Netflix permite que você veja séries e filmes de graça: saiba como!

netflix catalogo br scaled
Líder do mercado de streaming, a Netflix liberou algumas de suas produções originais para quem não é assinante: experiência pode ser vista por desktop ou smartphones Android
Anúncio
Netflix permite que você veja séries e filmes de graça: saiba como!

De olho no crescimento da adoção do streaming frente à pandemia, a Netflix tornou gratuitas algumas de suas produções originais, sem previsão de fechar essa promoção. O catálogo de material liberado varia de acordo com a época e a localização do usuário, mas é inteiramente composto de produções originais — em outras palavras, aquelas que a própria Netflix criou.

As liberações incluem séries e filmes, com alguns detalhes: no caso de séries, apenas o primeiro episódio fica disponível para não assinantes, ao passo que filmes estão gratuitos por completo. Em ambos os casos, porém, anúncios no início e no final da reprodução serão exibidos, convocando o usuário a adquirir uma assinatura.

“A Netflix é o principal lugar para todas as suas demandas por entretenimento. Mas não acredite em nós — confirme por você mesmo, assistindo a alguns de seus filmes e séries favoritas, absolutamente de graça”

Descrição na página oficial da Netflix
Produções originais da Netflix estão disponibilizadas gratuitamente pela empresa, mas apenas para desktops e dispositivos Android (Imagem: Divulgação/Netflix)
Produções originais da Netflix estão disponibilizadas gratuitamente pela empresa, mas apenas para desktops e dispositivos Android (Imagem: Divulgação/Netflix)

A atual pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) teve um efeito positivo na aquisição de novos usuários para a Netflix: evidentemente, ninguém com o mínimo de bom senso celebraria a COVID-19 e seu impacto no mundo todo, mas graças às políticas globalizadas de isolamento e quarentena, muitas pessoas viram-se trancadas em casa, o que levou a um surto no volume de pessoas que assistem a plataformas de streaming: no primeiro trimestre de 2020 (janeiro a março), 16 milhões de pessoas abriram conta na plataforma, com outros 10 milhões acrescidos até o final do segundo trimestre (abril a junho).

Os números totalizam uma base de assinantes pagos de 193 milhões — um acréscimo de 26 milhões de usuários desde o começo do ano. Para fins de comparação: em 2019, os seis primeiros meses viram a Netflix adquirir “apenas” 12 milhões de usuários, sendo que ao longo de todo o ano passado, foram 28 milhões de novas assinaturas.

E isso vem em boa hora: serviços concorrentes como Amazon Prime Video já está no Brasil e trazem boa tração, ao passo que Disney+ e HBO Plus estão em vias de aterrissar por aqui. Fora isso, ainda existem as ofertas de VOD (video on demand) de empresas responsáveis com canais de assinatura, que aquecem ainda mais o mercado local.

Netflix de graça: como ativar o serviço

A proposta das gratuidades da Netflix são variadas: novas assinaturas normalmente possuem um período de teste que já foi de sete dias a um mês. No caso dessa novidade, você sequer precisa abrir uma conta, já que nenhum login é necessário.

Acessando o endereço correspondente (http://netflix.com/watch-free), você já consegue selecionar quais produções deseja assistir. É só clicar em “Play” e aguardar os anúncios. Para a comodidade do usuário, aliás, as publicidades são feitas aos moldes do YouTube, ou seja, depois de alguns segundos, você pode cancelá-las.

Atualmente, as produções disponíveis de graça incluem:

  • Stranger Things
  • Mistério no Mediterrâneo
  • Elite
  • O Poderoso Chefinho: De Volta aos Negócios
  • Birdbox
  • Olhos que Condenam
  • Casamento às Cegas
  • Dois Papas
  • Nosso Planeta
  • Grace and Frankie

A Netflix ressalta, porém, que enquanto a experiência gratuita possa ser aproveitada pelo navegador do seu desktop e do seu dispositivo Android (tablet ou smartphone), ela não está disponível para usuários do sistema operacional iOS, comum aos iPhones e iPads.

Mais além, ainda não se sabe se o anúncio da empresa de streaming refere-se a uma promoção temporária ou se ela seguirá sem ser cancelada. Estamos propensos a acreditar na segunda opção já que a Netflix não informou nenhum prazo de encerramento da oferta.

Fonte: Netflix/Statista

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter