Conheça o CyberDog, cão-robô da Xiaomi com código aberto

Conheça o cyberdog
O CyberDog é um cachorro-robô com tecnologia da NVIDIA e Intel criado pela Xiaomi, com custo mais baixo que o Spot da Boston Dynamics

Nesta terça-feira, 10, a Xiaomi realizou um evento para revelar mais sobre suas inovações. Entre os destaques está o CyberDog, um cão-robô bem parecido com os modelos da Boston Dynamics, que viralizaram há pouco tempo. A princípio, o robô quadrúpede terá apenas mil unidades produzidas, destinadas a “fãs, entusiastas da robótica e engenheiros”.

Conheça o cyberdog, cão-robô da xiaomi com código aberto
Amigável ou meio assustador? A moda dos cachorros robóticos veio para ficar

De acordo com a empresa, o CyberDog foi desenvolvido para realizar tarefas ligadas ao cotidiano, tentando realmente emular um cão-robô com arquétipo de “melhor amigo do homem”. Para isso, o projeto teve que ser equipado com componentes de alta performance, como o processador Jetson Xavier NX, criado pela NVIDIA. O chip de 6 núcleos utiliza arquitetura ARM 6 Carmel, com tecnologias de inteligência artificial e deep learning, além de contar com 48 tensor cores e 384 núcleos CUDA.

Para ajudar na movimentação do “cãozinho”, foram instalados 11 sensores, GPS e câmeras diretamente conectados a uma central de processamento inteligente para que não aconteçam acidentes. Uma colaboração com a Intel também foi firmada para implementar um módulo de profundidade chamado Intel Realsense D450 Depth. O quadrúpede pode chegar a velocidades de até 11,5 km/h, dar saltos e fazer algumas acrobacias mais limitadas.

A proposta da Xiaomi é fazer com que o CyberDog também obedeça a comandos. Para tal, o usuário precisa ativar o robô com uma palavra ou frase específica, podendo delegar ações por voz e se conectado com assistentes virtuais. Ainda não sabemos exatamente qual será o leque completo de possibilidades com o robô, mas certamente deve ser possível ensinar alguns truques.

Ademais, o robô foi construído através de uma extensa parceria com o Massachussets Institute of Technology, o MIT. Em seu corpo há 3 portas USB Tipo-C e entrada HDMI, que pode ser de grande ajuda aos inventores que se aventurarem com o simpático cachorro feito de metal.

Falando em desenvolvedores, o CyberDog foi feito com um sistema open source, que permite com que pessoas de qualquer lugar possam criar e ajudar na evolução do protótipo de forma conjunta e compartilhada.

Conheça o cyberdog, cão-robô da xiaomi com código aberto
Muita parecido com o Spot, da Boston Dynamics, o CyberDog pode ser o catalisador de grandes avanços nesse segmento

“O avanço da robótica envolve vários campos e atualmente está em um estágio de cocriação global. Por meio do código aberto, a Xiaomi incentiva os desenvolvedores de todo o mundo a contribuir com esse campo, comunicar-se uns com os outros e progredir juntos.”

Nota oficial da Xioami

Novamente, o CyberDog não será vendido em qualquer loja de departamento por aí. Tudo indica que o anúncio está mais para uma fase “beta” do robô-cão para o aprendizado evolução robótica, do que realmente um produto a ser comercializado. Para os desenvolvedores, o modelo custará 9.999 yuans, algo que equivale em torno dos R$ 8.000 em conversão direta.

E aí, o que achou do doguinho? Hoje a Xiaomi também anunciou o MIX 4, um smartphone topo de linha com câmera escondida.

Fontes; Xiaomi, The Verge, Engadget e Android Authority

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:
Tags

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário