NVIDIA apresenta novas tecnologias para notebooks gamers

WhatsApp Image 2020 03 31 at 19.47.47
Em meio a rumores de adiamento, NVIDIA adianta e anuncia novidades para Abril para notebooks gamers e, de quebra, faz reajuste em seu catálogo

A NVIDIA anuncia novidades para Abril, tendo como principal destaque as placas de vídeo GeForce RTX 2070 e 2080 Super Max Q que começam a integrar o catálogo e as configurações de notebooks gamers. A iniciativa faz parte de um esforço em inserir a tecnologia Ray Tracing de maneira assertiva no mercado através da arquitetura NVIDIA Turing, que conta com processamento de inteligência artificial em tempo real.

O anuncio de novidades por transmissão online em meio à pandemia da COVID-19 vem substituir a cerimônia de abertura do GTC 2020, e mesmo parecendo uma manobra arriscada devido ao cenário de incertezas, a empresa vê tendências positivas para o final do próximo trimestre.

Novos laptops com GPUs RTX da NVIDIA

As GPUs da família RTX não apenas chamam a atenção por suas especificações técnicas parrudas, mas também pela presença de sistemas otimizados voltados para o Ray Tracing, que fora por muito tempo um sonho distante da indústria de jogos, em especial para laptops. Com sua inclusão nas placas GeForce RTX 2070 Super e RTX 2080 Super, a NVIDIA entrega sistemas de inteligência artificial que otimizam o desempenho e os recursos conforme os requisitos de cada jogo.

O que torna esse sistema tão incrível é o seu realismo. O Ray Tracing traz uma simulação fidedigna de como os raios de luz se comportam em um ambiente. Como dá para imaginar, trata-se de um elemento bastante fundamental em termos de desempenho.

Para garantir que tudo funcione bem, as placas de vídeo da linha RTX possuem chips dedicados exclusivamente ao Ray Tracing, fazendo todo o trabalho sem roubar processamento dos núcleos centrais da placa de vídeo.

Laptops menores e mais eficientes com as tecnologias Max-Q

A NVIDIA Max-Q é uma abordagem holística de design de laptops, que compreende a otimização de todos os componentes do computador para entregar produtos mais potentes, leves, portáteis e eficientes em energia. Os novos avanços tecnológicos na abordagem Max-Q agora trazem o dobro de eficiência que havia anteriormente.

Um dos componentes do Max-Q é o Dynamic Boost, que faz o balanceamento de energia entre a CPU e GPU. Como os componentes de transferência de calor são compartilhados e o sistema possui uma carga de arrefecimento fixa, o Dynamic Boost aumenta a potência da GPU ao mesmo tempo em que reduz a potência da CPU, aumentando a performance para gráficos e mantendo o mesmo nível de dissipação de calor. Ele funciona de maneira automática e adaptativa, sempre buscando melhor performance sem aumento de consumo de energia.

Dynamic Boost Max-Q NVIDIA
Dynamic Boost varia uniformemente a potência da GPU e CPU, melhorando a performance em gráficos e sem aumentar a dissipação de calor

Outra inovação trazida pela NVIDIA é a tecnologia Advanced Optimus, uma evolução da tecnologia Optimus disponível anteriormente. Quando temos um setup compreendendo uma GPU dedicada, os frames que ela gera ainda passam pela GPU integrada, que é o dispositivo de saída para o monitor. O Optimus foi a solução da NVIDIA para que a GPU dedicada pudesse enviar os gráficos diretamente para a tela conforme a demanda dos aplicativos ou jogos, entretanto essa transição não ocorria sem precisar reiniciar o sistema. Com o Advanced Optimus, a NVIDIA conseguiu implementar uma transição em tempo real, dinâmica, sem precisar de um reinício do sistema.

Em termos de hardware, a NVIDIA trabalhou com seus parceiros para implementar memória de baixa voltagem GDDR6, para melhorar a eficiência. Também foram incluídos reguladores de voltagem de nova geração, que otimizam o projeto do sistema para que a GPU funcione de forma mais eficiente e com maior performance.

Em poucas palavras, os gamers podem ter acesso à melhor tecnologia em qualidade de processamento de imagem , com um dos designs mais finos e confortáveis do mercado.

A eficiência da DLSS 2.0

Comparativo entre imagens de um jogo com o DLSS ligado e desligado disponibilizado pela NVIDIA
A tecnologia DLSS 2.0 oferece maior nitidez no processamento de imagem de jogos

Junto ao Ray Tracing, a DLSS 2.0 é uma nova tecnologia de imagem que chega nas placas de vídeo RTX. Ambos os recursos atuam juntos no processamento gráfico dos jogos, aumentando o desempenho da GPU e melhorando a nitidez das imagens.

DLSS é a sigla para Deep Learning Super Sampling, uma inteligência artificial que atua em conjunto com o sistema de Ray Tracing e que fica responsável por reproduzir luzes e sombras mais fiéis à realidade nos jogos. O recurso busca o equilíbrio, aumentando o desempenho gráfico e o FPS durante as partidas, melhorando também a nitidez das imagens.

Além disso, com o DLSS em funcionamento, o usuário consegue executar seus jogos em altas resoluções sem perda de desempenho. No anúncio da versão 2.0 da inteligência artificial, a NVIDIA garante uma velocidade de processamento duas vezes maior, além de desempenho superior a 60 FPS em jogos na resolução 4K. Outro ponto citado pela fabricante é a possibilidade de escolher entre três modos de prioridade: balanceado, performance ou qualidade de imagem.

Na prática, a novidade vai permitir ao usuário perceber pequenos detalhes em cena, como coisas escritas nas paredes, ou até exibir fios de cabelo cada vez mais realistas. Esse tipo de mudança pode ser interessante em jogos de suspense ou terror, aumentando a interação do personagem com o ambiente.

Desenvolvedores trabalham na compatibilidade dos jogos com as novidades da NVIDIA

A NVIDIA vem trabalhando em parceria com desenvolvedores de jogos e fabricantes de computadores, para disponibilizar títulos de jogos e notebooks compatíveis com as novas tecnologias apresentadas. Você poderá aproveitar o DLSS 2.0 em Wolfenstein: Youngblood, Deliver Us The Moon, Mechwarrior 5 e Control DLC. A integração com a Unreal Engine 4 também vai permitir que diversos títulos se tornem compatíveis.

“NVIDIA DLSS 2.0 traz uma melhoria gratuita de performance , sem prejudicar a qualidade de imagem dos jogos.”

Russ Bullock, presidente da Piranha Games

As fabricantes de notebooks também estão preparadas. Para a faixa de preço de 999 dólares, serão lançadas versões equipadas com a RTX 2060 de:

  • Acer Nitro 5
  • Asus ROG G512
  • HP Omen 15
  • Lenovo Y540
  • MSI GF65 Thin

NVIDIA RTX Studio tem foco em criação

A linha NVIDIA RTX Studio, desenvolvida para trazer a profissionais de design e criação de conteúdo melhor desempenho, contará com as GPUs RTX Super acompanhadas por processadores Intel de 10ª geração, e já no lançamento poderemos contar com modelos da Acer, Gigabyte, MSI e Razer. Em média, são mais de 10 notebooks RTX Studio. Mais de 45 dos mais populares programas de criação, incluindo Adobe Premiere Pro, DaVinci Resolve, AutoDesk Arnold, Blender trazem aceleração em RTX pelo RT cores.

Abaixo você pode conferir como fica o novo portfólio de GPUs para laptops da NVIDIA:

Tabela comparativa entre linha GeForce 2019 e 2020
Lançamento das novas placas RTX 2080 Super Max e RTX 2070 Super Max faz parte do reposicionamento do portfólio da marca para 2020

Gostaram da novidade? Quais jogos vocês gostariam de experimentar com as novas tecnologias NVIDIA? Escreva nos comentários!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter