Review: ruined king continua a saga de viego e a ruína. Chegando sem muita antecipação, ruined king une o universo de league of legends a um sistema tradicional de rpg por turnos de maneira divertida e interessante

REVIEW: Ruined King continua a saga de Viego e a Ruína

Avatar of lucas gomes
Chegando sem muita antecipação, Ruined King une o universo de League of Legends a um sistema tradicional de RPG por turnos de maneira divertida e interessante

Lançado sem muitas expectativas e anúncios, Ruined King é um jogo offline da Riot Games, dando mais espaço aos eventos que foram vistos em seus jogos no meio do ano — especialmente sobre Os Sentinelas da Luz contra Viego, o Rei Destruído. Aqui temos mais algumas informações sobre vários dos acontecimentos que rondam toda a tragédia de Isolde, tendo como foco Águas de Sentina, as Ilhas das Sombras e alguns campeões específicos. Confira!

Mais um jogo da Riot Games

Ruined King deveria ter sido lançado há algum tempo, porém, com o impacto da pandemia do COVID-19, o jogo — bem como muitas outras produção da Riot, como a animação Arcane — foi adiado para outro período. Após alguns meses deste pronunciamento, o jogo finalmente chegou para as plataformas PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC (através da Steam, Epic Games Store e GOG).

Viego, o rei destruído. Reprodução: ruinedking. Com
Viego, o Rei Destruído. (Reprodução: Riot Games)

Basicamente o jogo conta um pouco mais sobre a história de Viego, o Rei Destruído, que houvera instalado A Ruína em partes de Runeterra, o mundo no qual os jogos de League of Legends são ambientados. A título de curiosidade, o jogo Mayhem Hextech também foi disponibilizado, este sendo protagonizado pelo campeão piltovense, Ziggs.

Apresentando os personagens

Cada campeão tem uma função diferente no grupo, sendo eles únicos, mas alguns semelhantes entre si. Comparativamente, todos eles são bastante semelhantes com o que vemos em League of Legends:

  • Ahri: suporte, dano, status anormais aos inimigos;
  • Braum: tank e suporte;
  • Illaoi: lutadora, tank e suporte;
  • Miss Fortune: dano focado em alvos múltiplos;
  • Pyke: dano massivo;
  • Yasuo: dano baseado em crítico.

Algumas coisas são atribuídas exclusivamente à Ruined King — por exemplo, o fato de Illaoi, sendo uma sacerdotisa, possuir habilidades de cura e ressurreição.

Somos apresentados ao jogo e suas mecânicas básicas no controle de Sarah Fortune. Apesar de ser popularmente conhecida como Miss Fortune, ou simplesmente MF, a campeã é sempre retratada por seu nome de batismo no jogo. Com ela, aprendemos como funciona o sistema de lutas, seus turnos e outras funções.

Primeira cena de ruined king, protagonizada por sarah fortune. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Primeira cena de Ruined King, protagonizada por Sarah Fortune. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Logo depois disso, somos apresentados a Illaoi, A Portadora da Verdade. Ela diz que a deusa Nagacáburos, pelo qual é completamente fiel, revelou um inimigo a caminho de Águas de Sentina, sendo ela a responsável por combatê-lo.

A portadora da verdade informando que deverá cumprir seu papel de guardiã em breve. Reprodução: lucas gomes/ruined king
A Portadora da Verdade informando que deverá cumprir seu papel de guardiã em breve. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Quem acompanha a história de League of Legends provavelmente se deparou com a animação Irmãos da Lâmina Manchada, apresentando, em supra, a relação de Yasuo com Yone, bem como a morte deste último. Ao final do vídeo, vemos que Yasuo parte num navio com uma figura misteriosa — ou nem tanto assim…

O nome em interrogação mostra que yasuo (e teoricamente o espectador) ainda não sabia da identidade de ahri. Reprodução: youtube
O nome em interrogação mostra que Yasuo (e teoricamente o espectador) ainda não sabia da identidade de Ahri. (Reprodução: YouTube)

O que ninguém sabia é que este seria o início do jogo Ruined King, que havia sido anunciado um ano antes deste vídeo, em 2019. Ambos os ionianos chegam às Docas de Águas de Sentina e, apesar de parecerem um dupla, cada um possui seu próprio interesse no local — sendo o de Yasuo um pouco menos específico do que de Ahri.

Escudo de braum afundando no mar. Reprodução: lucas gomes/ ruined king
Escudo de Braum afundando no mar. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Vindo dos picos gelados de Freljord, Braum é mais um campeão que se junta ao time em Ruined King. O grandalhão tenta chegar a Águas de Sentina sem muitos recursos, bastando apenas um amigo poro, seu escudo gigante — que, na verdade, é uma porta mágica — e seu coração quente, capaz de proteger qualquer um. O campeão foi tragado pelo mar, mas foi salvo por alguns cidadãos de Águas de Sentina, tendo seu escudo, infelizmente, perdido.

