Conecte-se conosco
graphene bulletproof 690x394 - Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala

Ciência e Tecnologia

Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala

Grafeno, nova tecnologia baseada em átomos de carbono, promete dar ultraresistência a coletes à prova de balas.

imageforarticle 103351 - Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala

Mais duro que o diamante, ultra-leve e 200 vezes mais resistente que o aço, o Grafeno (Grapheneem inglês), está sendo testado na criação de novos coletes à prova de balas mais leves e super resistentes.

Um estudo provou que 10 folhas de Grafeno (cada folha contendo 100 camadas), são suficientes para conter balas viajando a uma velocidade de 3.000 metros por segundo, isto é, 3 vezes mais rápido que uma bala de fuzil. O material se demonstrou 2 vezes mais eficiente do que o Kevlar (presente nos melhores coletes atualmente) e 10 vezes mais eficaz que o aço.

Para quem não conhece, o nome grafeno é dado ao material composto de uma camada única de átomos de carbono ligados entre si, formando uma cadeia de hexágonos. Essa camada é um milhão de vezes mais fina que uma folha de papel.

Assim como os favos de mel usados por abelhas em colméias, as estruturas hexagonais são conhecidas por sua enorme força estrutural:

graphene - Grafeno pode dobrar a resistência de Coletes à prova de bala

Nova tecnologia substituirá o colete à prova de balas

Usando-se a forma hexagonal do Grafeno, obtemos o mais forte material conhecido até agora. E ele ainda é ultra-leve, chegando a ser 100 vezes menos pesado que o aço.

Os futuros coletes à prova de balas provavelmente utilizarão esses 2 materiais(Grafeno e Kevlar), em conjunto, para somar-se suas melhores características. Mas os cientistas ainda precisam descobrir como fabricar as folhas de Grafeno em grandes quantidades para tornar o projeto viável.

O Grafeno foi desenvolvido em 2003 em laboratório pelos cientistas Konstantin Novoselov e Andre Geim na Universidade de Manchester. Ambos os cientistas receberam o prêmio Nobel em Física em 2010 pela descoberta, que pode revolucionar também outros campos da ciência e tecnologia, já que o material também é um excelente condutor de eletricidade. Já comentamos no Showmetech que ele pode dar vida à smartphones com telas transparentes.

O vídeo abaixo mostra como funciona um colete a prova de balas:

Fonte: Discovery News.

Continue lendo
Advertisement

“There was a young lady named Bright
Whose speed was far faster than light;
She set out one day
In a relative way
And returned on the previous night.”

Comentários
Subir