Microsoft anuncia o fim do Internet Explorer em 2022

Fim do internet explorer em 2022
O fim do Internet Explorer está previsto para 15 de junho de 2022, sendo definitivamente substituído pelo Microsoft Edge. Confira mais informações

Um dos primeiros navegadores do mundo possui data de validade anunciada. Após mais de 25 anos, o fim do Internet Explorer está agendado para junho de 2022 e a Microsoft deu vários motivos para a descontinuação do software. A empresa divulgou a notícia através do slogan “o futuro do Internet Explorer no Windows 10 está no Microsoft Edge“, informando que a partir de então, o Microsoft Edge funcionará como seu navegador padrão.

Faça a transição para o microsoft edge após o fim do internet explorer
Caso seja usuário do Internet Explorer, você ainda poderá utilizar seus recursos no Microsoft Edge.

Caso você o utilize de forma pessoal ou através do trabalho, não se preocupe, o Microsoft Edge possui a ferramenta “Modo Internet Explorer”, replicando assim suas funções e oferecendo a oportunidade de seus usuários se manterem conectados, mesmo no Windows 10. Confira o calendário sobre o anúncio e os motivos pelos quais a Microsoft encerrará seu navegador primogênito.

Programação da Microsoft para o fim do Internet Explorer

  • 19 de maio de 2021: anúncio do fim do Internet Explorer 11;
  • 17 de agosto de 2021: Suporte do Microsoft 365 e outros aplicativos para o Internet Explorer 11 chegará ao fim;
  • 15 de junho de 2022: o aplicativo Internet Explorer 11 será encerrado.

Razões sobre o fim do Internet Explorer e a transição para o Microsoft Edge

Ie
O Internet Explorer possui mais de 25 anos.

Compatibilidade melhorada

O Microsoft Edge atualmente é bastante versátil no que se refere sobre a utilização de sites mais antigos ou modernos. Ao usar o Modo Internet Explorer, você consegue acessar sites mais antigos que possuem artifícios específicos para Internet Explorer, ou seja, você poderá acessar normalmente os sites utilizando o novo navegador padrão, assim como poderá também entrar em sites mais antigos que ainda possuem certas restrições através deste modo. Você não precisará se preocupar, pois este é o navegador dois-em-um.

Produtividade simplificada

Outro reflexo dessa versatilidade é a possibilidade de utilizar apenas um navegador. Por exemplo, você não precisará utilizar o Internet Explorer para assuntos do trabalho e depois trocar para o Microsoft Edge para acessar sites mais atuais: ele por si só conseguirá acessar ambos sem a necessidade de trocar de navegador.

E ao utilizar um navegador novo e mais atual, você também tem acesso a melhores ferramentas como utilizar as “abas suspensas”, que reduz o consumo da memória, ou caso você use muitas abas ao mesmo tempo, poderá colocar algumas delas nas abas verticais. Há outras funções que também não havia no Internet Explorer como o Coleções, para organizar seus acessos favoritos e a possibilidade de alterar os perfis de quem acessa o navegador.

Navegador mais seguro

Um assunto que é recorrente com certeza é sobre sua segurança na internet. Neste caso sobre como suas senhas são protegidas no seu navegador e o Microsoft Edge oferece essa proteção através do Microsoft Defender SmartScreen, que além de fazer uma varredura na internet para confirmar se suas senhas não estão sendo indevidamente utilizadas, ele também pode ser usado como ferramenta contra possíveis malwares (ataques cibernéticos) que podem te prejudicar.

Com o fim do Internet Explorer, seu suporte foi cada vez mais escasso, ou seja, toda a atenção (também) para segurança, tem sido para o Microsoft Edge, onde há atualizações diárias ou até mesmo imediatas para te manter sempre seguro enquanto navega na internet.

Ícones do ie
Os vários ícones que o navegador já possuiu.

Orientação caso você utilize o Internet Explorer de forma pessoal

A Microsoft recomenda que você faça a transição para o Microsoft Edge antes do fim do Internet Explorer, para conseguir realizar uma transição mais rápida e segura ao novo navegador padrão. Provavelmente você já possui o Microsoft Edge em seu aparelho: digite “Microsoft Edge” na barra de pesquisa e possivelmente ele estará aguardando sua utilização. Caso não possua, pode baixá-lo facilmente através do site da Microsoft. Assim que você migrar, suas senhas, sites favoritos e outras informações que estavam no Internet Explorer serão tranquilamente transferidas para o novo Microsoft Edge.

Orientação caso sua empresa utilize o Internet Explorer

Geralmente as empresas que utilizam o Internet Explorer como navegador padrão possuem uma gama de acessos mais antigos, como sites ou aplicativos que só conseguem ser acessados através dele. Ao migrar para o Microsoft Edge, tudo o que foi dito estará disponível, incluindo a facilidade de acessos mais antigos através do Modo Internet Explorer.

Outra orientação interessante foi destinada aos desenvolvedores de sites ou aplicativos mais modernos, onde diz que eles não precisarão mais se preocupar em se adaptar ao modelo do Internet Explorer, podendo focar apenas no Microsoft Edge. Todos os sites e/ou aplicativos que são reproduzidos no Internet Explorer ficarão exclusivos a este modo. A sugestão da Microsoft para este público (desenvolvedores de sites e aplicativos) é que eles se organizem, pois, assim como a transição para os usuários ocorrerá em pouco mais de um ano, os desenvolvedores devem também realizar algum tipo de agendamento para poder oferecer seus serviços em tempo.

O que você achou sobre o — definitivo — fim do Internet Explorer? Você usava? Conta pra gente nos comentários!

Confira tudo sobre os diferentes pacotes do Microsoft 365 e Office.

Veja também:

Fonte: The Verge e Microsoft.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário