Andrea piacquadio - pexels - https://www. Pexels. Com/photo/2-girls-sitting-on-chair-4867670/

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro

Avatar of natália diogo
De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Crianças e adolescentes passaram a assistir filmes, acessar diversos apps e redes sociais desde cedo e, por isso, é essencial tornar o celular do seu filho mais seguro. De acordo com a pesquisa TIC Kids online Brasil 2019, 15% do total de crianças do país acessam a internet desde antes dos seis anos de idade e 76% de todas as crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos ficam online ao menos uma vez ao dia. Mas como trazer mais segurança a estes dispositivos?

Medidas simples, como alterar configurações de privacidade básicas ou conversar com seus filhos sobre o uso consciente e seguro do celular já podem trazer diversos benefícios. Você lerá abaixo 4 dicas para tornar estes momentos de acesso à internet mais despreocupados:

Celular do seu filho mais seguro

Caso você seja usuário de iPhone, ou qualquer outro dispositivo da Apple, o sistema operacional iOS traz opções para controle parental: desde limitação do tempo de uso do aparelho e bloquear o acesso a sites adultos até controle de download da App Store e iTunes.

No caso de usuários de Android, baixe e configure no dispositivo de crianças menores de 13 anos o Family Link. Este serviço do Google possibilita o gerenciamento de contas de e-mail e aplicativos em aparelhos utilizados por crianças e adolescentes. O Family Link possibilita, inclusive, restringir o download de apps para a idade adequada. Com ele, é possível também configurar o You Tube Kids, assim, a criança terá acesso a conteúdos apropriados para sua idade, o que torna o celular do seu filho mais seguro. Veja mais detalhes sobre o funcionamento do Google Family Link.

Além disso, o Google criou recentemente o Google Kids Space, que por enquanto só está disponível para tablets Lenovo, mas que promete, num futuro próximo, ser uma maneira mais funcional de reunir recursos de segurança cibernética para crianças e adolescentes e incentivo à educação em uma única plataforma.

O family link torna o celular do seu filho mais seguro
O Family Link torna o celular da criança mais seguro

Não compartilhe detalhes sobre localizações

Tanto o sistema operacional Android quanto o iOS permitem remover a localização geográfica das fotos acessando as configurações do dispositivo, tornando assim o celular do seu filho mais seguro. Além disso, é importante orientar as crianças e os adolescentes a não fazer check-in nas redes sociais no local onde as imagens foram feitas, essa é uma das configurações de privacidade mais importantes para impedir que sejam alvos fáceis de sequestros, por exemplo. Vale lembrar que imagens com uniforme da escola, em restaurantes, cinemas, parques ou na frente de placa com nome de uma determinada rua onde sempre transitam também pode ser um risco à segurança.

Configurações de privacidade seguras

Instagram, TikTok e Facebook são redes sociais básicas na vida de qualquer criança e adolescente atualmente. Estes perfis, no entanto, precisam ser configurados manualmente para tornar o celular do seu filho mais seguro. Acesse as configurações de privacidade de cada uma das redes sociais de seu filho ou o oriente passo a passo a não deixar suas publicações em modo público. Aproveite o acesso e mostre para ele também como não permitir que pessoas desconhecidas sigam seu perfil.

No Instagram:

Passo 1. Em configurações, clique em privacidade

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 2. Selecione a opção Privacidade da Conta:

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 3. Ative o botão Conta Privada

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

No Facebook:

Passo 1. Acesse o menu da conta:

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 2. Clique em “atalhos de privacidade”

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 3. Selecione a opção “quem pode ver o que você compartilha”

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 4. Acesse “publicações futuras” e escolha a opção Amigos. Depois acesse a opção Stories e faça o mesmo. Por fim, clique em avançar.

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

No TikTok:

Passo 1. Em configurações, clique em privacidade

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 2. Ative a opção “conta privada”. Nessa área, também é possível desabilitar que vídeos postados por seus filhos sejam usados em publicidade e evitar que outras pessoas façam download deles. Dessa maneira, é possível tornar o celular do seu filho mais seguro.

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Apps de streaming

Aplicativos para transmissão de vídeos sob demanda, como Netflix e Amazon Prime Video, por exemplo, costumam ter uma sessão específica para crianças e adolescentes, com layout mais simples e com curadoria de conteúdo para cada faixa etária. Ative essa opção e insira a idade adequada. Nestes serviços, geralmente é possível também colocar um PIN no dispositivo, que só o adulto saiba, para que a criança não acesse conteúdos inadequados para sua idade e tenha mais segurança. 

Na Netflix:

Passo 1. Clique em “gerenciar perfis”

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 2. Em seguida, selecione a opção da conta infantil clicando no avatar

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 3. Clique em “configurações da conta”

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 4. Ao selecionar essa opção, o aplicativo te levará para uma página para inserção de senha. Insira a sua e clique em continuar.

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 5. Clique no perfil infantil

4 dicas que vão deixar o celular do seu filho mais seguro. De revisar configuração de privacidade a não compartilhar localização, leia dicas para deixar o celular do seu filho mais seguro

Passo 6. Por fim, selecione a opção de idade desejada. Nessa página, também é possível restringir títulos seja lá qual for sua classificação etária. Ou seja, se existe um título classificado para a idade de seu filho que não concorde que ele veja, é aqui que pode bloqueá-lo.

No Amazon Prime Video, também é possível configurar as restrições de controle parental. É necessário seguir o passo a passo conforme indicado no site oficial do serviço para PC, Android e iOS.

Com mudanças simples como estas, é possível reforçar a segurança do celular de crianças e adolescentes, diminuindo a preocupação que estes dispositivos podem trazer para a vida dos pais.

Fonte da pesquisa: Cetic.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
9
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados