Sony Xperia Z1 – À Prova D’Água “Pero No Mucho?”

Sony Xperia Z1 - À Prova D’Água “Pero No Mucho?” 6

Xperia Z1

Houve grande rebuliço no mercado quando a Sony lançou o Xperia Z1, não só pelos specs dignos de um aparelho top de linha, mas também pela anunciada resistência a água com IP 58. Foi o primeiro aparelho de grande escala lançado oficialmente como à prova d’água. Inclusive durante o evento de lançamento do Z1, a Sony providenciou um grande aquário onde um mergulhador, com tanque de ar e tudo, batia fotos dos convidados usando um aparelho Z1.

O Índice IP

IP, Ingress Protection em inglês, significa literalmente proteção a entrada. Primeiro Dígito: proteção a entrada de objetos sólidos, inclusive poeira. O segundo dígito: proteção a entrada de líquidos. O Xperia Z1 é anunciado com IP 58. Pela tabela de classificação, o 5 indicaria que o aparelho permite entrada de um mínimo de poeira, que não interfiram no seu pleno funcionamento e o índice 8 para líquidos, indicaria que o aparelho pode ser imerso em água além de 1 metro e que o equipamento é adequado para uso em imersão contínua em água. A tabela reforça que as condições para essa imersão devem ser especificadas pelo fabricante. Normalmente, significa que o equipamento é hermeticamente selado. Entretanto, com certos tipos de equipamento, pode significar que é permitida a entrada de água, mas de maneira que não produza efeitos nocivos.

Entrou Água, e agora?

Passados alguns meses, me surpreendi ao saber que os proprietários de aparelhos Z1 estavam tendo dificuldades e perdendo a garantia de seus aparelhos quando o defeito estava relacionado a entrada de água nos mesmos. Basta uma procura rápida na internet para perceber significativo número de usuários reclamando de entrada de água nos celulares Sony Z1 e que as garantias estão sendo negadas pelas assistências quando isso acontece.

Testes

Do ponto de vista da assistência, os aparelhos Z1 que apresentam sinais de umidade são testados numa oficina específica. Esses testes verificam a integridade da carcaça via ar comprimido e há verificação de marcadores nas portas, que mudam de cor quando entram e contato com água.

Ouvindo a Sony

Para orientar melhor os proprietários de Xperias Z1 que tiveram seu aparelho danificado ou que pretendem manter os seus intactos, resolvemos ouvir o posicionamento da Sony. Segundo Fernando Barros, Gerente de Pós Venda da Sony Mobile no Brasil: “A Sony Mobile presa pela qualidade de seus produtos e serviços, bem como a satisfação dos nossos consumidores. Nós reforçamos que o Xperia Z1 é à prova d’água, de acordo com a certificação IP58, e que estamos revisando todos os casos que entram em contato conosco ou nossos parceiros. Reforçamos que o número de reclamações é muito pequeno comparado as vendas deste produto.”

Recomendações

A Sony nos enviou ainda uma série de recomendações com relação à Função À Prova D’Água para os donos de aparelhos Z1 que reproduzimos a seguir.

“Procedimentos adequados/recomendados para o uso da função À Prova D’Água: Tampar todas as portas do smartphone. A única que pode ficar aberta é do fone de ouvido. Submergir o smartphone somente por 1,5m e por 30 minutos. Usar somente em água doce. A Sony sempre recomenda o uso de seus aparelhos à prova d’água somente na água doce. Caso o aparelho caia na água salgada ou tenha contato com maresia, lavar imediatamente em água doce corrente. O IP 58 é o máximo que um dispositivo com a função de submergir na água pode alcançar.”

Lembretes

Lembramos que a água salgada possui elementos corrosivos à borracha das vedações e mesmo equipamentos específicos para mergulho submarino, lanchas, jet skys e afins precisam lavados com água doce tão logo terminado o contato com a água salgada. Também é importante respeitar o limite para submersão, pois dentro da água as pressões crescem rapidamente a cada metro. Ficar dentro da margem de segurança é a primeira recomendação quando se  inicia qualquer ação dentro d’água, mesmo que seja só para diversão. Os consumidores que quiserem mais informações podem entrar em contato com a Sony através dos canais de comunicação da fábrica.

4 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

  • O meu é uma bosta. A câmera frontal e trazeira são péssimas, muito ruído, fotos de baixíssima qualidade. Além de travar com frequência. Perde fácil para o meu Moto X.
    Não conecta à rede 4G. Mesmo configurando com a operadora. Ao tentar selecionar o provedor, para optar pela rede LTE, o aparelho perde o sinal e ainda diz que o cartão sim não está inserido!!
    Trava boa parte dos aplicativos, YouTube, IRONMAN 3, Asphalt 8, Thor OMS… App de email e tudo mais.
    Para piorar a SONY não se pronuncia de modo a resolver. Fica mandando email para entrar no site aff. Um aparelho tão caro, tinha que ter um pós venda à altura.

  • A água salgada não exatamente “corrói” borracha, ela desidrata e resseca, e a necessidade em se lavar em água doce corrente qualquer equipamento de mergulho se dá por este motivo, porém o ressecamento é gradual e os o´rings (anéis de vedação) destes equipamentos costumam durar bastante, inclusive quando utilizados em operações empresas de turismo de mergulho (operadoras) que fazem mais de um mergulho por dia e muitas vezes os equipamentos são mantidos na própria embarcação por período prolongado, sem ver água doce, e mesmo assim duram.

    Em muitos equipamentos de mergulho a borracha vem sendo desde a década de 90 sendo substituída pelo silicone injetável e outros produtos que possuem maior resistência ao ressecamento. A própria Sony utiliza um material bem resistente ao ressecamento nos o´rings de suas caixas estanques, poderia utilizar o mesmo material nos o´rings do Z1.

    Com relação a produtos à prova d´água, existem câmeras que podem ser submergidas em água salgada em profundidades maiores que 1,5m e elas costumam durar bastante, como alguns modelos da Olympus.

    Sou mergulhador desde 1986, instrutor de mergulho desde 2001 e fotografo sub amador e já tive diversos equipamentos de mergulho, das mais variadas marcas e modelos, inclusive câmeras e caixas estanque e os equipamentos eletrônicos à prova d´água costumam ser realmente à prova d´água dentro dos limites especificados pelo fabricante.

    Sou usuário Sony, tenho 2 notebooks, 1 netbook, câmera, aparelho de blueray, de DVD e outros e sou super satisfeito, mas se a Sony divulga que o Z1 é à prova d´água até 1,5m em água doce ele não deveria dar problemas se submergir nestas condições. E se a “borracha” é um dos motivos, porque não investir em material mais resistente? Pelo menos nos equipamentos de mergulho este investimento não refletiu em um aumento significativo no preço dos produtos para o consumidor final …

  • Eu tenho uma duvida,eles sempre resaltam ‘agua-doce’ isso inclui piscina de clubes/hoteis/etc ? Pergunto porque normalmente essas psicinas tem tratamento seja com clorou até sal especifico. Isso causa algum dano, deve ser evitado ? E em relação a sabão por exemplo? Usar no banho ou em uma banheira?