O segundo ponto é que não há uma entrada P2: a Boom só reproduz áudio via Bluetooth. Ainda que essa seja sua função primária, seria interessante poder conectá-la com um cabo analógico, pensando em equipamentos como PCs ou qualquer outro que não tenha Bluetooth.

IMG 0344 - Review: Quantum Boom

Por falar em Bluetooth, que geralmente implica em um alcance de 10 metros, não verificamos isso na prática. Na verdade, nos pareceu que enquanto o som é omnidirecional, a antena não é. Dependendo do lado que a Boom está em relação ao smartphone, a transmissão melhora ou piora.

Conclusão

Ainda que conte com alguns incômodos, a Quantum Boom é certamente uma das melhores caixas de som portáteis que chegamos a experimentar. Os pontos que não gostamos são ofuscados pela excelente qualidade de áudio, algo que diversos modelos concorrentes não conseguem oferecer.

IMG 0335 - Review: Quantum Boom

Pelo menos não por um preço razoável, já que a Quantum Boom pode ser encontrada na loja da empresa pelo valor sugerido de R$ 399. Em nossa experiência, concorrentes com qualidade similar costumam cobrar pelo menos o dobro disso. No fim das contas, é um produto com identidade Quantum: oferece o que promete sem cobrar um absurdo por isso.

Quantum Boom

BOOM unboxing otimizadas 06 - Review: Quantum Boom
8.3

Design

9.0/10

Material

9.0/10

Qualidade de som

8.5/10

Preço

8.0/10

Bateria

7.0/10

Pros

  • Qualidade de som
  • Design
  • Custo-benefício

Cons

  • Conector DC
  • Sem entrada P2
  • Alcance variável da conexão Bluetooth
Continue lendo
Advertisement

Apaixonado por livros e ávido devorador de conteúdo, passa um bom tempo separando o que é informação e o que é ruído.

Comentários
Subir