Como usar o craiyon, inteligência artificial que cria qualquer imagem pra você

Como usar o Craiyon, Inteligência Artificial que cria qualquer imagem pra você

Avatar of lucas gomes
Apresentando resultados no estilo surrealista, o site Craiyon conta com uma variedade interessante de resultados. Veja e faça sua tentativa!

Todos os dias são uma nova oportunidade para você encontrar algo novo — e quem sabe divertido — na internet. Pois hoje você vai descobrir um site em que é possível passar algum tempo se distraindo: o Craiyon. Ao acessá-lo você se depara com um espaço para digitar alguma coisa (literalmente qualquer coisa) e a inteligência artificial do sistema te oferece 9 imagens diferentes de acordo com as palavras oferecidas. Aprenda a utilizá-lo e confira algumas dicas sobre o recurso!

Craiyon, o site desenhista

Uma das maneiras mais fáceis de se utilizar o Craiyon é inserindo o que você quer ver desenhado pela inteligência artificial juntamente com algum estilo artístico existente. Junções como “Power Rangers in the style of Andy Warhol“, “Elden Ring by Katsushika Hokusai” ou “cave painting of a giant squid” podem ser algumas sugestões válidas — as traduções podem ser algo como “Power Rangers no estilo Andy Warhol“, “Elden Ring por Katsushika Hokusai” e “lula gigante pintada numa caverna“, respectivamente.

Como usar o craiyon, inteligência artificial que cria qualquer imagem pra você
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Apesar de ter sido buscas em inglês, a plataforma também consegue reconhecer algumas solicitações em português. Mas como foi treinada com o idioma inglês, a inteligência artificial conseguirá ter um pouco mais de êxito quando pesquisados dessa maneira. Quando palavras isoladas ou mais simples são inseridas, os resultados costumam ser mais certos também — mas o legal é poder explorar as capacidades do sistema em reconhecer justamente o que você quer ver.

Por se tratar de uma busca que dura pelo menos três minutos de acordo com o próprio site — mas que na prática é bem menos que isso –, você possivelmente não terá exatamente o resultado que tem em mente, mas o padrão surrealista apresentado pode te impressionar.

Uma curiosidade é sobre sua origem. O Craiyon foi baseado no DALL-E Mini, uma vertente do DALL-E, IA que faz exatamente a proposta do site, apresentar imagens de acordo com as buscas dos usuários. O nome é uma junção do Wall-E, da Disney, com Salvador Dali, algo metafórico para associar tecnologia com arte. Atualmente para acessar o DALL-E é necessário entrar numa fila de espera, então para evitá-la, vamos aproveitar outra ferramenta que funciona de forma similar. Veja como o Craiyon funciona.

Como usar o Craiyon

  1. É bem simples e intuitiva a forma de se utilizar a plataforma. Primeiro, acesse o site do Craiyon;
Reprodução: lucas gomes, showmetech
Como criar desenhos usando o Craiyon. Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech
  1. Depois busque pelo o que você quer que a plataforma desenhe pra você. Pesquisas em inglês podem ser um pouco mais assertivas do que pesquisas em português, mas mesmo em português o sistema entrega alguns resultados interessantes — ou até mesmo o esperado;
Reprodução: lucas gomes, showmetech
Como criar desenhos usando o Craiyon. Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Aguarde um momento e pronto! Logo abaixo do resultado você pode clicar em “Screenshot” para ter uma captura de tela baixada no seu aparelho do resultado ou clicar em “Forum“, para abrir a página Hugging Face e poder compartilhar o seu resultado nessa rede social específica.

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Como criar desenhos usando o Craiyon. Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Dicas para usar o Craiyon

Por ser uma plataforma que vem fazendo certo burburinho na internet, muitas pessoas querem aproveitar ao máximo o recurso. Veja algumas sugestões sobre como você pode realizar pesquisas que tenham resultados mais próximos ao desejado — ou pelo menos que você conheça como a plataforma funciona para ter imagens mais criativas.

Coisas em lugares específicos ou descrever ações

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Você pode fazer uma solicitação mais ampla pedindo ao Craiyon para colocar objetos em lugares específicos. Tente algo como “o sol em uma jarra” ou “o Demogorgon no Titanic”, e você deve obter pelo menos uma imagem que se assemelhe ao que deseja. Outras ações como “Mickey segurando uma vela” ou “Darth Vader com um guarda-chuva” são buscas bem específicas que podem dar certo.

Mexendo com comida

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

O Craiyon geralmente consegue entender quando nos referimos às comidas, com algumas exceções estranhas. “Bolo de carne” funcionou bem, assim como “sushi de chocolate”. Mas a inteligência artificial parece não entender o que é ramen ou, às vezes, apenas macarrão. Tanto a pesquisa “baleia jubarte pulando do ramen” quanto a “baleia jubarte pulando do macarrão” tivemos apenas resultados de imagens de uma baleia saindo normalmente do oceano. Nenhum macarrão veio junto do animal, apenas água salgada.

Seja específico, mas nem tanto

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Às vezes, você pode ter sorte com algumas solicitações bem elaboradas, mas parece que a IA pode ficar sem espaço para descrever todas as coisas. Conseguimos resultados de imagens com bastante precisão, como “um urso fingindo ser um estudante do ensino médio, usando uma mochila vermelha”, mas uma vez que dissemos que o professor estava “e escrevendo em um quadro-negro enquanto um professor está por perto”, o resultado deixou de exibir o urso fazendo suas tarefas escolares.

Detalhes podem ajudar

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

Incluir algumas características de acabamento ou qualidade como “detalhado”, “4K”, “8K” ou “fotorrealista” talvez não ofereçam resultados de imagens ainda mais detalhadas. Tentamos várias vezes, mas não notamos muita diferença. “Kanye West, escultura em mármore” e “Kanye West, escultura em mármore, detalhado” e ambos pareciam praticamente iguais. O que funcionou um pouco melhor foi adicionar “anatomicamente correto” às pesquisas.

O que não funciona – por enquanto

Reprodução: lucas gomes, showmetech
Reprodução: Lucas Gomes, Showmetech

O site ainda está aprendendo de acordo com o seu uso, mas por enquanto não parece entender as negações. Por exemplo, ao pedir para gerar um personagem específico sem cabeça, todas as cabeças permanecerão. Isso se dá pelo fato de que os desenvolvedores do programa consideram indevido o uso de sua IA para criar imagens que as pessoas achariam perturbadoras, angustiantes ou ofensivas. Ao tentar “Estátua da Liberdade sem uma tocha” você não consegue o resultado do monumento sem o objeto que ela segura, mas o resultado entrega algo semelhante ao cortar a tocha das imagens.

E você, conseguiu combinações legais? Conta pra gente nos comentários!

Veja também

Conheça o Spotify Pie, que mostra seus gêneros musicais e artistas mais ouvidos.

Fonte: PopSci.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados