10 séries para preencher o vazio pós-Game of Thrones

Jon Snow monta Rhaegal no primeiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
Reunimos algumas séries especialmente selecionadas para os fãs de Game of Thrones não ficarem desamparados após o término da série

Nossos domingos nunca mais serão os mesmos agora que Game of Thrones acabou. Sem dragões, sem esquemas políticos pelo Trono, sem conhecer mais sobre as outras casas de Westeros, as aventuras de Arya Stark pra lá do Mar Estreito e até sobre como ficará o amado Norte.

Mas calma: isso não significa que você precisará ficar com um vazio no peito no formato de Game of Thrones para sempre. Este post é exatamente para te ajudar a seguir em frente antes de sentir vontade de rever as oito temporadas.

Sor Davos e Jon Snow na prévia do 5º episódio de Game of Thrones.
Sor Davos e Jon Snow na prévia do 5º episódio de Game of Thrones

Esta seleção contém outras séries da HBO, que usaram a super produção para garantir que a série seja um sucesso, além de outros seriados que possuem o mesmo esquema de misturar fantasia com elementos atuais, misturam história e fantasia, e com personagens engenhosos e apaixonantes que amamos odiar.

Antes de falarmos das séries….

Game of Thrones não acabou de vez. Afinal, ainda existem os livros de George R.R. Martin, As Crônicas de Gelo e Fogo, nos quais a série da HBO foi baseada. Isso significa que o final que tivemos da série não é, necessariamente, o final que o criador pensou para encerrar a saga. Sem falar que nos livros existem mais personagens, mais tramas e todos os dragões continuam vivos.

Afinal, a série teve que ser encerrada em seis episódios. Nos livros, Game of Thrones terá mais dois, com mais de 3000 páginas de acordo com Martin. Embora ele ainda esteja trabalhando no sexto e nem tenha começado o sétimo, ele garantiu que As Crônicas de Gelo e Fogo terão sete volumes para finalizar as trajetórias de Daenerys Targaryen, Jon Snow, Arya, Sansa e todos os outros personagens.

Séries para os órfãos de Game of Thrones

Mas como ainda falta (bastante) tempo para que George R.R. Martin lance os novos livros, temos muito (muuuuuuuuito mesmo) tempo para ocupar antes de podermos entrar novamente no universo de Westeros – pelo menos, até a primeira spin-off ser lançada, lá em 2021. de acordo com especulações.

Por isso, confira essa lista com 10 séries que vão te ajudar a superar o luto causado pelo fim de Game of Thrones:

Vikings

Você já assistiu Vikings? A série entra na lista das favoritas dos fãs de Game of Thrones. Ela possui cinco temporadas até agora e conta a história de guerreiros vikings que se envolvem com magia, rituais vikings e muitas, muitas batalhas épicas. A sexta temporada de Vikings está prevista para estrear ainda neste ano.

The Last Kingdom

Baseada nos livros de Bernard Cornwell, a série conta a história de Uhtred, um jovem guerreiro que luta para recuperar a terra dos seus ancestrais e vingar o seu pai. O seriado já possui 3 temporadas. A partir da segunda, ele foi comprado pela Netflix. De acordo com o site Bleeding Cool, as filmagens para a quarta temporada já começaram e a nova leva de episódios deve estrear no ano que vem.

Knightfall

Se você quer mais série com teor medieval, Knightfall deve entrar na sua lista. A série mostra os Cavaleiros Templários, as Cruzadas, e como eles perderam tanto a Terra Santa quanto o Santo Graal. Por enquanto, Knightfall tem duas temporadas.

Westworld

Agora, entramos na lista de séries aclamadas e feitas com o super time da HBO. Westworld é meio Black Mirror, abordando um futuro tecnológico não muito distante e usando alguns objetos e tendências que farão parte do nosso futuro, como consciência artificial, por exemplo (quem sabe?).

A diferença é que a série, diferente de Black Mirror, mantém uma narrativa de uma história através dos episódios em vez de várias histórias diferentes contadas em cada episódio da temporada. Westworld é um parque de diversões que permite aos seus visitantes viverem em suas fantasias utilizando uma consciência artificial. A ideia é que não exista qualquer consequência, não importa até que ponto você queira ir em seu sonho.

A série já possui duas temporadas e a terceira irá estrear em 2020 na HBO.

His Dark Materials

Lembra de A Bússola de Ouro? O filme baseado em uma série de livros apenas adaptou o primeiro volume. Agora, a HBO pretende adaptar a série toda em um seriado cheio de fantasia e explorando o lado mais sombrio da história. A série fala sobre uma garotinha que compartilha sua alma com um animal que vira seu melhor amigo – contada na saga de livros Northern Lights. A saga inglesa é escrita por Philip Pullman e o primeiro volume é His Dark Materials, que dá o nome para a série.

Neste mundo futurista, várias tramas resultam no rapto de crianças e armações de adultos que planejam um feito ainda maior ditam os acontecimentos da série.

His Dark Materials ainda não tem uma data oficial de lançamento, mas a HBO garantiu que é em breve.

The Tudors

Diferente das outras séries nesta lista, The Tudors já foi terminada. A série de quatro temporadas é baseada na história do rei Henrique VIII, da Inglaterra. Na primeira, é abordado o reinado dele de 1518 a 1530, período no qual ele precisa lidar com conflitos internacionais, tramoias da sua própria corte e a pressão para se tornar um herdeiro.

Durante os episódios, o jovem rei também precisa lidar com a relação da coroa com a Igreja Católica, os costumes ingleses e como sua busca para conseguir um herdeiro irão resultar em mortes, guerras e articulações perigosas dentro da corte.

The Borgias

Sente falta das tramas, articulações políticas complexas e a luta pelo poder de Game of Thrones? The Borgias é estrelada por Jerome Irons, que almeja se tornar Papa e usa todo seu poder e riqueza para conseguir alcançar seu objetivo. Sua família, os Bórgias, criaram uma dinastia italiana, com um governo corrupto além de terem cometido adultério, roubo, estupro, corrupção, incesto, assassinato e simonia, que é a venda de favores divinos, ou seja, pedir milhares de terrenos em troca de uma passagem para o céu, por exemplo.

A série é baseada em uma história real e o que não falta são lutas pelo poder e tramas complexas ao longo de suas três temporadas.

The Handmaid’s Tale

Uma das melhores séries da atualidade, The Handmaid’s Tale pode entrar na sua lista de séries, principalmente agora que a terceira temporada está prestes a estrear. A série do serviço de streaming Hulu é baseada nos livros de Margaret Atwood e conta a história de uma onda conservadora tão forte que transforma os Estados Unidos em um país retrógrado e machista.

Neste mundo, os índices de natalidade despencam em uma velocidade assustadora. Por isso, os homens no poder, que usam a Bíblia para basear suas ações, decidem juntar todas as mulheres férteis e as transformarem em aias. Cada senhor, ou seja, homem rico e poderoso, usa uma aia para se reproduzir. Assim que ele consegue um filho, essa aia é passada para outra casa. E tudo envolve um ritual assustador: a mulher desse senhor, chamado de Comandante, precisa segurar a aia enquanto seu marido a estupra uma vez por mês até que ela fique grávida.

O mundo criado em The Handmaid’s Tale é de arrepiar os cabelos e você precisa definitivamente assistir. Confira 10 motivos para te convencer, mas se você já decidiu assistir, comece ainda hoje porque essa série precisa que você pare para respirar um pouco antes de maratonar todos os episódios de uma vez.

The Witcher

The Witcher ainda não estreou, mas a série será baseada na série de jogos do mesmo nome e nos livros que originaram tudo: Wied?min, do escritor Andrzej Sapkowski. Estrelada por Henry Cavill, a série estava prevista para 2020, mas a produtora confirmou no Twitter que a primeira temporada, que será composta por oito episódios, será lançada ainda neste ano, embora ainda não tenha uma data oficial de lançamento.

Watchmen

Assim como The Witcher, a série da HBO baseada nos quadrinhos Watchmen ainda não estreou. Mas o mundo alternativo em que os super-heróis são tratados como vilões que surgiu nas HQs de Alan Moore e Dave Gibbons está sendo abordada de uma nova maneira na nova série da HBO.

Anunciada em junho de 2017, o seriado tem o objetivo não de ser um remake do filme que já foi feito, mas uma história nova ambientada no universo fantástico criado por Alan Moore. Em uma carta aberta publicada em seu Instagram em maio de 2018, o produtor Damon Lindelof afirmou que eles pretendem fazer algo novo com os personagens da HQ original:

“Os doze volumes originai são como o nosso Velho Testamento. Quando o Novo Testamento chegou, ele não apagou com o que veio antes. E assim será com Watchmen. O Comediante morreu. Dan e Laurie se apaixonaram. Ozymandias salvou o mundo e o Dr. Manhattan o deixou após explodir Rorschach no frio congelante da Antártica. Direto ao ponto, Watchmen é cânone. A história será ambientada no mundo que seus criadores sofridamente construíram…. mas, na tradição do trabalho que o inspirou, a nova história deve ser original”.

Damon Lindelof, produtor da série

Bônus: Bloodmoon

Mas calma, fãs de Game of Thrones, ainda temos as séries spin-offs para esperar. No blog de George R.R. Martin, o autor falou sobre como está trabalhando em séries derivadas de Game of Thrones (ele não gosta do termo “spin-off”). E uma delas já está sendo gravada. Quem trabalha no set em Belfast, onde as gravações estão rolando, estão chamando a série de Bloodmoon (Lua de Sangue).

No entanto, George R.R. Martin chamou essa nova série, que irá abordar cerca de 5000 anos antes dos acontecimentos de Game of Thrones, de The Long Night. O nome parece familiar porque é o mesmo usado para dar o nome para a grande Batalha de Winterfell no terceiro episódio da oitava temporada, quando nossos heróis lutam contra o Rei da Noite e seu exército de mortos vivos.

Os Primeiros Filhos em Game of Thrones.

Será que a série irá abordar então o surgimento do Rei da Noite, seu primeiro ataque e sua luta contra os Primeiros Filhos. De acordo com a HBO, como reportado pela BBC, a série irá mostrar “as crônicas que aconteceram após a Era Dourada dos Heróis e chegando até a hora mais escura”.

O elenco conta com Naomi Watts, Miranda Richardson (que interpretou Rita Skeeter em Harry Potter), John Simm (o Mestre em Doctor Who) e Georgie Henley (a Lúcia em As Crônicas de Nárnia). De acordo com o Hollywood Reporter, o produtor-executivo da HBO, Casey Bloys, disse que ainda não há previsão de estreia, mas que há grandes possibilidades de ser em maio de 2020. Ou seja, nem é tanto tempo assim.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba notícias por e-mail