Conecte-se conosco
Jarvis Mark Zuckerberg - Mark Zuckerberg cria Jarvis e se torna o novo "Homem de Ferro" da vida real

CULTURA GEEK

Mark Zuckerberg cria Jarvis e se torna o novo “Homem de Ferro” da vida real

Conheça Jarvis, uma inteligência artificial criada por Mark Zuckerberg que acabou de se tornar o novo “Homem de Ferro da vida real”

Depois do último anúncio do CEO do Facebook, ficamos em dúvida sobre quem é realmente o Homem de Ferro da vida real: Elon Musk ou Mark Zuckerberg. Enquanto um cria foguetes e pretende criar uma armadura do super herói da Marvel, o outro já criou o assistente virtual que ajuda o “gênio, bilionário, playboy, filantropo,” ou quase isso.

Zuckerberg havia prometido no início do ano criar sua própria inteligência artificial e agora ele anunciou em um vídeo bem divertido em sua casa o “Jarvis“, uma AI que lhe auxilia nas tarefas domésticas e do trabalho.

O assistente pessoal de Mark é claramente inspirado no personagem da Marvel que auxilia Tony Stark quando ele está usando sua armadura nos filmes do Homem de Ferro.

Jarvis Homem de Ferro 720x360 - Mark Zuckerberg cria Jarvis e se torna o novo "Homem de Ferro" da vida real

Jarvis é a voz no capacete do Homem de Ferro

O Jarvis da Marvel é capaz de muitas coisas e é responsável inclusive por monitorar a armadura de Tony Stark, fazê-la operar e checar os sinais vitais do herói, além de executar todos os sistemas internos da Mansão Stark, casa do bilionário fictício, tirar sarro do seu criador, se preocupar com ele e até dar conselhos.

Do que o Jarvis de Zuckerberg é capaz?

Jarvis Zuckerberg 720x290 - Mark Zuckerberg cria Jarvis e se torna o novo "Homem de Ferro" da vida real
Apesar do Jarvis de Zuckerberg estar longe de fazer tudo, é bem interessante. A Inteligência artificial ajuda ele e sua esposa com tarefas básicas como: acender e apagar luzes, informar onde o cachorro da família está, monitorar sua pequena filha no quarto, também é capaz de identificar pessoas que chegam no portão, avisar para o Mark e abrir o portão se ele autorizar. Outras tarefas básicas como tocar músicas (exceto as do Nickelback), exibir filmes e ajustar a temperatura do ambiente também estão incluídas no pacote.

Zuckerberg afirma estar orgulhoso de sua criação que foi concebida em 150 horas, mesmo que ela não seja tão avançada e faça apenas o que foi programada para fazer. Ele explica que a Inteligência artificial ainda precisa evoluir para compreender contextos complexos e quem sabe “aprender” coisas.

Ele também mandou um recado para a indústria: “precisamos de mais dispositivos conectados e que a indústria desenvolva APIs e padrões que permitam que os dispositivos conversem entre si”. Na sua empreitada ele percebeu que os produtos conectados a internet, que fazem parte da “internet das coisas” não seguem um padrão e isso acabou dificultando a integração com Jarvis.

bot jarvis messenger 562x1000 - Mark Zuckerberg cria Jarvis e se torna o novo "Homem de Ferro" da vida real

Para falar com Jarvis, Mark usa um app para iOS, mas ele também pode enviar comandos via Messenger. Um bot lhe auxilia enviando notificações como também atendendo comandos por texto. Apesar de ser um projeto “simples” a voz da AI não é a Paul Bettany, que faz a voz do personagem da Marvel, e sim do fabuloso ator Morgan Freeman.

O que Mark fará em seguida? Talvez um reator arc, uma armadura e…bom, acho que ele vai parar no Jarvis mesmo. Assista ao vídeo onde ele demonstra seu assistente:

Fonte: Facebook

Continue lendo
Advertisement

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários
Subir