A inteligência artificial gan prevê impactos da mudança climática ao redor do globo: entenda o que é essa ia e como utilizá-la

Inteligência artificial prevê impacto da mudança climática no mundo

Avatar of ítalo magno
A inteligência artificial GAN prevê impactos da mudança climática ao redor do globo: entenda o que é essa IA e como utilizá-la

A inteligência artificial é um conjunto de tecnologias responsável por diversas mudanças, especialmente de qualidade de vida, medições e simulações. Aplicativos de meteorologia, assistentes digitais, dentre vários outros são exemplos de utilização das inteligências artificiais — ou “IA” — e recentemente uma organização canadense trouxe ao mundo uma IA que poderia exemplificar o impacto da mudança climática em diversos locais familiares aos usuários, utilizando de uma tecnologia de inteligência artificial chamada GAN — “Generative Adversarial Network” (“redes geradoras adversárias”, em tradução livre).

Presente através do programa “This Climate Does Not Exist” (“Este clima não existe”, em tradução livre), a inteligência artificial GAN produz imagens mostrando diferentes casos de catástrofes naturais em áreas ao redor do planeta, selecionadas utilizando o sistema Google Maps, de modo a exemplificar como as catástrofes naturais podem alterar as cidades e ambientes que estamos acostumados a visitar.

“This Climate Does Not Exist”: O que é?

O This Climate Does Not Exist é um site criado por cientistas do antro de inteligência artificial em Quebec, Canadá, que faz o uso das GANs para transformar imagens, demonstrando uma ideia de como seriam uma série de lugares — que podem ser escolhidos por qualquer pessoa que acessa — após catástrofes naturais. No momento, apenas podem ser simulados ambientes com enchentes, incêndios e smog (uma camada de gases poluentes formada por acúmulo destes na parte da atmosfera onde vivemos).

Exemplos trazidos do site this climate does not exist que mostra o impacto da mudança climática em diferentes locais do brasil
Estas são quatro imagens geradas utilizando o site. Em ordem (esquerda para direita, cima para baixo): Av. Paulista (SP), Interlagos (RJ), Parque Ibirapuera (SP), Centro (CE).
Imagens: This Climate Does Not Exist

O nome do site vem, de acordo com os criadores, para enfatizar o fato de que as mudanças climáticas e o aquecimento global são, de fato, problemas reais, comprovados cientificamente. Além de ser um site acessível a todos onde qualquer pessoa pode escolher uma localização e testar para ver como ela ficaria sob o efeito dos desastres naturais, também é uma ferramenta de informação a respeito de mudanças climáticas e aquecimento global. Enquanto algumas das opções de mudanças climáticas drásticas ainda estão um pouco limitadas — IAs estão melhorando pouco a pouco, afinal –, ainda é uma ferramenta didática, útil e interessante de utilizar.

Como funciona a inteligência artificial GAN

A inteligência artificial GAN é uma classe estrutural de machine learning (estudo de algoritmos que melhoram automaticamente conforme usados) desenvolvida em 2014, cujo principal objetivo empregado é gerar e transformar imagens que pouco a pouco irão melhorando seus resultados e se assimilando melhor a objetos, animais e até pessoas de um modo que pareça mais com o que os seres humanos veem. Quanto mais a inteligência artificial é exposta a conteúdo, mais ela se assemelha com o conteúdo real.

Imagem de uma mulher que, apesar de parecer real, foi gerada por uma inteligência artificial
Esta pode parecer apenas uma foto de uma pessoa comum, mas isto é na verdade uma imagem gerada por uma inteligência artificial GAN.
Fonte: This Person Does Not Exist

A inteligência artificial GAN foi usada no site This Climate Does Not Exist para simular os efeitos visuais de enchentes, incêndio e smog utilizando imagens fornecidas pelo Google Maps através do Google Street View, que fotografa e cataloga diferentes locais mundialmente. Ao aplicar a tecnologia da inteligência artificial GAN de modificar imagens e a vasta quantidade de imagens de diferentes locais do Google, são geradas as imagens simulando as catástrofes naturais nos locais escolhidos pelos usuários.

Mas como utilizar essa ferramenta e o que ela tem a ver com o impacto da mudança climática?

A utilização da ferramenta é simples: Basta acessar o site e usar a ferramenta “Visualize climate change” (“visualizar mudança climática”, em tradução livre), onde o site pedirá uma localização no mapa mostrado ao lado esquerdo. Você pode digitar o endereço que quiser na barra ao lado direito do mapa, e uma lista de locais será apresentada — do mesmo jeito que funciona no Google Maps, já que o site utiliza da ferramenta para demonstrar seus resultados. Depois disso, basta clicar no botão “Launch the visualization” e escolher que tipo de catástrofe natural que você prefere ver simulada dentre as três opções fornecidas.

A inteligência artificial do site permite que você escolha quase qualquer lugar do mapa mundial
Quase todas as localizações de ruas principais estão disponíveis.
Imagem: Autor

As imagens mostradas pelo site servem como uma forma didática (e até um pouco assustadora) de demonstrar como lugares que estão próximos de nós poderiam sofrer com a mudança climática causada pelo aquecimento global. A intenção toda é mostrar que, mesmo que não seja visível em sua vizinhança, esse tipo de catástrofe pode vir a acontecer caso previdências não sejam tomadas a respeito de diminuir as emissões de combustíveis fósseis, e serve para lembrar — até através de textos no próprio site — que o aquecimento global ainda é um problema bem grande a ser enfrentado.

Veja também:

Escute o Showmecast #65 sobre mudanças climáticas, aquecimento global e a COP26, disponível no link abaixo:

Fonte: ThisClimateDoesNotExist, Mila e Accenture.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
20
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados