Conecte-se conosco
Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Android

Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Entenda a importância de se manter o email de recuperação de senha sempre atualizado e aprenda a alterá-lo nos serviços Google e Apple

setup ios turn on icloud 720x496 - Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Os últimos anos nos mostraram que, independentemente de você ser o presidente dos Estados Unidos ou um simples terceiro, segurança e privacidade digital devem prioridades ao disponibilizar seus dados pessoais na internet. Segundo informações de 2015, coletados pela Sophos Segurança Digital, mais de 30 mil sites são hackeados todos os dias, liberando informações dos mais diversos gêneros sobre os seus usuários.

Embora exista uma vasta quantidade de procedimentos que podem evitar o roubo das suas informações, queremos te alertar para risco do qual poucos se dão conta: os serviços de email e seus respectivos métodos de recuperação de senha.

Quem já se esqueceu de uma senha do Gmail ou do iCloud sabe bem como funciona a recuperação: você esquece a senha, pede pra que um link seja mandado para um email previamente determinado, cria uma nova senha e voilá: sua conta está acessível novamente.

funny it comics li anne dias coverimage - Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Além do risco de ciberataques, você mesmo pode precisar recuperar sua senha um dia

Pois bem, apesar deste ser um processo cômodo para o usuário, ele também pode ser burlado, principalmente porque muitas pessoas não adicionam um email válido, ou que realmente utilizem, nas suas contas de recuperação.

Ao manter esses dados desatualizados, você contribui para que os cibercriminosos recuperem a sua senha indevidamente e mais: corre o risco de, eventualmente, esquecer a senha e acabar sem uma forma de recuperar sua conta.

Justamente por isso, confira abaixo como atualizar os seus dados de recuperação de email nos serviços do Google e da Apple, como o iCloud:

Nos serviços da Apple

Captura de Tela 514 720x421 - Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Alterar o email de recuperação de senha nas suas contas Apple é um processo fácil de se realizar, basta que você siga os passos descritos abaixo:

  • Acesse a página de configurações da sua Apple ID;
  • Vá até a seção ‘Segurança’;
  • Clique no botão ‘Editar’, localizado no canto superior direito da seção;
  • Clique no pequeno ‘X’ e remova o email definido anteriormente;
  • Preencha o campo com o seu novo email de recuperação;
  • Noutra aba, acesse o email de recuperação e busque pelo código de verificação na caixa de entrada e de spam;
  • Com o código de verificação em mãos, volte à página de configurações da sua Apple ID e insira o código;
  • Prontinho: seu novo email de recuperação de senha está definido.

Em serviços do Google

Captura de Tela 511 720x497 - Tutorial: aprenda a alterar o seu email de recuperação de senha

Assim como acontece na Apple, alterar o email de recuperação de senha nos serviços do Google também é um processo bastante simples. Veja só:

  • Acesse o gerenciamento de conta do Google;
  • Selecione a primeira opção ‘Login & Segurança’;
  • Vá até a seção ‘Opções de recuperação de conta’;
  • Clique no email para editá-lo e defina um novo email de recuperação para a sua senha;
  • Tudo pronto 😉

Vale notar que, diferentemente dos serviços da Apple, o Google permite que um número de telefone também seja utilizado como um método de recuperar sua senha nos casos de esquecimento. Nestes casos, o funcionamento da recuperação é idêntico ao da recuperação via email, exceto porque você receberá o endereço de redefinição de senha via SMS.

Por fim, ressaltamos a importância de manter esses dados atualizados porque, por serem necessários para utilizar qualquer dispositivo Google (Android) ou Apple (iOS), as contas desses dois serviços dão acesso a outras contas instaladas no seu smartphone ou tablet.

Estas contas podem ser perfis de redes sociais ou dados de login noutros aplicativos, incluindo informações pessoais e até do seu cartão de crédito, caso você tenha os inserido posteriormente para alguma compra, por exemplo.

 

 

Continue lendo
Advertisement

19 anos, brasiliense, acadêmico de Direito e apaixonado por tecnologia, informação e entretenimento.

Comentários
Subir