Review: ruined king continua a saga de viego e a ruína. Chegando sem muita antecipação, ruined king une o universo de league of legends a um sistema tradicional de rpg por turnos de maneira divertida e interessante
REVIEW: Ruined King continua a saga de Viego e a Ruína

Pouco depois, encontramos o último campeão que se junta ao grupo: Pyke. Infelizmente esse campeão não teve muito destaque durante a jornada, mas sua presença é imprescindível. Inclusive tenho a impressão que sua cena pós-crédito foi inclusa justamente para compensar a certa ausência que há no contexto do campeão no jogo — ou talvez seja um prólogo do que há de vir.

Thresh em sua forma humana conduzindo viego às águas das bênçãos. Reprodução: lucas gomes/ruined king.
Thresh em sua forma humana conduzindo Viego às Águas das Bênçãos. Reprodução: Lucas Gomes/Ruined King.

Outros campeões também são exibidos durante a jornada, como Maokai, Gangplank, Thresh e, claro, o próprio Rei destruído, Viego. Eles trazem mais informações sobre A Ruína, bem como ajudam nossos campeões a restaurar a ordem. Porém, nem todos eles são aliados dos nossos amigos.

Como funciona a gameplay

Ruined King é um RPG de turnos, muito semelhante a jogos que representam esse estilo. Apesar dos seis campeões jogáveis, o grupo comporta apenas três campeões para as viagens, bem como nas lutas. E mesmo não estando em companhia dos demais membros, ao vencer uma batalha, os outros campeões também recebem a recompensa de experiência, dando mais oportunidade do jogador em fazer diversas combinações de equipe.

Assim como muitos RPGs de turno, você anda pela masmorra (dungeon, ou simplesmente pelo mapa), encontra inimigos e, se “encostar” neles, o combate é iniciado — bem ao estilo Final Fantasy, tendo a tela retorcida durante o encontro.

Ao encontrar um inimigo, a tela ficará sob efeito visual antes de começar a batalha. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Ao encontrar um inimigo, a tela ficará sob efeito visual antes de começar a batalha. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Quando a batalha é iniciada, vemos que há a Barra de Iniciativa, onde são exibidos os ícones dos campeões, inimigos e das Dádivas. Os ícones correm da direita para a esquerda, conforme a batalha se desenrola, e quando um ícone chega ao final dela, ou seja, na extremidade da esquerda, aquele campeão ou inimigo fará sua ação. Já as Dádivas são eventos positivos que, se o ícone do campeão estiver em cima dela quando chegar ao final, este campeão receberá algum bônus, sendo um escudo, cura ou aumento de ataque (entre outros).

Ao contrário da dádiva, as ameaças são espaços que, se o ícone do campeão estiver em cima, lhe causará algum efeito negativo. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Ao contrário da Dádiva, as Ameaças são espaços que, se o ícone do campeão estiver em cima, lhe causará algum efeito negativo. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Ao posicionar um campeão numa Rota, ela funcionará da seguinte maneira:

  • Rota de Velocidade (superior): realizará aquela ação mais rapidamente, porém com resultados abaixo da média;
  • Rota de Equilíbrio (meio): realizará aquela ação num tempo razoável e com um resultado médio;
  • Rota do Poder (inferior): realizará aquela ação de forma mais demorada, porém com resultados além do esperado.

Caso você esteja andando e encontre algum inimigo sob algum efeito aleatório no mapa, como gases tóxicos, a luta exibirá uma Ameaça na Barra de Iniciativa. Evite-a para não ser afetado pelo dano. Caso você encontre alguma batalha que não apresente Dádivas ou Ameaças, será exibido um Curinga no início, pelo qual exibirá o que pode aparecer na Barra de Iniciativa.

A região curinga poderá te ajudar com efeitos aleatórios. Reprodução: lucas gomes/ruined king
A Região Curinga poderá te ajudar com efeitos aleatórios. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Tudo isso pode parecer confuso, mas, no decorrer do jogo, você vai se adaptando à mecânica. E para ajudar nisso, você pode escolher o Modo de Análise, assim você confere qualquer status que estiver em jogo, sendo ele positivo ou negativo, bem como checa as habilidades e poderes que seus inimigos podem estar carregando naquele momento.

Confira tudo no modo análise. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Confira tudo no Modo Análise. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Apesar do sistema de conjuração através das Rotas, todos os campeões também possuem movimentos Instantâneos, que podem ser comparados aos Ataques Básicos do LoL. Através dos Instantâneos, geralmente é possível geralmente atacar, se proteger ou causar algum efeito específico daquele campeão. Lembrando que conjurar através das Rotas consome mana, então fique ligado!

