Conecte-se conosco

CULTURA GEEK

Crítica: Batman VS Superman: A Origem da Justiça

Confira a análise de “Batman VS Superman: A Origem da Justiça” feita por Felipe Follador Scofield.

“Batman vs Superman: A Origem da Justiça” (2016)

Dirigido por Zack Snyder, Batman vs Superman: A Origem da Justica (título original: Batman V Superman: Dawn of Justice, 2016) chegou com a promessa de dar início ao “Universo DC”, nos moldes do caminho de sucesso trilhado pela Marvel. Mas, talvez não seja este um início tão promissor…

O elenco conta com Ben Affleck, Henry Cavill, Amy Adams, Jesse Eisenberg, Diane Lane, Laurence Fishburne, Jeremy Irons, Holly Hunter, Gal Gadot. A história segue o caminho iniciado em “O Homem de Aço” (título original: Man of Steel, 2013): as ações de Superman começam a ser questionadas, já que ele não está sob nenhuma jurisdição e Bruce Wayne toma liderança para conter este super herói alien. Enquanto isso, uma nova ameaça surge em que rivais terão que unir forças.

Um fato: as produções dos heróis da DC jamais serão tão boas quanto as da Marvel – e olha que a própria Marvel já entregou alguns filmes BEM ruinzinhos.

É incompreensível o porquê Warner/DC continuam apostar no diretor Zack Snyder. Dono de uma filmografia horrenda (com filmes pavorosos como “Sucker Punch”, “Imortais” e “300”), como pode um estúdio em sã consciência dar esta responsabilidade à ele?

Um "clássico" de Zack Snyder

Um “clássico” de Zack Snyder

Se o resultado do rebootHomem de Aço” (Man of Steel, 2013) fora bem fraco, esta sequência só pode ser descrita como medíocre. O filme é uma sucessão de erros, do roteiro mal escrito à uma direção insanamente descontrolada. Nunca descrevi um filme de super herói como tedioso, pelo jeito para tudo tem a primeira vez. Até as cenas de ação – que o diretor Snyder é incapaz de criar algo visualmente incoerente – se tornam enfadonhas. Até o momento em que ambos se encontram pela 1ª vez, que tinha de tudo para ser apoteótica, ficou completamente apagada.

Grande parte do elenco está desperdiçada – Affleck até tenta imprimir personalidade ao Batman, mas aparece mais aborrecido do que qualquer outra coisa (porém, a ÚNICA cena realmente decente do filme é protagonizada por ele).

Batman com sua armadura "a prova" de Super-homem

Batman com sua armadura “a prova” de Superman.

Cavill como Super-homem não convence, Eisenberg como Lex Luthor está afetado demais e Gadot mal tem tempo para desenvolver qualquer coisa como Mulher Maravilha (aguardo ansioso pelo filme solo em 2017, dirigido por Patty Jenkins de “Monster”, pelo qual Charlize Theron levou o Oscar de melhor atriz em 2004).

Henry Cavill reprisa seu papel, mas ainda sem convencer.

Henry Cavill reprisa seu papel, mas ainda sem convencer.

O filme é longo, cansativo e está longe de ser o filme que estes icônicos heróis merecem estrelar. Me preocupa que Snyder já está rodando “Liga da Justiça” – que ainda por cima será divido em duas partes. Socorro.

E fico feliz que não sou o único que detestou o filme, no site agregador de críticas, Rotten Tomatoes, o filme tem 29% de aprovação (ou melhor desaprovação).

Confira o trailer de “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”:

Felipe vive e respira a sétima arte, e chega ao Showmetech para avaliar em detalhes os grandes lançamentos do cinema mundial.

Comentários

Mais de CULTURA GEEK

Dica

Advertisement


Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir