China poderá utilizar Blockchain para cobrar impostos

China utilizará bitcoin
Trabalhando desde 2016 no projeto, governo chinês anunciou que irá utilizar a tecnologia para emitir faturas eletrônicas para cobrar impostos no país
Anúncio
China poderá utilizar Blockchain para cobrar impostos
China poderá utilizar Blockchain para cobrar impostos
Governo chinês já incluiu a blockchain em seu 13º plano de informatização

De olho nas mudanças que vêm acontecendo no mundo financeiro e na popularização cada vez maior dos blockchains, o governo Chinês anunciou que começará a usar a moeda digital para cobrar impostos e emitir faturas eletrônicas. Mas ainda não está claro quando a China começará a usar o Blockchain para tributar.

Em 2016, o governo anunciou que adicionou em seu décimo terceiro “Plano Nacional de Informatização” uma lista de blockchain e, desde então, a China tem se preparado para implantar esta moeda em seu sistema financeiro.

O país já vem buscando especialistas em Blockchain para gerenciar e criar programas de moeda corrente e contabilidade. O Banco Popular da China (PBOC) está atrás de seis especialistas para que eles organizem o sistema referente a implantação da moeda digital. O objetivo seria fornecer uma segunda moeda, que funcionaria em paralelo com o yuan. Segundo o site Guia do Bitcoin, o governo já tem realizado testes com criptomoedas e suas funcionalidades nos bancos do país.

Um blockchain é a estrutura de dados que representa uma contabilidade financeira ou um registro de uma transação. Cada transação é digitalmente assinada com o objetivo de garantir sua autenticidade e garantir que ninguém a adultere, de forma que o próprio registro e as transações existentes dentro dele sejam considerados de alta integridade.

China poderá utilizar Blockchain para cobrar impostos

Tornar o sistema mais seguro

O anúncio acontece depois que o governo indicou que poderia regular as criptomoedas por poderem causar algum perigo para a economia. Após o anúncio, o mercado reagiu com uma grande preocupação, pois o governo declarou que poderia criar um nova criptomoeda segura para o maior controle econômico.

Especialistas afirmam que cada vez mais veremos um uso maior e mais inovador da tecnologia blockchain, pois seu potencial é bem maior do que o utilizado hoje em dia. Por isso, a transparência e a segurança são essenciais em uma era digital, e a China parece reconhecer essa necessidade ao colocar essa tecnologia poderosa para ser utilizada para políticas de tributação.

Caso isso ocorra realmente, os impactos da utilização dos blockchains pelo governo chinês, segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) do mundo, serão duradouros nos mundos dos Bitcoin e das criptomoedas devido à grande presença de casas de câmbio que se enquadrariam no controle econômico chinês. Este também será um teste em grande escala da capacidade de um governo cobrar impostos de forma mais eficiente, considerando que a China possui a maior população da Terra.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter