Aparelho com android 10. Créditos: google/divulgação

Android 10 é a versão mais usada do sistema do Google

Avatar of victor pacheco
Versão 10 do sistema operacional já está há mais de dois anos no mercado. Android 11 vem logo em seguida

Você ainda usa ou conhece alguém que tem o Android 10 instalado em um celular? Disponível desde setembro de 2019, esta versão do sistema do Google ainda é a mais presente em celulares que rodam o software do robozinho verde. Apesar de ter sido lançado em 2020, o Android 11 está em segundo lugar, com uma presença de 24,2% em todos os dispositivos já lançados.

O ponto mais interessante é que, apesar de ainda não ser o sistema operacional mais utilizados nos smartphones, a versão 11 é a que mais foi instalada pelos usuários. Geralmente, quem usa Android não recebe as atualizações tão rápido como os donos de aparelhos da Apple, por exemplo. Vamos ir mais a fundo nessa história logo abaixo.

Android 10 ainda é maioria

Lançado em 2019, o Android 10 ainda é a opção mais presente em smartphones de todo o mundo. Um relatório do Google revelou que donos de smartphones de marcas como Samsung, Xiaomi, Motorola e outras que baseiam seus sistemas no Android ainda estão usando a versão lançada há dois anos. O Google, que faz parte do grupo Alphabet, sabe que a versão do sistema operacional lançada em 2019 é utilizada por 26,5% dos usuários que possuem um celular compatível.

Celular com android 10
Celulares com Android 10 ainda são grande maioria no mercado
Foto: FreePik

Isso corresponde a mais de um quarto de todos os celulares com Android do mundo — essa mesma proporção da população mundial ainda não está aproveitando as funcionalidades do Android 11. Funcionalidades dessa versão permitem, por exemplo, que o usuário avance músicas sem precisar abrir o aplicativo que está tocando no momento, além de poder gravar a tela do smartphone de forma nativa e ter a privacidade mais assegurada.

O “fenômeno” de tantas pessoas ainda estarem utilizando o Android 10 se dá porque boa parte das fabricantes acabam levando um certo tempo para adequar seus celulares ao sistema operacional mais recente e então liberar as novas versões aos smartphones correntes.

O Android 11 não está tão atrás

Apesar de não ser a versão do sistema do Google que está mais presente nos smartphones por aí, o Android 11 não está com uma diferença tão grande em relação ao sistema operacional de 2019: de acordo com a empresa, o SO já está presente em 24,2% dos smartphones de todo o mundo. Apesar de ainda não ser o sistema do Google mais utilizado, há uma curiosidade sobre ele.

Símbolo do android 12
Versão do sistema do Google lançada em 2020 está perto de ser a mais instalada em smartphones
Foto: Google

O Android 11 é a versão que mais foi instalada em sua época de lançamento, de acordo com o Google. Como o Android 10 foi lançado há mais de 2 dois e sua porcentagem de uso está em 26,5%, a versão de 2020 do sistema operacional pode ser considerada um verdadeiro sucesso, mesmo que ainda não seja a mais utilizada nos smartphones respectivos.

Com as fabricantes mantendo este ritmo, não estranhe se, daqui a alguns meses, o Android 11 realmente passe a ser o sistema operacional mais usado em celulares baseados nessa arquitetura.

Como fica o Android 12?

Falando sobre o lançamento do sistema operacional mais recente do Google, ainda não há informações sobre a presença desta versão em demais aparelhos que não sejam os fabricados pela empresa: nos EUA, os Galaxy S21 receberam a atualização, mas o restante dos aparelhos continua sem previsão — especialmente no Brasil, onde a expectativa para qualquer dos smartphones que utilizam o sistema do Google continua sendo 2022.

Celulares da linha pixel 6 com sistema do google lançado em 2021
Por agora, Android 12 está mais presentes em modelos da linha Pixel, que é fabricada pelo Google
Foto: Google

Vale lembrar que a ordem de lançamento do novo sistema operacional começará pelos smartphones topo de linha, com o lançamento para modelos de outras categorias acontecendo logo em seguida. Também lembramos que os smartphones que serão lançados em 2022 já sairão de fábrica com o Android 12, o que já acontece com o Pixel 6 e Pixel 6A.

Por que muitas pessoas ainda usam um sistema operacional “antigo?”

Lembra que citamos que este uso maior do Android 10 se explica justamente pela demora das fabricantes em realizar suas liberações? Acontece que, para conseguir adaptar seus sistemas personalizados (como a One UI da Samsung ou a MIUI da Xiaomi), as empresas precisam esperar o lançamento e liberação do sistema de base — o Android “puro”, cujo habitat natural é nos aparelhos Pixel — para entregar novas versões de sistema operacional para os donos dos aparelhos que fabricaram. É praticamente o dobro do trabalho a partir do lançamento.

Inclusive, o mal funcionamento do aplicativo do Instagram no Android por ser explicado por este fator: há tantas variantes do sistema do Google que o aplicativo não consegue entregar a mesma experiência para todos os usuários, já que é impossível contemplar absolutamente todas as versões customizadas do SO.

Celular com android
Além da liberação do Google, fabricantes precisam trabalhar para liberar novas versões do sistema operacional Android para os usuários.
Foto: FreePik

Voltando a falar sobre o sucesso do Android 10, é importante entender que, quando estão com a versão do seu sistema operacional pronta para o lançamento, as empresas não a liberam para todos os celulares do mercado simultaneamente — além da incompatibilidade temporária, a categoria do seu celular também pode ter sido selecionada para não receber mais do que duas novas versões do sistema do Google. Muitas vezes, nem isso acaba acontecendo.

Android Jelly Bean 4.2 ainda é utilizado

Disponibilizada em 2012, ainda existe uma pequena parcela de celulares que possui a versão 4.2 do sistema do Google. Pode parecer brincadeira, mas esta versão pode ser encontrada 0,2% dos celulares ativos que ainda funcionam. Além de não ter acesso a muitas novidades, a segurança destas pessoas pode estar em risco, uma vez que diversos pacotes de segurança foram lançados desde 2012.

Representação de android jelly bean 4. 2
Ainda existem celulares com versão do Android que foi lançada em 2012.
Foto: FreePik

O que você precisa ter em mente é: assim que uma atualização (seja ela de sistema operacional ou apenas para aumentar sua segurança) for liberada para seu aparelho, não deixe de realizar a instalação. Além de ter acesso às novas funções, esta é a única forma das fabricantes manterem os dados que estão salvos em seu celular a salvo. Já imaginou o que aconteceria se suas senhas e cartões de crédito caíssem nas mãos de pessoas mal-intencionadas? E bem, caso você não utilize alguma versão beta (ou seja, de testes) do sistema operacional referido, não há o que temer — a maioria dos problemas em SOs não passa dessa fase.

E aí, qual a versão do sistema operacional do seu smartphone? Android 10 ou Android 11? Conta pra gente aí nos comentários!

Veja também

Conheça mais de 150 aplicativos que você, usuário de Android, deve desinstalar agora mesmo:

Fontes: 9ToGoogle, Android Police e Tech Radar

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados