Protótipo de foguete da spacex explode após pouso de sucesso. Após sucesso em voo de teste seguido de pouso vertical, protótipo do foguete da spacex explode. O programa starship pretende levar o homem à lua nas próximas missões de exploração do satélite

Protótipo de foguete da SpaceX explode após pouso de sucesso

Avatar of luís antônio costa
Após sucesso em voo de teste seguido de pouso vertical, protótipo do foguete da SpaceX explode. O programa Starship pretende levar o homem à Lua nas próximas missões de exploração do satélite

Nesta quarta-feira (03/03) ocorreu mais um teste com protótipos do foguete Starship da SpaceX, empresa de pesquisa e exploração espacial do milionário Elon Musk. A boa notícia é que o novo protótipo SN10 conseguiu aterrissar de forma vertical com sucesso. A má notícia é que a nave explodiu pouco depois de pousar. Mesmo com esse desastre ocorrendo no final do teste, o pouso vertical praticamente perfeito do protótipo SN10 da linha Starship marca um novo passo para a exploração espacial com voôs que podem ser realizados de forma mais simples e segura. Vamos conferir mais detalhes sobre esse teste mal sucedido a seguir.

Foguete da SpaceX explode durante teste

Ao contrário de seus antecessores (SN8 e SN9) a nave SN10 da SpaceX conseguiu pousar com sucesso no solo de Boca Chica, Texas de forma totalmente vertical. Infelizmente, logo após tocar o solo, um incêndio se desenvolveu em torno de sua base e, cerca de oito minutos depois o SN10 explodiu na sua plataforma de pouso.

Foguete da spacex explode
O pouso vertical da nave Starship SN10 da SpaceX foi um sucesso, mas problemas na base provocaram um incêndio e a explosão do veículo espacial

Mesmo com esse final desastroso, a equipe de pesquisa e desenvolvimento da SpaceX está extremamente encorajada pelo resultado do teste. O protótipo executou com sucesso suas manobras em vôo e conseguiu fazer um pouso razoavelmente suave de forma vertical, marcando um momento importante para a empresa.

A SpaceX prevê que os novos modelos Starship substituam seus foguetes Falcon existentes. Atualmente, os foguetes Falcon realizam missões regulares — com ou sem tripulação — para a NASA, militares americanos e outras empresas comerciais. A empresa já se tornou uma das maiores distribuidoras de tecnologia aeroespecial para fins de pesquisa e militar.

Porém, segundo o CEO da SpaceX, Elon Musk, as novas naves Starship de 50 metros de altura farão de tudo, sendo maiores e melhores que qualquer outra espaçonave, podendo orbitar satélites e transportar passageiros, tanto ao redor da Terra quanto para destinos fora do mundo, como a Lua e Marte.

Foguete sn10 starship
O SN10 é um protótipo da linha Starship da SpaceX que promete auxiliar nas viagens de exploração espacial da NASA

O próprio Musk já fez uma promessa pública de uma excursão lunar em 2023 ao bilionário do varejo de moda online japonês Yusaku Maezawa. Ele viajará em uma nave com outros oito indivíduos, e abriu inscrições esta semana para qualquer um que possa estar interessado em ingressar em seu empreendimento chamado “dearMoon”.

O teste de alta altitude realizado nesta quarta-feira passada foi muito parecido com os voos de protótipo anteriores. O SN10 deixou sua plataforma de lançamento nas instalações de Boca Chica e subiu verticalmente com o impulso de três motores Raptor com queima de metano.

Essas unidades de força desligaram em sequência quando a altura alvo de aproximadamente 10 km foi se aproximando, com o veículo então inclinado na horizontal para a queda no solo. Esta descida de barriga para baixo, controlada por grandes flaps em cada extremidade do veículo, tem o objetivo de simular como as naves do futuro irão reentrar na atmosfera da Terra a partir da órbita, com uma grande área de superfície na direção da viagem para diminuir a sua velocidade.

A parte mais complicada do teste dessas novas naves é o momento em que o veículo deve fazer a transição de volta para uma configuração de cauda para baixo pouco antes de chegar à superfície. Enquanto os modelos anteriores falharam nessa parte do experimento, o SN10 acertou, desacelerando rapidamente e pousando em uma base de concreto. 

Uma grande contribuição para o sucesso foi a decisão desta vez de reacender os três Raptors antes do pouso, garantindo que pelo menos dois motores estivessem disponíveis para fornecer o impulso de frenagem necessário.

O “tropeço” do final do teste aconteceu porque o SN10 estava inclinado. Suas pernas atarracadas implantadas na base de pouso acabaram cedendo ao peso da nave. E enquanto as mangueiras de água tentavam extinguir um incêndio na base do veículo, ele subitamente explodiu. Abaixo você pode conferir a filmagem com o momento do pouso da nave e sua subsequente explosão:

O futuro da viagem espacial com o Starship

Felizmente, a SpaceX já tem outros protótipos em várias fases de montagem em Boca Chica, com planos de lançar os próximos modelos a partir de uma plataforma com impulso de lançamento utilizando cerca de 28 motores Raptors, chamado Super Heavy

Quando combinadas, as duas partes do novo sistema da SpaceX terão cerca de 120 m de altura na plataforma de lançamento e serão totalmente reutilizáveis, proporcionando diminuição de custos para futuros experimentos.

A SpaceX espera que o Starship possa estar diretamente envolvida no retorno da NASA à Lua nesta década. O Starship está atualmente competindo com uma série de outros modelos de empresas aeroespaciais para fornecer um sistema de pouso para levar os astronautas até a superfície lunar.

Fonte: BBC, Interesting Engineering

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
17
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados