Acer lançará em setembro uma marca de periféricos gaming

Acer
A partir do dia 14 de setembro a Acer irá utilizar uma nova marca para o lançamento de seus periféricos para o público gamer, a Gadget Technology (GT).

Atualmente os periféricos gamers lançados pela Acer fazem parte da linha Predator, que também engloba monitores, notebooks, desktops e projetores. Porem a companhia anunciou uma nova forma para a apresentação de seus periféricos voltados para o público que curte uma boa jogatina. A partir do dia 14 de setembro eles irão utilizar uma nova marca, a Gadget Technology (GT), que inicialmente terá um capital de US$ 1.47 milhão.

Uma nova jornada para a Acer

Essa nova marca ficará responsável pelo lançamento dos novos mouses, teclados, headsets, cadeiras e gabinetes. De acordo com o Taipei Times a Acer se concentrará com essa marca em segmentos do mercado que apresentem as maiores margens de lucro.

O mercado asiático, na qual a Acer conhece muito bem, já que é taiwanesa, é o mais promissor para os periféricos gamers. De acordo com dados da ResearchAndMarket.com a expectativa é que como um todo o mercado de periféricos gamers, que passou a valer U$ 2.44 bilhões em 2017, atinja US$ 4.30 bilhões em 2023. As principais regiões a se beneficiar com esse crescimento são: Asia-Pacífico, América do Norte e Europa.

Dados da companhia referentes ao segundo quarto de 2018 revelam que crescimento de 24.4% (US$ 28.65 milhões) – maior rendimento em oito anos. A receita da divisão gaming cresceu 61%, isso explica o por que desse interessante da companhia em lançar uma nova marca focada em produtos dessa categoria.

Acer

A expectativa agora é aguardar esses novos periféricos que a Acer irá lançar sob sua nova marca, e se eles irão desembarcar no Brasil. Provavelmente eles devam chegar em nosso país, já que a Acer vem lançando alguns modelos da marca Predator, como o mouse Predator Cestus 500 e o headset Predator Galea 500 3D.

Além dos periféricos a Acer também conta com outra grande variedade de produtos da linha Predator no Brasil, como o notebook Predator Triton 700 e o monitor Predator X34.

Predator

Outros dois pontos importantes sugerem que os periféricos da nova linha da Acer desembarquem ao Brasil. O primeiro deles é que a linha Predator conta com fabricação nacional, uma estratégia que mostra o interesse da empresa em vender seus produtos por aqui. O segundo motivo é a sua expressiva participação no mercado gamer brasileiro. Dados da GfK revelam que a Acer é líder do setor, com 46%.

Você curte os produtos da Acer? Deixe sua opinião abaixo nos comentários.

Fonte(s): Tech Spot

Tags