Tá com pouca vida? Fuja, recarregue as energias e volte com tudo! Reprodução: lucas gomes/showmetech
Tá com pouca vida? Fuja, recarregue as energias e volte com tudo! (Reprodução: Lucas Gomes/Showmetech)

Ainda na tela de combate, ao lado esquerdo, você confere opções como: Golpe Rápido, que faz os campeões usarem o “Ataque Básico” imediatamente; a Velocidade de combate, que permite deixar a luta mais rápida; e Fugir, que te concede uma chance de escapar daquela luta. Vale lembrar para esse último caso que, se obtiver sucesso, você e o inimigo retornarão ao local onde se encontraram, então cuidado para não topar com ele novamente.

Sistema de itens

Sessão de equipamentos. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Sessão de equipamentos. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

Assim como em League of Legends, Ruined King traz um sistema completo de itens para customizar seus personagens, sendo possível equipá-los com uma Arma, Armadura, Anel, Pescoço e Amuleto. As Armas que são equipadas são exibidas, inclusive, enquanto você está andando pelo mapa, e não somente durante as batalhas. Ainda há a função de Encantar as armas, concedendo alguns bônus que com certeza te ajudarão na jornada.

Habilidades e runas

Sessão de habilidades. Reprodução: lucas gomes/ruined king
Sessão de habilidades. (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

É clar que não existiria um jogo spin-off de LoL sem os “poderzinhos”. Cada personagem possui 3 ações instantâneas, 4 habilidades de Rotas e 3 Ultimates. Sem falar que cada um possui, também, a “Habilidade de Masmorra“, oferecendo a chance de acertar algum inimigo com seu golpe especial iniciando o combate. Porém, dependendo da Habilidade de Masmorra, um pequeno dano será desferido no inimigo com algum efeito de acordo com cada campeão.

Conclusão

Runeterra é um universo completamente amplo que, apenas com League of Legends, conseguiu ir além do esperado e não ficou apenas no MOBA, sendo visto em diversos jogos — inclusive no recente Ruined King. O jogo, que é dublado e legendado em português, é um prato cheio para os fãs. Se você é um jogador de RPG, você provavelmente vai gostar. Agora se você acompanha a lore do universo de LoL, vai ser melhor ainda.

Review: ruined king continua a saga de viego e a ruína. Chegando sem muita antecipação, ruined king une o universo de league of legends a um sistema tradicional de rpg por turnos de maneira divertida e interessante
Quais serão os três campeões que você usará para enfrentar o Rei Destruído? (Reprodução: Lucas Gomes/Riot Games)

As cenas e a trama, como um todo, trazem tudo o que poderíamos esperar do título. Também não posso deixar de falar nos quebra-cabeças que podem até te deixar confuso, mas são muito inteligentes e satisfatórios de resolver. Claro, há ainda alguns bugs que espero serem ajustados com o tempo, mas nada que estrague a experiência como um todo. Vale a pena conferir como esses seis campeões tiveram de unir forças conta o Rei Destruído.

Veja também:

E FPS, vai um Battlefield 2042? Confira a nossa análise!

Ruined King - Uma história de League of Legends

Ruined King - Uma história de League of Legends
9 10 0 1
Divertido, emocionante e cheio de história. Mesmo você que não acompanha a história de League of Legends, também está convidado a conhecer o que esse spin-off tem a oferecer.
Divertido, emocionante e cheio de história. Mesmo você que não acompanha a história de League of Legends, também está convidado a conhecer o que esse spin-off tem a oferecer.
  • Gráficos
    9/10 Incrível
    Há transição de um tipo de gráfico para outro, mas em geral, todos são apresentados muito bem
  • Áudio
    10/10 Excelente
    O fator "dublado em português" por si só já traz uma experiência incrível
  • Dificuldade
    8/10 Ótimo
    Em muitos momentos, sejam eles puzzles ou lutas contra boss, vai exigir paciência e análise do que é apresentado, mas nada extremamente difícil (joguei na dificuldade normal)
  • História
    10/10 Excelente
    Enredo incrível, principalmente para quem já acompanha a história. Vale a pena conferir todas as animações e eventos
  • Valor
    6/10 Normal
    Como de costume, os valores para PC são bem mais em conta do que para consoles, sendo esse último por R$ 70 e nos consoles entre R$ 130 e R$ 160 - ainda há a versão deluxe, mais cara
9/10
Total Score iRuined King Review

Prós

  • Não precisa conhecer a história do LOL pra jogar e entender o enredo
  • Não precisa upar (muito) para conseguir progredir
  • Gráficos e áudios ótimos
  • Valor para PC vale a pena
  • Compatibilidade total entre teclado e controle

Contras

  • Alguns bugs nos menus ou masmorras podem atrapalhar
  • O valor para console é elevado, mesmo na versão padrão
  • O sistema de batalha pode ser confuso

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
11
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados