De quanta memória RAM você realmente precisa?

how to free up RAM hero
Neste artigo vamos investigar o quanto de memória RAM você precisa em sua máquina para ter uma experiência de qualidade

A memória de acesso aleatório, geralmente conhecida como “memória RAM”, “RAM” ou simplesmente “memória”, é uma das partes mais importantes de qualquer computador. Atualmente, os desktops e dispositivos similares possuem entre 4 GB e 16 GB — ou mais. Mas quanta memória RAM você realmente precisa?

É importante ter em mente que a quantidade de memória necessária dependerá de dois fatores: o que você deseja fazer e quanto está disposto a gastar. Embora a memória seja um aspecto essencial também na hora de comprar um novo smartphone, neste artigo iremos nos concentrar em máquinas mais robustas que precisam executar sistemas operacionais de desktop como Windows, macOS ou Chrome OS.

Mas antes de analisarmos essa questão em mais detalhes, precisamos primeiro compreender o que é a memória RAM.

O que é a memória RAM?

RAM (sigla em inglês para “Random Access Memory“, Memória de Acesso Aleatório) é essencialmente a memória de curto prazo de um dispositivo. Ele armazena (lembra) temporariamente tudo o que está sendo executado no momento em um dispositivo, como todos os serviços específicos de SO, qualquer navegador da web, editor de imagens ou jogo em execução.

A RAM impede que a CPU vasculhe o armazenamento mais lento do dispositivo — como um disco rígido (HDD) ou até mesmo uma unidade de estado sólido (SSD) — toda vez que você solicita uma nova guia do navegador, por exemplo. Ainda que as unidades SSD sejam muito velozes, elas ainda são mais lentas que a memória RAM.

Pente de memória RAM
Apesar de ser um componente “volátil” a memória RAM permite o acesso rápido de dados na sua máquina

Os dados que residem na RAM podem ser lidos quase que instantaneamente. Como esse tipo de memória possui uma conexão direta com o dispositivo, não há latência real em cabeamento ou conexão.

Infelizmente, a RAM não se lembra de tudo para sempre. É uma memória “volátil”, o que significa que, uma vez que perde energia, esquece tudo. Mesmo assim, isso a torna uma tecnologia perfeita para lidar com a infinidade de tarefas de alta velocidade que seu dispositivo realiza todos os dias.

Mas é também por essa razão que sistemas de armazenamento como discos rígidos e SSDs são necessários. Diferentemente da RAM, eles retêm informações quando o dispositivo é desligado. Sem esses componentes, toda vez que você religasse seu computador ou notebook, teria que iniciar a partir do zero.

Os diferentes tipos de RAM

RAM é um termo genérico — assim como “memória” — e, na verdade, abrange alguns tipos diferentes. “RAM” ou “memória” geralmente se refere à memória dinâmica de acesso aleatório (DRAM) ou, mais precisamente, para sistemas modernos, à memória dinâmica síncrona de acesso aleatório (SDRAM).

O tipo mais comum de RAM vendido atualmente é o DDR4, embora os sistemas mais antigos possam usar DDR3 ou mesmo DDR2. Os números simplesmente denotam a geração de RAM, com cada geração sucessiva oferecendo velocidades mais rápidas através de maior largura de banda — uma classificação mais alta de megahertz (MHz). Cada geração também possui mudanças físicas também.

Placa Nvidia RTX 2080 Ti
A RTX 2080 Ti da NVIDIA possui incríveis 11 GB de memória VRAM do tipo GDDR6

Outro termo comum, especialmente no espaço dos games, é VRAM, ou RAM de vídeo. Embora já tenha sido uma peça de tecnologia independente, o VRAM é atualmente usado para indicar memória dedicada na placa de vídeo. Para consoles de jogos, ele também pode fazer referência à memória do sistema, mas em ambos os casos, o termo tem relação com a memória reservada exclusivamente para a GPU. É mais conhecido como DDR gráfico, ou GDDR, geralmente com uma designação geracional, como GDDR6.

A maioria das placas gráficas modernas usa GDDR6. No entanto, algumas placas gráficas podem usar uma forma diferente de VRAM, denominada High Bandwidth Memory (HBM, HBM2 e HBM2e). Esse tipo possui vantagens únicas de desempenho, embora normalmente seja caro, e os problemas de fornecimento dificultam a adoção generalizada por vários equipamentos.

A quantidade certa de RAM para você

De forma clara e resumida, aqui estão algumas diretrizes simples que se aplicam à maioria dos desktops e notebooks para você descobrir quanta memória RAM você precisa para não passar sufoco:

  • 2 GB: encontrado apenas nos modelos de tablets econômicos. Ótimo para eles, mas você quer mais em um laptop ou desktop.
  • 4 GB: Memória básica que vem com notebooks econômicos. Ótimo para uso básico do Windows e Chrome OS.
  • 8 GB: excelente para sistemas Windows e macOS e jogos básicos.
  • 16 GB: Ideal para trabalho profissional e jogos mais exigentes. Com os preços de RAM mais baixos, este é o ponto ideal para os usuários de desktop.
  • 32 GB e além: somente entusiastas e estações de trabalho criadas para trabalhos pesados. Jogadores sérios, engenheiros, editores profissionais de A/V e tipos semelhantes precisam pensar em 32GB para cima.

Lembre-se de que comprar mais RAM do que o necessário não gera nenhum benefício de desempenho. É efetivamente desperdiçar dinheiro. Tenha em mente que você apenas precisa comprar o quanto for necessário e invista o restante de seu orçamento em componentes mais importantes, como a CPU ou a placa gráfica.

Os maiores consumidores de RAM na maioria dos computadores domésticos são o próprio sistema operacional e o navegador web, embora alguns aplicativos e jogos possam usar mais. Não há muito o que fazer para que o Windows ou o macOS usem menos memória, mas mais memória RAM no computador significa que você pode abrir mais guias do navegador no Chrome, Firefox, Edge etc. Além disso, alguns sites usam mais RAM do que outros. Uma página simples de texto é relativamente leve na memória, enquanto algo como o Gmail, Twitter ou o Netflix exige mais RAM.

Os programas tendem a usar mais RAM à medida que aumentam a complexidade. Um programa de bate-papo ou um jogo como o “Paciência” quase não usa RAM, enquanto uma gigantesca planilha do Excel, um grande projeto do Photoshop ou um jogo com gráficos pesados como Red Dead Redemption 2 podem usar gigabytes por conta própria. Programas profissionais e software de engenharia são criados para lidar com projetos muito difíceis e tendem a consumir o máximo de RAM de todos os programas.

Minha máquina, minha memória RAM

No fim das contas, a quantidade de memória RAM certa para sua máquina (seja ela um desktop ou um notebook) será definida pelo tipo de programas que você executa nela. Softwares mais pesados como editores de imagem, simuladores de engenharia ou mesmo games mais modernos irão exigir muito mais da memória RAM do equipamento do que o uso diário de um navegador web ou um programa de edição de documentos como o Microsoft Word.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter